MENU

7 de dezembro de 2017 - 13:46IMSA Weather Tech SportsCar Championship

Senna em Daytona

20165202045473_283575_604436_rosto_paris_II

Dentro: Bruno Senna participará mais uma vez das 24h de Daytona, na mesma equipe do bicampeão de Fórmula 1 Fernando Alonso. Só que no outro Ligier JS P217 da United Autosports (Foto: MF2/Reprodução Grande Prêmio)

RIO DE JANEIRO - Ontem, quarta-feira, a United Autosports anunciou pelas redes sociais que confirmaria hoje o último piloto do seu lineup para as 24 Horas de Daytona. E ele será um campeão do mundo: Bruno Senna, recém-coroado no Mundial de Endurance na classe LMP2 como o melhor piloto da temporada ao lado de Julien Canal, foi recrutado pela equipe de Richard Dean e Zak Brown, completando assim o plantel de sete pilotos contratados para os dois carros que o time pretende alinhar na prova inaugural da temporada 2018 do IMSA Weather Tech SportsCar Championship.

Dessa forma, Bruno será companheiro de equipe do bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso, por pelo menos um período que compreende os treinos do ROAR Before The Rolex 24, no início de janeiro e o fim de semana da corrida.

Mas o brasileiro e o espanhol não estarão juntos no mesmo carro.

Senna está escalado para dividir um dos Ligier JS P217 Gibson LMP2 com o suíço Hugo de Sadeleer, o estadunidense Will Owen e o escocês Paul di Resta. Fernando Alonso estará no outro carro, com os jovens britânicos Lando Norris e Phil Hanson.

“Estou muito entusiasmado em me juntar a United Autosports neste desafio em Daytona”, afirmou Bruno. “É uma equipe incrivelmente bem-sucedida e com experiência, possui um grande talento técnico, bem como uma lista de pilotos muito forte”, completou.

Chefe da equipe e sócio do CEO da McLaren Zak Brown, Richard Dean também falou sobre a chegada do brasileiro. “Bruno será um enorme valor agregado para a equipe, porque ele possui experiência em Daytona e com o carro. Acho que temos agora em nossos carros um ótimo equilíbrio de velocidade, habilidade e experiência”, explicou o dirigente.

Quando Dean fala em ‘experiência com o carro’, não está enganado. Senna andou em 2017 com o Nissan DPi, construído com base no chassi do Ligier JS P217. O que o carro terá de novo em relação ao que foi às pistas no ano passado são mudanças de aerodinâmica, permitidas pelo ACO e pela FIA.

Bruno é o quinto piloto brasileiro confirmado para a disputa das 24h de Daytona. Além dele, Felipe Nasr e Christian Fittipaldi defenderão a Action Express Racing (em carros diferentes), Hélio Castroneves estará na Penske e Pipo Derani vai pela Tequila Patrón ESM. Augusto Farfus deve ser indicado pela BMW para fazer a clássica prova na GTLM e ainda esperamos por uma definição sobre Oswaldo Negri, que após 14 anos, deixou a Michael Shank Racing.

1 comentário

  1. Fernando Silva disse:

    Tomara mesmo que um outro time escale o Negri…baita piloto em todos os tipos de carros…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>