MENU

6 de janeiro de 2018 - 17:21Rali Dakar

Dakar 2018: Sunderland inicia luta pelo bi com vitória na abertura

article-dakar-2018-sam-sunderland-primer-lider-joan-barreda-cuarto-5a512d40ad5cb

Nada como iniciar a defesa do título com vitória na especial de abertura do Rali Dakar 2018

RIO DE JANEIRO - Ao conquistar seu primeiro Rali Dakar, Sam Sunderland teve como marca registrada a regularidade, após o acidente que tirou de contenção seu companheiro de equipe, rival e também campeão da edição retrasada, o australiano Toby Price.

Mas desta vez, o pensamento do piloto britânico parece ser diferente: tanto que ele iniciou a defesa do título e a luta pelo bicampeonato ao ataque. Tanto que venceu já na abertura da competição, completando os 31 km da especial Lima-Pisco em 20min56seg com sua KTM.

O tempo de Sunderland foi 32 segundos melhor que o francês Adrien Van Beveren, o segundo mais rápido da trilha com uma Yamaha. Pablo Quintanilla, que no ano passado não chegou ao final, começa forte: completou o primeiro dia com o terceiro melhor tempo, apenas um segundo à frente do velocíssimo Joan Barreda Bort, da Honda.

Aliás, foram quatro marcas diferentes nas quatro primeiras posições – sequência quebrada pelo quinto posto de Xavier De Soultrait, que estabelecera o tempo de referência.

A boa surpresa da primeira etapa, marcada por um ‘aperitivo’ das dunas peruanas, foi o 8º posto do boliviano Daniel Nosiglia Jager, superando muitos concorrentes de ótimo nível. A espanhola Laia Sanz também começou bem, completando a especial em 12º.

O primeiro dia do Rali Dakar já apresenta também algumas baixas na categoria das Motos. Logo no trecho de ligação antes da especial, o alemão Jürgen Drössiger, inscrito com o numeral #104 a bordo de uma KTM 450 Rally da classe Super Production, sofreu um acidente e não pôde largar para a primeira etapa.

E já no trecho cronometrado, a única esperança de nossos patrícios portugueses de alcançar um resultado decente nas motos deu adeus à disputa: Joaquim Rodrigues, que estava ao guidão de uma Hero 450 Rally, também caiu e está fora do Dakar.

Classificação da etapa #1:
Lima-Pisco
31 km cronometrados – 272 km de percurso

1. #1 Sam Sunderland (KTM) – 20min56seg
2. #4 Adrien Van Beveren (Yamaha) – a 32seg
3. #10 Pablo Quintanilla (Husqvarna) – a 55seg
4. #5 Joan Barreda Bort (Honda) – a 56seg
5. #23 Xavier De Soultrait (Yamaha) – a 1min06seg
6. #2 Mathias Walkner (KTM) – a 1min22seg
7. #7 Franco Caimi (Yamaha) – a 1min30seg
8. #33 Daniel Nosiglia Jager (KTM) – a 1min32seg
9. #19 Antoine Meo (KTM) – a 1min48seg
10. #47 Kevin Benavides (Honda) – a 1min52seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>