MENU

6 de janeiro de 2018 - 21:10Rali Dakar

Dakar 2018: Al-Attiyah lidera 1-2 da Toyota

DS4oQ3JWkAAfPRj

O voo – literalmente – de Nasser Al-Attiyah rumo à vitória na primeira especial do Dakar 2018 nos carros. Belo clique nas dunas peruanas…

RIO DE JANEIRO - Sim, é apenas a primeira etapa e são apenas 31 km de percurso. Mas a Toyota começa com o placar favorável num Dakar onde o construtor japonês e todos os outros modelos com tração integral nas quatro rodas poderão dar uma invertida nos dominantes Peugeot 3008 DKR e também nos novos buggies que a Mini construiu e entregou a três duplas.

Nas dunas do Peru, os veículos 4×4 poderão se sobressair, muito embora a navegação seja um fator diferencial em todo o percurso. E neste sábado, a equipe oficial Toyota Gazoo Racing fez a festa com o 1-2 inaugural, comandado pelo duas vezes campeão da prova, Nasser Al-Attiyah. O piloto do Catar e seu navegador Matthieu Baumel foram os mais velozes do percurso com o tempo de 21min51seg, vinte e cinco segundos melhor que Bernhard Ten Brinke/Michel Périn.

O ídolo local Nicolás Fuchs fez seu brilhareco diante dos fãs e da mídia peruana: acelerou como pôde o seu Borgward e junto ao argentino Fernando Mussano, conquistou o 3º melhor tempo da etapa, superando o melhor carro 4×2 do plantel na etapa – o Buggy Mini guiado por Bryce Menzies/Peter Mortensen, que também se destacou como o primeiro representante do Team X-Raid.

Nani Roma, com seu Mini All4Racing de tração integral, ficou na quinta posição, seguido por Giniel De Villiers e pelo argentino Lucio Álvarez noutro Toyota.

Já era esperado que o exército Peugeot não começasse tão bem por conta das características do terreno de dunas, mas não ter nenhum carro no top 10 foi um pouco demais. Stéphane Peterhansel, o “Monsieur Dakar”, ficou apenas em décimo-primeiro, com um tempo 2min15seg pior que o de Al-Attiyah – o que, convenhamos, não é muito.

A performance dos demais pilotos do Team Peugeot Total não foi tão entusiasmante: 15º lugar para Cyril Després, logo à frente de “El Matador” Carlos Sainz, com Sébastien Loeb num apagado 27º posto a mais de cinco minutos e meio do vencedor do dia, tendo sido vítima de problemas de freios, faltando cerca de 3 km para o fim do trecho cronometrado.

Os brasileiros Jorge Wagenfuhr Jr. e Idali Bosse Rodrigues, num Mitsubishi, terminaram em 75º na etapa entre 88 que concluíram, com o tempo de 1h04min49seg.

Classificação da etapa #1:
Lima-Pisco
31 km cronometrados – 272 km de percurso

1. #301 Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota) – 21min51seg
2. #309 Bernhard Ten Brinke/Michel Périn (Toyota) – a 25seg
3. #313 Nicolás Fuchs/Fernando Mussano (Borgward) – a 34seg
4. #310 Bryce Menzies/Peter Mortensen (Mini Buggy) – a 38seg
5. #302 Nani Roma/Alex Haro Bravo (Mini All4Racing) – a 53seg
6. #304 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota) – a 54seg
7. #318 Lucio Álvarez/Robert Howie (Toyota) – a 1min12seg
8. #305 Mikko Hirvonen/Andreas Schulz (Mini Buggy) – a 1min36seg
9. #312 Kuba Przygonski/Tom Colsoul (Mini All4Racing) – a 1min45seg
10. #311 Martin Prokop/Jan Tomanek (Ford) – a 2min04seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>