MENU

21 de março de 2018 - 17:16Super GT

Lexus e Honda se destacam na pré-temporada do Super GT em Okayama

Wakos-Lexus-Super-GT-Okayama-GT500-Test-2018

Trabalhando sozinho no Lexus #6, Kazuya Oshima fez o melhor tempo dos testes da pré-temporada em Okayama. Outro destaque foi a performance do Honda da equipe de Jenson Button, quarto mais rápido dos testes

RIO DE JANEIRO - Palco da primeira prova da temporada do Super GT em abril, o circuito de Okayama – aquele mesmo que com o nome de Aida sediou duas provas de Fórmula 1 na década de 1990 – foi escolhido para os dois primeiros dias de treinos coletivos visando o início do campeonato deste ano. Foram quatro sessões de testes disputadas com pista seca e baixa temperatura no traçado de 3,703 km de extensão. Um bom teste para todas as escuderias envolvidas na competição.

Entre os três construtores envolvidos na divisão GT500, a mais importante da categoria, Lexus e Honda conseguiram os melhores tempos. O carro #6 da Wako’s LeMans guiado apenas por Kazuya Oshima, uma vez que seu novo companheiro (o sueco Felix Rosenqvist) estava ocupado com a Fórmula E em Punta del Este, no Uruguai, foi o mais rápido não só do primeiro dia de treinos como também de todo o fim de semana, com o tempo de 1’18″017, percorrendo um total de 82 voltas no sábado.

No domingo, o Honda NSX Concept GT da equipe Keihin, da dupla Takashi Kogure/Koudai Tsukakoshi, ficou no topo da folha de tempos liderando o 1-2 do construtor – à frente do #100 patrocinado pela Raybrig e inscrito para a dupla Jenson Button/Naoki Yamamoto. Os melhores tempos foram estabelecidos na sessão matinal, com o #17 registrando 1’18″177 contra 1’18″256 do bólido do campeão mundial de Fórmula 1 em 2009.

Entretanto, o terceiro melhor tempo na soma dos quatro treinos coletivos foi do #38 da ZENT Cerumo: o carro de Yuji Tachikawa/Hiroaki Ishiura foi seis milésimos melhor que o Honda de Button/Yamamoto, seguido por mais dois Lexus LC500 da Tom’s e da WedsSport Bandoh. O melhor dos Nissan ficou em sétimo e foi o carro #12 da equipe Impul. Daiki Sasaki foi o mais rápido dentre os pilotos da marca, com 1’18″542.

Super-GT-Test-2018-Okayama-GT300-BRZ

O “Mother Chassis” com carroceria de Toyota 86 MC da equipe Hoppy Tsuchiya Engineering foi o mais rápido dos treinos entre os carros da GT300

Na GT300, os “Mother Chassis”, carros construídos pela Dome a pedido da organizadora do campeonato, dotados com o mesmo chassis e motores idênticos, diferenciados apenas pela ‘casca’ de fabricantes distintos, deram as cartas. O #25 da Hoppy Tsuchiya Engineering foi o mais rápido do primeiro treino com Takamitsu Matsui/Sho Tsuboi, no tempo de 1’25″328, dois décimos mais rápido que o Audi da Hitotsuyama Racing guiado por Richard Lyons/Ryuchiro Tomita.

A segunda sessão não viu a melhora dos tempos em relação ao primeiro treino – mas o Lotus Évora da Cars Tokai Dream 28 dos veteranos Hiroki Katoh/Kazuho Takahashi foi o mais veloz, com o tempo de 1’25″584, novamente com Matsui/Tsuboi na linha de frente. Lyons/Tomita fecharam o top 3 da categoria no domingo.

Neste fim de semana, a GTA organiza mais uma sessão de treinos pré-temporada no circuito Fuji Speedway – único do Super GT que terá duas provas neste ano, as mais longas do certame, sendo uma com 500 km e a segunda com 500 milhas (800 km) de percurso.

4 comentários

  1. ags disse:

    Gosto é igual a C..,..
    Mas esse carros e os da WEC são bonito pra cacete…………………………..

  2. Pedro Ribeiro disse:

    Nissan tá caidassa nas últimas temporadas do SuperGT…

  3. RODRIGO NUNES YOSHIHARA disse:

    Xará, sabe me dizer se a Hoppy Tsuchiya Engineering tem algo a ver com o Keniichi Tsuchiya, o “Drift King”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>