MENU

4 de abril de 2018 - 10:5724 Horas de Le Mans

AF Corse confirma Serra e Derani em Le Mans

201844125511

Cavallino Rampante: Daniel Serra e Pipo Derani terão a honra de defender a Ferrari e a AF Corse na próxima edição das 24 Horas de Le Mans

RIO DE JANEIRO (Em português vocês viram aqui primeiro) - Agora é oficial. O que o blog adiantou no último dia 23 foi confirmado hoje pela AF Corse. Teremos dois brasileiros a bordo da Ferrari 488 GTE EVO na disputa da 86ª edição das 24h de Le Mans.

Pole position em Sebring e Daytona, atual campeão da prova na LMGTE-PRO, Daniel Serra estará no carro #51 junto a James Calado e Ale Pier Guidi – que vêm a ser inclusive os atuais campeões mundiais de pilotos de Grã-Turismo. Uma trinca excepcional, com dois nomes já entrosados aos quais se junta um dos melhores pilotos brasileiros do momento, que vive inclusive uma fase iluminada. Provavelmente, o auge da carreira. Daniel faz muito por merecer essa chance com a equipe oficial da Ferrari.

Assim como Pipo Derani – em decisão dele de não assinar com a Ford, é bom observar -  o brasileiro de 24 anos fecha com o time de Amato Ferrari para andar no carro extra dos italianos. O #52 terá, além dele, o experiente finlandês Toni Vilander e o italiano Antonio Giovinazzi, que fará sua estreia em Le Mans. Será a quarta participação de Pipo na prova, em quatro equipes diferentes.

Há alguns dias atrás, em troca de mensagens, Pipo não desmentiu e nem confirmou as fontes nas quais o blog bebeu. Mas a última frase dele foi taxativa.

“Como dizem, Ferrari é Ferrari”, disse num misto de brincadeira e evidente entusiasmo, que deixou no ar a possibilidade do anúncio agora oficial, cerca de duas semanas depois dessa nossa conversa.

“Foi um longo inverno em relação a Le Mans e tudo. A decisão entre deixar a Ford e assinar com a Ferrari não poderia ter sido mais acertada”, comentou Pipo em nova mensagem ao blogueiro.

“As coisas acontecem porque têm de acontecer, às vezes a gente nem sabe explicar, mas estou muito feliz. Era um sonho meu de criança, meu pai (Walter Derani) é um apaixonado pela Ferrari e poder correr em Le Mans com a Ferrari depois da história dele aqui no Brasil com a GT3, com a paixão dele, realmente acaba sendo muito especial.”

“Como falei, as coisas acontecem porque devem acontecer, a gente às vezes nem tem resposta do porque, mas a vida é assim. Vamos com tudo que esse ano vai ser bacana demais. Tô muito feliz de voltar pra Le Mans, principalmente representando a Ferrari. E eu devo conhecer o carro antes do teste oficial em Le Mans”, confirmou.

Fechando a Squadra Rossa, no carro #71 foi confirmado o espanhol Miguel Molina, que ano passado já defendeu a AF Corse em Sarthe, mas passou todo o FIA WEC com a equipe Spirit of Race na LMGTE-AM. Ele estará ao lado dos titularíssimos Sam Bird e Davide Rigon.

Agora sim, a lista de brasileiros em Le Mans é de sete: Bruno Senna (LMP1); André Negrão e Fernando Rees (LMP2); Augusto Farfus, Tony Kanaan, Daniel Serra e Pipo Derani (LMGTE-PRO).

 

6 comentários

  1. Diogo disse:

    Mattar, tem chance de aparecer mais algum brasileiro em Le Mans, como ocorreu com o Barrichello no ano passado?

  2. Luciano disse:

    Daniel Serra, se for mais uma vez bem sucedido em Le Mans, irá merecer um vaga em tempo integral no WEC. Já o Pipo Derani já mostrou que merece estar num LMP1 dos bons!!! Pena que Audi e Porsche deram o fora e os japas da Toyota ainda não abriram os olhos pro menino…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>