MENU

30 de janeiro de 2018 - 15:07Fórmula E

Batmobile

RIO DE JANEIRO (Gostamos!) - A  Fórmula E, categoria dos carros elétricos, terá uma verdadeira revolução na temporada #5 de sua história, a ser disputada em 2018/19.

E em nome dessa revolução, a Spark desenvolveu um monoposto que mais parece um Batmóvel. Agressivo, interessante, instigante. Tem o horrendo Halo, mas até que o artefato fica em segundo plano diante do trabalho estético feito pelo fabricante dos chassis da ABB FIA Formula E Championship.

A partir do próximo certame, os novos carros terão baterias igualmente novas, desenvolvidas pela McLaren. O objetivo é que essas baterias tenham autonomia para uma disputa inteira – até a temporada atual, os pilotos eram (ainda são) obrigados a trocar de carro.

O novo bólido será apresentado oficialmente no próximo dia 6 de março, no Salão Internacional de Genebra, na Suíça. O evento é um dos mais representativos da indústria automobilística e do motorsport.

Eu gostei. E vocês, curtiram? Deixem sua opinião na área de comentários do blog.

25 comentários

  1. OZZMAIR disse:

    Por incrível que pareça , o Halo é a coisa menos feia do conjunto.

  2. Gabriel Medina, O outro disse:

    Horroroso, simplesmente horroroso. Tão pavoroso que quando vi da primeira vez achei que era mais uma daquelas ideias que fãs montam em programas de modelagem 3D.

    O carro atual tem uma aparência frágil e algo mequetrefe, mas esse… Esse é simplesmente horrendo mesmo.

  3. Ricardo Talarico disse:

    Gostei.
    Apesar de algumas firulas, eliminaram aquela frente que parecia um Pretzel e está se aproximando de um protótipo.

  4. Marchi disse:

    Eita! Eu achando que era uns dos monopostos mais bonitos que eu já tinha visto (depois da F2007). Acho que tem a cara do “futuro”. O Halo é uma das coisas mais idiota que a FIA já inventou até hoje.

  5. Geraldo Netto disse:

    Muito bonito, mas ainda acho o novo bólido da Indy o carro de competição (fórmula) mais bonito da atualidade. Pergunta: haverá um acréscimo da potência dos motores elétricos? Pois, aparentemente, o carro parece ser mais pesado.

  6. Luciano disse:

    Se não fosse o Halo, o desenho do novo F-E é bem instigante e me agradou. Mas convenhamos: esse “artefato” de segurança mais parecido com tira de chinelo é algo não natural no desenho do carro, colocado na marra…
    Já estou temendo os carros da F-1 para a temporada de 2018 com esse famigerado Halo…

  7. Marcelo A. L. Castro disse:

    Parece um Protótipo com direção central, achei muito feio. Esses paralamas vão ser uma encrenca a mais para quebrar em contatos e ter que entrar para os box…..

  8. andre lima disse:

    Se o futuro dos monopostos for o uso obrigatório do halo, cada vez mais vou voltar minha atenção para os campeonatos de protótipos, Gts e turismo…

  9. Silvio disse:

    Gostei do Batmóvel!

  10. marcelo disse:

    Muito bacana e se diferencia bastante dos carros da F1. A ideia, acredito, é que o carro não deva ser parecer com os carros de fórmula convencionais.

  11. Claudio disse:

    Achei legal, não exatamente bonito, mas pra mim, a ideia do FE desde o início deveria ser se diferenciar dos outros Fórmulas, já que a velocidade em si é baixa e as asas são meramente firulas.

    O meu maior interesse é quando a tecnologia evoluir ao ponto das velocidades serem maiores, perto da casa dos 300km/h, aí sim vai ficar bom de se assistir

  12. Everson disse:

    Coisa horrível!!!!!!!!!

  13. MarcioD disse:

    Belo Carro!! Gostei bastante. Achei muito mais bonito que o atual, que tem uma frente de bico alto e aerofólio dianteiro horrorosos. As rodas também são bonitas, muito bom que aumentaram a autonomia. Na expectativa de no futuro conseguirem um aumento substancial de potência. Categoria em evolução.

  14. Leandro disse:

    Ficou muito bom, bem “agressivo”. Gostei muito em especial da traseira.

