MENU

18 de janeiro de 2018 - 13:48Automobilismo Internacional

CTSC: 43 carros na abertura do campeonato em Daytona

galstad-DIS-ROAR-0118-275884

O grid estará recheado de novidades na primeira prova, a começar pela Mercedes-AMG GT4. Seis equipes vão alinhar 10 bólidos em Daytona neste início de campeonato

RIO DE JANEIRO - Um dos vários campeonatos suporte da IMSA, o Continental Tire SportsCar Challenge fará na sexta-feira, dia 26, uma preliminar de luxo para a disputa da clássica 24 Horas de Daytona. A prova de abertura da temporada 2018 contará com um ótimo grid – são 43 carros confirmados, divididos nas três categorias que fazem parte do campeonato em 2018.

As vedetes são os novos carros e a nova classe TCR, que chega aos EUA não só para o CTSC como também para o Pirelli World Challenge. Num primeiro momento, sete carros fazem parte do grid dessa nova subdivisão, com pelo menos um brasileiro confirmado: o gaúcho Pierre Kleinubing, há décadas radicado nos States. Ele divide o Audi #75 com Roy Block, como aconteceu nos últimos anos, inclusive no Weather Tech SportsCar Championship.

galstad-DIS-ROAR-0118-288016

Pierre Kleinubing vai estrear um modelo Audi RS3 LMS na nova classe TCR, que entra na programação do Continental Tire SportsCar Challenge em 2018

A mesma equipe de Kleinubing, a Compass Racing, alinha um carro para o canadense Kuno Wittmer, ex-BMW na IMSA e para Rodrigo Sales, que veio do PWC. Difícil afirmar com certeza se ele é brasileiro, pois ele fala um inglês perfeito, sem sotaque. Se alguém souber a real nacionalidade dele, agradeço.

O ano de 2018 será de transição para a categoria: na temporada seguinte, entra a Michelin como fornecedora exclusiva de pneus (hoje os compostos são da Continental, que comprou diversas marcas nos EUA, como a General Tire e a Hoosier, estabelecendo-se no mercado) e a divisão Street Tuner, dos carros de menor porte, sai de cena. Neste início de temporada são apenas cinco os bólidos inscritos, sendo três Mini JCW, um Porsche Cayman e uma BMW 328i.

Porém, o grande barato desse ano será a entrada dos novos carros com a adoção do regulamento GT4 – que voltou a ser uma coqueluche no mundo inteiro. São carros tão atrativos e tão potentes quanto os GT3 – só que bem mais baratos. Haverá sete modelos diferentes envolvidos na categoria Grand Sport (GS), a principal do certame. E nada menos que 31 inscritos.

A demanda pode ser medida pela quantidade de carros de alguns fabricantes. O novo Mercedes-AMG será alinhado por seis escuderias, num total de 10 unidades. Haverá ainda sete Ford Mustang, quatro Porsche Cayman, mais quatro Audi R8, duas McLaren 570S, duas BMW M4 e dois Aston Martin Vantage.

IMSA-Roar-CTSC-2018-RS1-Porsche

O Porsche #28 da equipe RS1, da dupla atual campeã da divisão GS, foi o mais rápido dos treinos de pré-temporada realizados semanas atrás em Daytona

Entre os pilotos, vários nomes conhecidos, outros nem tanto e diversos antigos participantes da IMSA e das 24 Horas de Daytona. Os atuais campeões Dylan Murcott/Dillon Machavern voltam para defender seu título com o Porsche Cayman da equipe RS1. No ROAR Before The Rolex 24, as equipes trabalharam em seis sessões de treinos pré-temporada e Machavern fez o melhor tempo em 1’55″247. Com o Ford Mustang da Roush Performance/KohR Motorsports, o canadense Kyle Marcelli ficou com a segunda posição e Trent Hindman (Volt Racing) foi o terceiro, também de Mustang.

Lista de inscritos para a BMW Endurance Challenge at Daytona AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>