MENU

14 de abril de 2018 - 15:28EF Open

Dobradinha brasileira e triunfo de Drugovich no EF Open

0918 27 94

P1: Felipe Drugovich fez a pole e foi o grande vencedor da prova inaugural da temporada 2018 do Euroformula Open, em dobradinha com Matheus Iorio (Foto: Fotospeedy)

RIO DE JANEIRO - A temporada 2018 do Euroformula Open começou com o pé direito – literalmente – para os pilotos brasileiros. Primeira fila com Felipe Drugovich na pole position e Matheus Iorio em segundo. Foram 19 voltas de domínio do piloto da RP Motorsport, sempre com o rival e compatriota da Carlin Motorsport logo atrás. Desde o início, Felipe teve tudo sob controle e cruzou a meta final com 6″690 de vantagem sobre Iorio.

O piloto da Carlin fez uma prova consistente e inteligente. Sem possibilidade de superar Drugovich, controlou o ímpeto do companheiro de equipe, Cameron Das – que conseguiu a 3ª posição logo no início depois de uma série de manobras arrojadas, e por lá ficou.

“Foi uma corrida bacana! No começo estávamos perto para tentar a liderança, mas faltou um pouco de acerto e quem acaba andando perto do adversário perde aderência por causa da pressão aerodinâmica. Isso dificultou um pouco e meus pneus acabaram muito rápido. Quando faltavam dez voltas já tinham ido embora. A tração era muito difícil e complica para ultrapassar. Mesmo assim consegui abrir para o terceiro colocado. Amanhã é um novo dia e pela previsão do tempo esperamos chuva. Tudo pode acontecer e vamos para cima em busca de mais um pódio”, disse Iorio.

A dificuldade com o consumo de pneus não foi só dele. A maioria dos pilotos enfrentou problemas e teve que abrandar o ritmo nas voltas finais. Foi o caso de outro brasileiro, Guilherme Samaia, que lutou muito com Jannes Fittje no início e depois foi superado pelo novato austríaco Lukas Dunner, que o impediu de terminar entre os seis primeiros. Samaia acabou em 7º lugar.

Entre os novatos, o holandês Bent Viscaal foi o melhor na prova, terminando em quinto, logo atrás do argentino Marcos Siebert. Dunner foi o segundo da classificação dos Rookies e o estadunidense Yves Baltas ficou com o terceiro posto.

O único brasileiro que ficou fora da zona de pontos foi Christian Hahn. Após uma primeira metade de corrida bem complicada, na qual perdeu algumas posições e o contato com os dez primeiros, o piloto ainda conseguiu uma recuperação e terminou em 12º lugar.

A prova #2 do EF Open será às 8h15 de Brasília, com o streaming da categoria aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>