MENU

26 de agosto de 2017 - 19:06IMSA Weather Tech SportsCar Championship

IMSA: com quebra de recorde, pole é da Chip Ganassi Racing no VIR

Ford-66

RIO DE JANEIRO - O esporte favorito dos pilotos que disputaram hoje o treino de classificação para o Michelin GT Challenge, 10ª e antepenúltima etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship foi quebrar recordes: nas duas categorias, os pilotos conseguiram melhorar os tempos do ano passado, registrando novas marcas a serem batidas no Virginia International Raceway.

E pela quinta vez no ano, a pole da classe GTLM ficou com a Chip Ganassi Racing, após uma troca frenética de posições no topo da folha de tempos. Joey Hand levou o carro #66 pela terceira vez à posição de honra do grid com o novo recorde do circuito de 5,261 km – 1’40″211, mais de um segundo e três décimos abaixo do tempo cravado por Jan Magnussen, que deu ao Corvette #3 o melhor tempo no ano passado. Oito dos nove inscritos, inclusive, quebraram o antigo recorde da pista.

Alexander Sims chegou a ter a pole nas mãos, mas acabou em 2º no grid, a 0″204 do Ford, com John Edwards a apenas vinte e seis milésimos do companheiro de BMW Team RLL. A Risi Competizione voltou bem e Giancarlo Fisichella ficou na quarta posição, seguido pelos dois Corvette C7-R. Os líderes do campeonato Antonio Garcia/Jan Magnussen ficaram com o 6º lugar.

Após a vitória em Lime Rock, os dois novos Porsche 911 RSR não foram competitivos mais uma vez. Dirk Werner chegou a sair da pista, rodando em seguida. O alemão acabou com o último tempo da classe, superado em seis décimos pelo outro carro do construtor de Weissach.

Na GTD, pela primeira vez em 2017 um piloto conquistou duas pole positions em sequência: após fazer o melhor tempo em Road America, o holandês Jeroen Mul estabeleceu o novo recorde da divisão para o VIR – 1’43″591, mais de um segundo e meio abaixo do melhor tempo alcançado por Madison Snow no último ano.

Mul lidera um grid que tem cinco carros diferentes nas cinco primeiras posições: Jesse Krohn ficou com a 2ª posição na BMW da Turner Motorsport, seguido pelo Audi guiado por Andrew Davis, a Mercedes-AMG com Jeroen Bleekemolen e o Lexus tripulado por Jack Hawksworth. Só aí veio um carro repetido – o segundo Lexus, que no treino de classificação foi conduzido por Sage Karam.

Líderes do campeonato e ainda sem nenhuma vitória em 2017, a dupla Christina Nielsen/Alessandro Balzan não foi além do 10º lugar entre 16 carros no VIR. Os pilotos da Scuderia Corsa ficaram a 1″182 da pole, virando meio segundo abaixo do Acura do brasileiro Oswaldo Negri, único representante do país nesta corrida.

A corrida do VIR, última exclusiva para os carros de Grã-Turismo, terá duração de 2h40min e começa às 13h30 locais – 14h30 de Brasília. O site da IMSA transmite ao vivo via live streaming. O Fox Sports 2 exibe a etapa em VT inédito na terça-feira, em horário a ser confirmado pela programação do canal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>