MENU

21 de outubro de 2017 - 15:36European Le Mans Series

ELMS: Panis-Barthez e Berthon surpreendem com a última pole de 2017

Panis-Barthez-2017-ELMS-Portimao-Qualifying

Surpresa: Nathanaël Berthon crava a pole para a decisão da temporada 2017 do European Le Mans Series neste domingo, no Algarve. Prova terá vídeo ao vivo aqui no blog

RIO DE JANEIRO - Surpresa no treino que definiu o grid para a última etapa do European Le Mans Series em 2017: a Panis-Barthez Competition, equipe do antigo goleiro da seleção francesa (e também piloto) Fabién Barthez em associação com Olivier Panis, vencedor do lendário GP de Mônaco de Fórmula 1 em 1996, conquistou a posição de honra para a disputa das 4h de Portimão, neste domingo, no Autódromo Internacional do Algarve.

Escalado para qualificar o Ligier JS P217 número #23, o francês Nathanaël Berthon conquistou o ponto extra com o tempo de 1’33″575, quase quatro décimos mais rápido que o japonês Ryo Hirakawa – parceiro dos líderes do campeonato Léo Roussel e Memo Rojas na G-Drive Racing. O bom desempenho do nipônico credencia o time a conquistar o título, derrotando assim a rival United Autosports.

Por sinal, Filipe Albuquerque ficou com a 6ª posição do grid, dentro do mesmo segundo da pole, é verdade – mas atrás também de Nico Lapierre (DragonSpeed) e dos representantes da Graff, Enzo Guibbert e Richard Bradley. O melhor dos três Dallara P217 ficou em oitavo, com o russo Matevos Isaakyan a bordo do #27 da SMP Racing.

Entre os LMP3, a AT Racing comanda o grid: Mikkel Mac Jensen fez a pole da divisão com o tempo de 1’40″660, apenas 0″164 mais rápido que o segundo colocado, Wayne Boyd, com o segundo carro da United Autosports.

Alexandre Cougnaud, que junto a seus colegas Romano Ricci e Antoine Jung ainda reúnem chances de conquistar o título, ficaram com a quarta posição no grid da categoria, atrás de Simon Gachet no carro da Panis-Barthez Competition e por Giorgio Mondini, com o melhor dos cinco Norma M30 inscritos para a corrida.

Num treino interrompido duas vezes por bandeira vermelha, a dupla líder do campeonato acabou se dando mal: o carro #2 de John Falb/Sean Rayhall terá que largar do fim do pelotão por conta do sem-número de vezes em que ultrapassaram os limites da pista. As tripulações das escuderias Oregon Team e Ultimate também foram penalizadas pelo mesmo motivo.

Na classe GTE, o irlandês Matt Griffin (Spirit of Race) conquistou uma pole position absolutamente crucial com a Ferrari 488 GTE #55, marcando 1’42″657, mais de seis décimos abaixo de Will Stevens, que classificou o #66 da JMW Motorsport.

Matteo Cairoli foi o terceiro mais rápido com o Porsche da Proton Competition, seguido pelo compatriota Andrea Bertolini. E o carro dos líderes do campeonato – por um ponto, aliás, ficou com a quinta e penúltima marca, com Nicki Thiim a bordo.

Será uma grande decisão de campeonato neste domingo e o blog terá o vídeo ao vivo com as 4h de Portimão a partir das 10h da manhã, horário de Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>