MENU

20 de novembro de 2017 - 18:19Automobilismo Internacional

FIA publica graduações para 2018

RIO DE JANEIRO - A FIA publicou nesta segunda-feira uma nova lista de graduações para a próxima temporada dos certames de provas de longa duração. As mudanças – que sempre acontecem – podem impactar as formações Pro-Am em diversas categorias em 2018.

Um exemplo é a mudança de dois pilotos do WEC que começaram a temporada com graduação prata e sobem para ouro: o francês Thomas Laurent e o brasileiro André Negrão. Entre as notáveis mudanças na lista – que pode ser contestada pelos pilotos, se quiserem – é Tom Kristensen baixando de platina para ouro, porque o dinamarquês (que está aposentado) completou 50 anos neste ano.

O blog vai trazer aqui abaixo a graduação dos pilotos brasileiros de acordo com a FIA. Contei quase 50. Acompanhe:

Átila Abreu – Ouro
Rodrigo Baptista – Prata
Rubens Barrichello – Platina
Enrique Bernoldi – Platina
Buno Bonifácio – Prata
Paulo Bonifácio – Bronze
Valdeno Brito – Ouro
Cacá Bueno – Platina
Júlio Campos – Prata
Victor Carbone – Prata
Gabriel Casagrande – Prata
Hélio Castroneves – Platina
Victor Correa – Prata
Cristiano Da Matta – Platina
Pipo Derani – Ouro
Lucas Di Grassi – Platina
Augusto Farfus – Platina
Bia Figueiredo – Ouro
Christian Fittipaldi – Platina
Emerson Fittipaldi – Bronze
Pietro Fittipaldi – Ouro
Felipe Fraga – Prata
Marcos Gomes – Prata
Carlos Iaconelli – Prata
Jonatan Jorge – Bronze
Bruno Junqueira – Ouro
Tony Kanaan – Platina
Allam Khodair – Ouro
Pierre Kleinubing – Prata
Carlos Kray – Bronze
Giuliano Losacco – Prata
Raijan Mascarello – Bronze
Raphael Matos – Ouro
Jaime Melo – Platina
Lukas Moraes – Prata
Xandy Negrão – Bronze
André Negrão – Ouro
Xandinho Negrão – Prata
Oswaldo Negri Jr. – Prata
Miguel Paludo – Ouro
Nelsinho Piquet – Platina
Antonio Pizzonia – Platina
Cesar Ramos – Ouro
Cláudio Ricci – Prata
Bruno Senna – Platina
Daniel Serra – Ouro
Alexandre Sperafico – Prata
Ricardo Sperafico – Platina
Rodrigo Sperafico – Platina
Felipe Tozzo – Bronze
Ricardo Zonta – Platina

8 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    No caso do Kristensen, acho até aceitável a alteração por conta da idade que, convenhamos, chega e chegará para todos e isso não diminuirá em nada a reputação do piloto…as conquistas falam por si.
    Agora, nunca entendi muito bem o que estabelece certos pilotos como “platina” e “ouro”…vendo lista, entendo como platina os que atuam ou atuaram em categorias top ou diretamente chanceladas pela FIA (F1/Indy/WEC/DTM), mas ai nos deparamos com o nome do Cacá Bueno, pentacampeão da Stock Car nacional e creio que algum outro título na Argentina (não pesquisei…) como platina e Daniel Serra, vencedor das 24h de Le Mans pela LMGTE-Pro, Ouro. Vejam bem, não estou questionando a qualidade do Cacá Bueno, maior nome do automobilismo nacional em atividade hoje, e sim entender o critério entre as graduações. Vencer Le Mans pela GTE Pro não daria ao Serrinha a graduação platina??

  2. Gustavo disse:

    Cadê o Pipo Derani gente ?

  3. Andre disse:

    O Jaime Mello é platina!!!
    Realmente mais um talento que foi desperdiçado.

  4. André A. Ribeiro disse:

    me ajuda ? aonde acho a lista completa ? no site da FIA penei !!!! kkkkk não sou jornalista, só um apaixonado e curioso

  5. Gabriel Medina, El otro disse:

    Tentando entender o porque do Pipo Derani ser ouro e não platina…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>