MENU

1 de maio de 2017 - 23:24Endurance

Dopamina Endurance: MCR Grand-Am vence etapa de Guaporé

18193691-1437850166236666-1268664407528198818-n_orig

O MCR Grand-Am com motor Lamborghini foi o vencedor da 2ª etapa do Dopamina Endurance, que valeu desta vez apenas para o Campeonato Gaúcho (Foto: Site Oficial Endurance Brasil)

RIO DE JANEIRO - No último sábado, o circuito gaúcho de Guaporé viu o desfile das máquinas que disputam o Dopamina Endurance. Desta vez, a corrida foi válida somente pelo Campeonato Gaúcho, com duração de três horas pelo traçado de 3,080 km de extensão.

A 2ª etapa da competição teria a presença de 23 carros, mas dois bons concorrentes tiveram problemas: o novo e lindo protótipo AJR da Metalmoro, que virou matéria até em sites internacionais, acabou não alinhando para a disputa. O MR18 dos irmãos Vinícius e Felipe Roso, além de Cláudio Ricci, também foi a nocaute antes mesmo da bandeira verde. A trinca largaria da 4ª colocação. Assim, apenas vinte e um largaram.

Pole position, o MRX dos sul-matogrossenses José Roberto e Nílson Ribeiro perdeu já na largada a dianteira para o MC Tubarão IX dos atuais campeões Franco Pasquale/Tiel Andrade. O protótipo da equipe de Campo Bom dominou as ações até a segunda hora, quando apresentou problemas elétricos e foi obrigado a abandonar. O MRX #65 também perdeu terreno na disputa por conta de uma ruptura da correia da bomba de óleo e aí quem surgiu com força para vencer mais uma prova após a conquista das 12h de Tarumã em dezembro último foi o MCR Grand-Am com motor Lamborghini V10 e guiado por Fernando Poeta e Fernando Fortes.

A dupla da equipe Mottin Racing fechou a disputa com 140 voltas completadas – uma à frente de Fernando Ohashi/Henrique Assunção, que também faturaram na categoria P2 com um protótipo MRX de motor aspirado. Nílson e José Roberto Ribeiro ficaram com o 3º posto geral, uma boa recompensa após os problemas enfrentados em Tarumã na abertura do campeonato.

Já o MC Tubarão com motor Mugen 2 litros guiado por Mauro Kern/Paulo Sousa ainda conquistou um interessante quarto posto – segundo na P2, com o Lamborghini #10 de Peter Feter/Pierre Ventura/Cristiano “Tigrinho” Almeida completando o top 5 com direito à vitória na divisão GT1.

Rafael e Gustavo Simon fizeram uma boa corrida com o MRX #56 e levaram os pontos da vitória na categoria P3, enquanto Arthur Caleffi, correndo sozinho a prova inteira, fechou em 9º na geral para vencer entre os GT2.

A próxima etapa do Dopamina Endurance – também válida como prova do Campeonato Brasileiro – será em 27 de maio, com a disputa das 3h de Santa Cruz do Sul.

Resultado das 3h de Guaporé:

1. #18 Fernando Fortes/Fernando Poeta
MCR Grand-Am Lamborghini V10 – categoria GP1
140 voltas em 3h00min20seg312, média de 143,464 km/h

2. #75 Henrique Assunção/Fernando Ohashi
Protótipo MRX – categoria P2
a 1 volta

3. #65 José Roberto Ribeiro/Nilson Cintra Ribeiro
Protótipo MRX – categoria GP1
a 3 voltas

4. #32 Paulo Sousa/Mauro Kern
Protótipo MC Tubarão Mugen Honda – categoria P2
a 3 voltas

5. #10 Cristiano Almeida/Pierre Ventura/Peter Feter
Lamborghini Gallardo LP520 – categoria GT1
a 6 voltas

6. #3 Cali Crestani
Protótipo Tornado Suzuki Hayabusa – categoria P2
a 9 voltas

7. #56 Rafael Simon/Gustavo Simon
Protótipo MRX – categoria P3
a 10 voltas

8. #46 Paulo Rutzen/Gustavo Martins/Vilson Júnior
Lamborghini Gallardo LP520 – categoria GT1
a 10 voltas

9. #9 Arthur Caleffi
Maserati Trofeo – categoria GT2
a 16 voltas

10. #26 Luciano Borghesi/Cláudio Leone/Mário Marcondes
Protótipo Spyder – categoria P2
a 27 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>