MENU

23 de março de 2018 - 10:50Fórmula 1, Vídeos

Vídeos históricos – O carinho de Frentzen com Blundell no GP da Austrália (1995)

RIO DE JANEIRO - GP da Austrália de 1995, o último disputado no circuito urbano de Adelaide.

A corrida ainda nem tinha chegado à metade, vários pilotos estavam fora da disputa e naquela altura, Damon Hill liderava com sobras, enquanto Heinz-Harald Frentzen, então na Sauber (patrocinada pela Red Bull, é bom lembrar) se matava para segurar a Benetton Renault de Johnny Herbert que vinha logo atrás.

Porém, Frentzen encontrou na McLaren de Mark Blundell um obstáculo bem difícil de se transpor. O britânico era o 7º colocado, portanto era retardatário, e se negava a ceder passagem para o alemão. Talvez achando que o piloto atrás dele estivesse em oitavo.

Até que após muito insistir e levar várias bloqueadas e fechadas de porta, como vocês poderão ver pelas imagens, HHF conseguiu a ultrapassagem e foi embora. Herbert, atrás, logo passou Blundell e seguiu com a pressão.

Depois, a direção de imagem mostraria em imagem recuperada da câmera onboard que, na freada ao fim da longa reta Dequeteville, Frentzen fez um singelo gesto para Blundell. O sobe som de John Watson, que comentava o GP da Austrália para o canal Eurosport, é hilário.

“Ooooh! A finger!”, disse o irlandês. “That’s the international sign to saying thank you”, complementou JW.

Em tempo: Frentzen e Herbert não terminaram a disputa em que Hill venceu com duas voltas de vantagem sobre Olivier Panis, o 2º colocado, que se arrastava na pista nas últimas voltas com o motor de sua Ligier Mugen quebrando.

2 comentários

  1. Amadeu Calisto disse:

    Não vi uma bandeira azul sequer…talvez pensou mesmo que estava disputando a posição.

  2. hodari disse:

    hahahahaha que pérola!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>