MENU

4 de setembro de 2017 - 14:56Automobilismo Internacional

Euroformula Open: Scott ganha mais duas e dispara rumo ao título antecipado

3017 35 6

A doce rotina de Harrison Scott: em 10 corridas, britânico venceu oito no Euroformula Open e pode ser campeão antecipado na próxima etapa, em Monza

RIO DE JANEIRO - Cinco rodadas, dez corridas e oito vitórias. Esse é o retrospecto incontestável do britânico Harrison Scott na atual temporada do Euroformula Open. O piloto da RP Motorsport mais uma vez dominou um final de semana sem dar hipótese a nenhum adversário. Assim como acontecera em Paul Ricard, ele conquistou a pontuação máxima da rodada de Silverstone, conquistando as duas vitórias, os dois pontos extras da pole e mais outros dois pelos recordes de volta em corrida, totalizando mais 54 pontos para a conta.

Dessa forma, Scott vai para a rodada de Monza com grandes chances de conquistar o título antecipado da categoria. Com 233 pontos somados em 270 possíveis, ele abriu 102 de frente para o vice-líder, o russo Nikita Troitskiy, que chegou na 5ª posição em ambas as corridas na Inglaterra.

Sábado, Scott dominou sem ser incomodado por ninguém. Venceu com quase catorze segundos e meio de vantagem para o canadense Devlin De Francesco, abrindo praticamente um segundo por volta numa corrida de tiro curtíssimo – apenas 15 voltas de duração. Um ritmo simplesmente avassalador diante da concorrência que não teve possibilidade de acompanhá-lo.

De Francesco teve que se preocupar com o outro piloto da RP Motorsport, o polonês Alex Karkosik, que depois se embolou com o indiano Ameya Vaidyanathan na luta pelo último lugar no pódio. Dos brasileiros, quem se saiu melhor foi Matheus Iorio, sétimo colocado. Thiago Vivacqua, prejudicado por uma má posição de largada, acabou por roubar do compatriota Pedro Cardoso o último ponto da primeira prova da rodada. Em sua estreia, Guilherme Samaia chegou em 14º após um contato com Christian Hahn numa disputa por posições já no fim da corrida.

Na prova #2, Scott repetiu a dose de domínio demonstrado no dia anterior – só que a vantagem não foi tão grande quanto na véspera. Mesmo assim, o piloto venceu tranquilo, com 11″147 para De Francesco. Jannes Fittje se recuperou bem de uma péssima apresentação no sábado e foi ao pódio com a terceira posição.

Dos pilotos brasileiros, Thiago Vivacqua foi quem alcançou o melhor resultado no domingo, largando e terminando em sétimo. Matheus Iorio estava uma posição à frente, mas acabou abandonando após um enrosco com o estadunidense Cameron Das, que estreou na categoria a bordo de um dos carros da Campos Racing. Christian Hahn marcou pontos pela terceira vez no ano e terminou em 10º lugar. Pedro Cardoso foi o décimo-terceiro e Guilherme Samaia não completou a prova.

No campeonato, Vivacqua, único do país a vencer uma prova na temporada, está em 5º lugar com 88 pontos. Matheus Iorio é o décimo, com 37. Christian Hahn vem em décimo-quinto com 11 e Pedro Cardoso é o décimo-oitavo, com dois.

A próxima rodada será em Monza, na Itália, nos dias 30 de setembro e 1º de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>