MENU

10 de janeiro de 2018 - 17:29Rali Dakar

Dakar 2018: Nikolaev passa por apuros, mas vence outra e dispara na ponta nos Caminhões

dakar-dakar-2018-500-team-kamaz-master-eduard-nikolaev-evgeny-yakovlev-vladimir-rybakov

RIO DE JANEIRO - A tripulação do Kamaz-Master #500 liderada por Edouard Nikolaev teve um grande susto no início da 5ª etapa do Rali Dakar entre San Juan de Marcona e Arequipa, no último estágio totalmente realizado no Peru. Logo após a largada, a trinca que conta com o navegador Evgeny Yakovlev e o mecânico Vladimir Rybakov ficou presa numa duna. De acordo com o iritrack, foram 16 minutos perdidos.

O prejuízo até que foi pequeno, considerando o que aconteceu aos demais competidores. E logo Nikolaev não só recuperou terreno como venceu a etapa. Fez os 268 km da especial de hoje com o tempo de 3h37min12seg, pouco mais de seis minutos na frente do bielorusso Siarhei Viazovich, com um MAZ. O holandês Ton Van Genutgen foi o terceiro com seu Iveco “bicudo” preparado pela equipe De Rooy.

Ao vencer a etapa, Nikolaev e parceiros também se consolidam na liderança absoluta geral. É que o argentino Federico Villagra perdeu terreno de novo: o “Coyote” da Iveco perdeu 21min10seg hoje em relação ao russo. A diferença entre líder e vice-líder, restando apenas uma etapa antes da pausa para o descanso – que será pela primeira vez num meio de semana (quinta-feira) – é próxima de uma hora.

Depois, as diferenças são monstruosas: o 3º colocado, Viazovich, já está perto de 2h30min atrás do Kamaz líder do pelotão, enquanto o tcheco Martin Macik tem 3h45min de atraso. O japonês Teruhito Sugawara, com seu modesto caminhão Hino – que não tem sequer mecânico, apenas navegador – vem num excepcional 5º lugar na geral. Só então vêm os outros dois Kamaz-Master que seguem no top 10 da categoria.

Classificação da etapa #5:
San Juan de Marcona-Arequipa
268 km cronometrados – 934 km de percurso

1. #500 Edouard Nikolaev/Evgeny Yakovlev/Vladimir Rybakov (Kamaz) – 3h37min12seg
2. #512 Siarhei Viazovich/Pavel Haranin/Andrey Zhyhulin (MAZ) – a 6min23seg
3. #509 Ton Van Genutgen/Bernard Der Kinderen/Peter Willemsen (Iveco) – a 12min57seg
4. #502 Dmitry Sotnikov/Ruslan Akhmadeev/Ilnur Mustafin (Kamaz) – a 13min23seg
5. #501 Federico Villagra/Ricardo Torlaschi/Arturo Yacopini (Iveco) – a 21min10seg
6. #505 Martin Kolomy/Jiri Stross/Rostislav Plny (Tatra) – a 21min14seg
7. #503 Aleksei Vasilievski/Dmitry Vikhrenka/Anton Zaparoschanka (MAZ) – a 22min06seg
8. #507 Ayrat Mardeev/Aydar Belyaev/Dmitry Svistunov (Kamaz) – a 23min27seg
9. #508 Arthur Ardavichius/Serge Bruynkens/Michel Huisman (Iveco) – a 25min51seg
10. #518 Aleksei Vishneuski/Maksim Novikau/Andrei Neviarovich (MAZ) – a 29min01seg

Classificação geral extra-oficial:

1. Nikolaev/Yakovlev/Rybakov – 15h59min39seg
2. Villagra/Torlaschi/Yacopini – a 58min05seg
3. Viazovich/Haranin/Zhyhulin – a 2h28min46seg
4. Macik/Tomasek/Mrkva – a 3h45min40seg
5. T. Sugawara/Takahashi – a 3h49min08seg
6. Sotnikov/Akhmadeev/Mustafin – a 4h11min
7. Mardeev/Belyaev/Svistunov – a 4h31min15seg
8. Ardavichius/Bruynkens/Huisman – a 4h38min22seg
9. Van Genutgen/Der Kinderen/Willemsen – a 4h43min26seg
10. Van Der Heuwel/Van Oort/Van Rooy – a 5h14min52seg (incluindo +2min de penalização)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>