MENU

26 de março de 2018 - 13:55Mundial de Endurance

Mundial de Endurance: anunciados 37 carros para as 6h de Spa

fia-wec-2017-spa-start-1

RIO DE JANEIRO - A espera tem sido longa e a contagem regressiva – felizmente -  está próxima do fim. O início do campeonato bienal do Mundial de Endurance, a Super Season, será em 5 de maio – um sábado – com as 6h de Spa-Francorchamps. E o FIA WEC anunciou hoje a primeira lista de inscritos para a abertura do campeonato. E o grid terá 37 carros, até porque a corrida da Bélgica é um bom teste dinâmico para as 24h de Le Mans.

Lista das 6h de Spa-Francorchamps AQUI

Além dos 36 inscritos do WEC, há a adição de um carro extra – a G-Drive Racing entra em parceria com a TDS Racing com um protótipo Oreca LMP2 para Roman Rusinov e Jean-Éric Vergne, além de mais um piloto a ser designado. Com isso, serão oito os carros dessa subclasse, com a estreia da Racing Team Nederland e da DragonSpeed, além do regresso da Larbre Competition.

Na classe LMP1, além dos 10 carros previstos para a Super Season, algumas confirmações: os jovens russos Egor Orudzhev e Matevos Isaakyan farão sua estreia no Mundial de Endurance no carro #17 da SMP Racing, ao lado do experiente Stéphane Sarrazin. Nada mais justo, porque eles ajudaram desde o início no desenvolvimento desse carro. Vitaly Petrov passa ao #11 na companhia de Mikhail Aleshin, enquanto falta definir ainda o terceiro piloto do time russo.

Será o reencontro de rivais da extinta World Series Fórmula V8, já que Orudzhev e Isaakyan terão a companhia de Pietro Fittipaldi, que igualmente debuta pela DragonSpeed, substituindo Renger Van der Zande. Nem todas as equipes ainda definiram seus pilotos: a ByKolles só confirmou Oliver Webb e a Manor, por enquanto, vem de Charlie Robertson num carro e Oliver Rowland no outro.

Mas há muitos mais motivos para se assistir às 6h de Spa-Francorchamps, começando pelo bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso, grande atração da Super Season junto com a Toyota, que é franca favorita ao título. Na Rebellion Racing, três campeões mundiais no WEC estarão juntos: Bruno Senna, Neel Jani e Andre Lotterer dividem um dos bólidos daquela que é a segunda força da competição.

O plantel da LMP2 também nos traz vários nomes novos em toda a história do WEC, incluindo um veteranaço (61 anos) como o holandês Lammers e seu compatriota Frits Van Eerd; o trio de malaios do #37 da Jackie Chan; a estreia do folclórico Pastor Maldonado pela DragonSpeed; os franceses Gabriel Aubry, Erwin Creed e Romano Ricci e – claro – dois brasileiros que estarão a bordo ‘full season’: André Negrão pela Signatech-Alpine e Fernando Rees pela Larbre.

Na LMGTE-PRO, a novidade será a estreia de Tony Kanaan no Mundial de Endurance via Ford: o baiano de 43 anos disputará também as 24h de Le Mans e a participação dele em Spa serve como preparação para a segunda visita a Sarthe. Tony estará no #67 junto a Harry Tincknell e Andy Priaulx. Billy Johnson foi também escalado no #66 com Stefan Mucke e Olivier Pla.

Dentre os 10 carros inscritos, apenas a AF Corse – dos campeões Ale Pier Guidi e James Calado – e a Porsche não inscrevem três pilotos em seus carros. A princípio, Augusto Farfus vai disputar as 6h de Spa-Francorchamps com a BMW M8 GTE #82 que terá também o português Antônio Félix da Costa e o britânico Alexander Sims – que é normalmente piloto da marca bávara na IMSA. Na Aston Martin, o “Dane Train” de Nicki Thiim e Marco Sorensen terá a companhia de Darren Turner, com Jonathan Adam formando tripulação com os novos recrutas – Maxime Martin e Alex Lynn.

O rico plantel em carros da LMGTE-AM também é cheio de caras novas e a equipe Dempsey Racing-Proton é a única a não ter definido na totalidade os seus pilotos. Por enquanto, Christian Ried terá Matt Campbell como parceiro no #77 do time alemão em parceria com o galã de Hollywood Patrick Dempsey, enquanto Matteo Cairoli alinhará no #88 junto ao compatriota Giorgio Roda e ao árabe Khaled Al-Qubaisi, que volta à competição na Super Season.

Paul Dalla Lana, Matthias Lauda e Pedro Lamy se reúnem de novo para tentar defender o campeonato conquistado ano passado e a classe terá pelo menos três novas equipes: a alemã Project 1, com um Porsche; a japonesa MR Racing, parceira técnica da AF Corse, com Ferrari e a britânica TF Sport.

Entre os novatos confirmados para 2018/19, as 6h de Spa-Francorchamps verão a estreia de Patrick Lindsey e Eddie Cheever III (EUA), Egidio Perfetti (Noruega), Motoaki Ishikawa (Japão), Matt Campbell e Alex Davison (Austrália), Giorgio Roda (Itália), Euan Hankey e Charlie Eastwood (Grã-Bretanha).

E também já temos o cronograma de horários para a 1ª etapa do campeonato. Spa-Francorchamps está +5h em relação a Brasília e o blog traz tudo no nosso horário. Acompanhe:

Quinta-feira, 3 de maio

7h às 8h30 – Treino livre #1
11h25 às 12h55 – Treino livre #2

Sexta-feira, 4 de maio

6h às 7h – Treino livre #3
8h às 8h25 – Treino classificatório (LMGTE-PRO/LMGTE-AM)
8h35 às 9h – Treino classificatório (LMP1/LMP2)

Sábado, 5 de maio

8h26 – Bandeira verde para a formação do grid de largada
8h30 às 14h30 – FIA WEC 2018/19, 6h de Spa-Francorchamps

5 comentários

  1. Antonio Vidal disse:

    OPA….ENDURANCE EM SPA É SEMPRE UMA ÓTIMA PEDIDA…GRID DE ALTO NÍVEL PARA RESSUSCITAR A CATEGORIA.

  2. Fernando Silva disse:

    Sensacional este grid…seria ainda melhor se na Pro já fosse possível também a participação do Daniel Serra e do Pipo Derani. Mas, um cara que teve pouca badalação porém andou muito (muito mesmo…) em Le Mans 2017 foi o TK…olho nele…

    • Rodrigo Mattar disse:

      Acho (só acho) que tem Stock no mesmo fim de semana – por isso o Daniel não iria pra Spa e nem o Derani, por conta da IMSA. Mas só de possivelmente termos os dois em Le Mans será sensacional.

      • Fernando Silva disse:

        Pena mesmo…mas em compensação teremos o TK e, como eu disse, esse não teve muita badalação em Le Mans mas andou demais sendo um dos mais rápidos da LMGTE Pro em seus turnos de pilotagem…ele pode aprontar…

      • Rodrigo Mattar disse:

        É, Fernando… até comentei isso aqui no blog, que em ritmo de corrida ele não ficou em nada a dever aos caras que tem mais horas de voo em Le Mans do que o Zeppelin na II Guerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>