MENU

11 de janeiro de 2018 - 11:11Mundial de Endurance

Apresentado o novo Ginetta LMP1

Ginetta-LT-G60-P1-WEC-LMP1-Launch-2018-18RIO DE JANEIRO - Acabou a espera: após vários meses desde o anúncio do projeto, passando pelo desenvolvimento e construção, foi apresentado hoje nesta quinta-feira o mais novo protótipo da classe LMP1 para a Super Season 2018/19.

O novo Ginetta G60-LT P1 teve seu lançamento oficial no Birmingham Motor Show, na Inglaterra, já revelando as cores com que a Manor irá disputar o próximo campeonato em sua estreia na divisão principal do Mundial de Endurance.

Concebido por Ewan Baldry, com a colaboração valiosa do designer Paolo Catone (o mesmo que projetou o Peugeot 908) na área de garantia de qualidade e de ninguém menos que Adrian Reynard, que está hoje baseado nos EUA, contribuindo com a parte de Computational Fluid Dynamics (CFD), o carro teve desenvolvimento aerodinâmico de Andy Lewis, junto aos engenheiros Stephan Van der Burg e Peter Smith. Os trabalhos de aerodinâmica foram todos efetuados no túnel de vento da Williams.

Ginetta-LT-G60-P1-WEC-LMP1-Launch-2018-15-690x460

O Ginetta G60-LT possui carroceria e monocoque de fibra de carbono produzidos na Itália pela ARS Tech com inserções de Zylon; sistema de freios de carbono desenvolvido pela AP Racing; suspensão Ginetta com amortecedores Öhlins; câmbio X-Trac sequencial de sete marchas com acionamento paddleshift fly by wire e eletrônica Bosch. Sai de fábrica também com o motor Mecachrome V6 3,4 litros Turbo, mas ao gosto do freguês os protótipos podem receber qualquer outro tipo de propulsor.

“Estamos muito entusiasmados com o potencial do novo carro”, disse Lawrence Tomlinson. “Levará a Ginetta ao mais alto nível do automobilismo, e que melhor momento para fazer isso do que no início do nosso 60º ano de existência. Estamos muito confiantes de que nossos clientes fizeram a escolha correta, e que este carro trará sucesso global para eles e para nós”, completa.

Ginetta-LT-G60-P1-WEC-LMP1-Launch-2018-10

“Enquanto alguns aspectos deste carro têm um sabor internacional, com apenas o melhor dos parceiros técnicos convidados a trabalhar conosco, isto é, sem dúvida, um carro britânico que procura conquistar o mundo, o primeiro carro britânico projetado e construído LMP1 para vários anos”, garante o dirigente.

A partir de agora, após o trabalho na fábrica, o desenvolvimento será na pista. O tempo pode parecer curto, mas há ainda perto de quatro meses para que a Ginetta e a Manor façam o bólido ter um desempenho satisfatório para a estreia na temporada do Mundial de Endurance em maio, com a disputa das 6h de Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Pois é… por enquanto a Manor é o primeiro – e único – cliente da Ginetta. Esperamos que o G60-LT prove seu potencial e que assim o número de interessados cresça, o que será bom para a LMP1 ao provar e comprovar que abrir o leque para construtores privados pode salvar a divisão principal do WEC de uma morte que muitos já viam bastante próxima.

9 comentários

  1. Ader disse:

    É um belo carro, tomara que os construtores privados tenham bons resultados neste campeonato para continuarem se desenvolvendo.

    Agora, já pensou a Toyota chega com “muita sede” em Le Mans, se atrapalha e a Ginetta ganha as 24 horas ???

  2. Celso disse:

    Ta parecendo com a F1, todos iguais.
    Falta de imaginação, geração control C , control V

    Bonito

  3. OZZMAIR disse:

    Colaboração do projetista do Peugeot 908 (2º protótipo mais lindo de todos os tempos), começaram muito bem.

  4. Geraldo disse:

    E ali na barbatana, uma homenagem ao Jules Bianchi: #JB17.

    O carro está lindo, gostei tbm da diagramação das cores. Agora fico na torcida para que, na pista, o desempenho seja igualmente de me encher os olhos.

  5. Ashpool disse:

    Sério que gostaram?

    Pode ser rápido. Mas é feio.

  6. Isidio Cristovão disse:

    Mattar, serão 4 0u 3 fabricantes de chassis para este ano ? E de motores ? Sobre motores continua com cilindrada livre e limitando fluxo de combustivel ? Sem contar é claro a Toyota.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Isidio, tudo bem? Haverá, além da Toyota, a BR/Dallara, a Ginetta, a ByKolles e, possivelmente, a Oreca. Então teremos cinco chassis diferentes na Super Season. Os motores serão Toyota, Gibson, AER e Mecachrome (não sei se esta é a escolha da Manor). E ainda há a opção do Judd.

  7. ags disse:

    Sem sombra de duvida…a categoria mais bonita do esporte a motor..Lindos carros…Pena que não irão chegar no bresillll de temmer fraco.

Deixe uma resposta para Ashpool Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>