MENU

20 de outubro de 2017 - 19:02International GT Open

26 carros na decisão do GT Open em Barcelona

3717 49 137

A decisão do International GT Open será no Circuito da Catalunha, em Barcelona, com diversos postulantes ao título, entre eles o italiano Thomas Biagi, quarto colocado da classificação

RIO DE JANEIRO - O último fim de semana de outubro terá uma das decisões de campeonato mais espetaculares de toda a história do International GT Open. Será no Circuito da Catalunha, em Barcelona, que a parada vai se resolver entre três duplas e mais dois pilotos que foram separados e agora correm de forma isolada em busca da glória do campeonato. Trinta pontos em jogo na 7ª e última rodada da temporada 2017 e tudo se decide em 130 minutos e duas corridas.

Um total de 26 carros foi anunciado para a rodada final da temporada, para a qual o italiano Giovanni Venturini (Imperiale Racing) chega como o líder da classificação com 97 pontos, cinco na frente de Victor Bouveng/Fran Rueda (BMW Teo Martin Motorsport). Correm por fora na batalha pelo título a dupla formada por Albert Costa/Phillip Frommenwiler (Emil Frey Lexus Racing) e que soma 83 pontos, Thomas Biagi (Imperiale Racing) com 81 e Mikkel Mac Jensen/Miguel Ramos (Spirit of Race), que têm 78.

Entre as novidades anunciadas estão três carros que vão disputar a prova final sem direito a pontos, como “hors-concours”, de acordo com o regulamento desportivo da categoria. Os tchecos da Senkyr Motorsport vão com uma BMW M6 GT3 alinhada para Richard Gonda/Jakub Knoll, enquanto a Rinaldi Racing regressa ao GT Open com Rinat Salikhov/Sergey Borisov, ambos da Rússia. A britânica Optimum Motorsport terá um raro Audi R8 LMS no grid – o único piloto confirmado é Bradley Ellis.

Em relação a Monza, a ausência da Kaspersky Motorsport abre o caminho para os portugueses Luis Silva/Antônio Coimbra conquistarem o título entre os pilotos da classe Am: Davide Rizzo e Alex Moiseev não vão para Barcelona e apenas Alexander Hrachowina/Martin Konrad chegam à Espanha com chances de superar os rivais da Sports & You. A terceira e última dupla confirmada na divisão é dos brasileiros Márcio Basso/Flávio Nonô Figueiredo.

Já a Jordan Racing e a FF Corse, que não fizeram a viagem para a Itália, aparecem de volta para o evento final. O Bentley Continental #10 volta a ser conduzido por Jordan Witt/Michael Meadows e a Ferrari #25 terá mais uma vez a dupla Ivor Dunbar/Johnny Mowlem.

Além disso, ainda haverá a disputa do título na divisão Pro-Am, na qual Rob Bell/Shaun Balfe aparecem com 12 pontos de frente para o italiano Piergiuseppe Perazzini e dezesseis para a dupla Alexander West/Côme Ledogar. A missão do brasileiro Marcelo Hahn, que volta a ter Allam Khodair na dupla do carro #16 da Drivex School, é terminar com honra e entre os 10 melhores classificados ao fim do campeonato na Pro-Am.

1 comentário

  1. Fernando Silva disse:

    A pista ´é muito boa e se tomarmos por referência a prova do Blancpain GT há umas duas semanas atrás, será uma grande corrida…imperdível!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>