  15. Lucas disse:

    Olha Rodrigo… eu gostei! Na minha opinião a F-E precisa ter uma identidade própria, descolada das Fórmulas tradicionais e isso passa pelo design do chassi/monoposto. Olhando mais de uma vez o filmete de divulgação, no trecho entre 1min16s e 1min21s, o carro me lembra muito o design dos protótipos mais antigos, antes do WEC. Parece que o Halo foi pensado como parte do desenho e não só um remendo.

  16. Alan Ambrosini disse:

    Eu adorei! Acredito que a F-E deva ter sua própria “cara”, para assim pararem de fazer comparações com outras categorias. O carro ficou lindo, com aspectos futuristas, algo em conformidade com o que a categoria realmente é: um conceito pro futuro. Inclusive, parece que arrumaram uma maneira para o Halo combinar com algum carro na vida. Sinceramente, o Halo (q eu acho a pior aberração nos monopostos) até que ficou bom neste carro, eu pelo menos gostei. Veremos na próxima temporada essas gracinhas doutrinando.
    Só acho que já que os carros terão autonomia para uma corrida inteira, poderiam ser liberados pneus slicks com composto para tirar o máximo de performance possível do bólido, um “Super Macio”, que não resistisse a uma prova completa, para que os pilotos necessitassem de trocar os pneus durante as provas. Apenas uma opinião.

  17. Levi disse:

    Gostei do carro!

    O maior problema dele será ter essa aparência e na pista chegar no máximo a 220 km/h… rsrs

    Aliás, esse é o maior problema da Fórmula E: pelo barulho deveria ser um troço astronômico, tipo os F-Zero da vida. Na realidade, tomam tempo de F3…

  18. Geraldo disse:

    Uma mistura de monoposto (com uma pitadinha de indy), protótipo (os paralamas me lembraram o Strakka-Dome S 103) e até de carro de rua (não sei pq, olhei o bólido e lembrei do KTM X-Bow). Bastante ousado. Para uma categoria que quer ser diferente, ousadia necessária, inclusive. Gostei!

  19. João Ferreira disse:

    O carro ficou bonito, menos o Halo, ainda acho que podiam substituir por um para-brisa mínimo, bem arredondado, com formato de gota, ficaria ainda mais parecido com um batmóvel. Ué, não tem asa traseira?

  20. Carlos Pereira disse:

    Rodrigo,
    gostei muito do visual. Ficou agradável esteticamente, sem copiar demais dos atuais Fórmulas. Creio que terá um impacto que pode atrair um novo público pelas mudanças que irão introduzir no automobilismo. Até mesmo o Halo ficou bem integrado ao carro, apesar de eu pessoalmente ele ruim. Outras alternativas como o Aero Screen seriam melhores na minha opinião.

  21. Marcelo Pacheco #49 disse:

    Com essaa rodas cobertas na minha singela opinião deixou de ser fórmula e passou a ser um proto. Nao sou fã desta categoria assim como cada vez mais perco interesse na F1. Pode ser o futuro sem volta etc mas pra mim carro de corrida tem que fazer barulho (Exceção aos falecidos Audi do WEC), os carros fantasmas, mas nada como os Rebellion com motor Toyota aspirados. Aquilo era “orgasmatico”

  22. Joao Vivaldo disse:

    Não Gostei do Carro. Sei Querem Criar Algo Novo e Diferente. Mas Ficou Igual aos Carros dos Vilões do Filme do Speed Racer, e o Filme é de 2008. Tenho Quase Certeza, Que Esse Carro Novo da Formula E, é Igual a um dos Carros dos Vilões do Filme, só que lá o Carro Era na Cor Verde. Vou Rever o Filme Nesse Filme de Semana, e Dou Uma Conferida e Dou um “Print” do Carro, Quando Ele Aparecer no Filme.

  23. Alexandre disse:

    Eu gostei, achei bem moderno,O resto é choro de saudosista que parou nos anos 90 !

  24. Alessandro Neri disse:

    Com as rodas cobertas não poderia se chamar mais fórmula. O halo por incrível que pareça é a coisa menos feia nessa exaltação estética do mau gosto. As categorias de ” fórmula” morrem um pouco mais a cada temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>