MENU

11 de abril de 2018 - 16:11European Le Mans Series

Guia ELMS 2018 – equipes LMGTE

RIO DE JANEIRO - Está lançada a sorte: a partir deste fim de semana, começa a temporada 2018 do European Le Mans Series (ELMS), com grid cheio nas 4h de Le Castellet. O circuito francês de Paul Ricard terá mais de 40 carros na pista, três categorias na disputa pelos títulos e muita competitividade. Com números e expectativas superlativas, a esperança é de um grande campeonato. E o blog começa o “esquenta” da competição com o guia das equipes que vão disputar a primeira prova do ano na classe LMGTE.

Esta subclasse é exclusiva dos modelos Grã-Turismo onde, diferentemente do Mundial de Endurance (FIA WEC) todo mundo compete com os mesmos pneus, fornecidos pela Dunlop. A disputa estará restrita apenas aos modelos de Ferrari e Porsche, uma vez que a TF Sport, principal time da Aston Martin no ano passado, foi para o Mundial e a Beechdean, outro time da marca britânica, concentra seus esforços apenas no British GT desta vez.

O plantel de carros não é grande em 2018 – já no ano passado, a redução de esforços foi sentida – mas o grid ganhou alguns reforços de última hora, já que pelo calendário do WEC ser mais restrito neste ano, há a possibilidade real de se provar o potencial dos carros na pista, em ritmo de prova e também em mais treinos extras.

Confira quais são as equipes presentes na LMGTE:

SPIRIT OF RACE
Sede: Balerna, Suíça
Carro: Ferrari 488 GTE
Motor: Ferrari F154CB 3,9 litros V8 Turbo
AF Corse CEO: Amato Ferrari
Diretor geral: Marco Lippmann

fia-wec-2018-paul-ricard-finish-order-32

A Ferrari #54 do WEC foi inscrita para as 4h de Le Castellet para o carro e os pilotos ganharem mais horas de voo com o novo equipamento

Parceira técnica da AF Corse, a Spirit of Race é o braço helvético da Ferrari nas competições europeias de Grã-Turismo. Mais uma vez estarão divididos entre o WEC com o carro do cliente Thomas Flöhr e a inscrição do ELMS. A diferença é que desta vez a equipe terá apenas um carro na temporada completa e não dois, como em 2017.

elms-2018-paul-ricard-test-finish-order-41

A trinca do #55 – Duncan Russell Cameron/Aaron Scott/Matt Griffin – venceu duas etapas em 2017 e levou a equipe ao quarto lugar na classificação

O carro #54 foi inscrito apenas nas 4h de Le Castellet (por enquanto) e não participou do Prólogo, já que andou nos treinos do WEC no último fim de semana. O equipamento foi poupado e Flöhr estará em dupla dessa vez, compondo a tripulação com Francesco Castellaci. No carro #55, estarão os britânicos Duncan Russell Cameron, Aaron Scott e Matt Griffin. Ano passado, eles venceram duas etapas (Red Bull Ring e Le Castellet), terminando a temporada na quarta colocação.

JMW MOTORSPORT
Sede: Colchester, Inglaterra
Carro: Ferrari 488 GTE
Motor: Ferrari F154CB 3,9 litros V8 Turbo
Diretor: Jim McWhiter
Team Manager: Steeve Hagger
Chefe de mecânicos: Davey Nicholas

5acb91e17bea1

Miguel Molina será o piloto principal da JMW Motorsport na campanha pelo bicampeonato do ELMS

Campeã das 24h de Le Mans ano passado na LMGTE-AM, a JMW Motorsport teve o que se chama de ano perfeito em 2017. Além do título na clássica prova francesa, derrotou a conterrânea TF Sport e levou o título de equipes no ELMS na classe de Grã-Turismo. Curiosidade: num campeonato com cinco pódios em seis provas, a única vitória – em Monza – veio com a boa e velha Ferrari 458 GTE. A regularidade foi o ponto chave da conquista de mais uma vaga direta à Sarthe e o time de Jim McWhiter estará lá na França para defender suas taças.

O ELMS começa com Liam Griffin como um dos pilotos do time a bordo do carro #66, junto a uma das novidades da temporada – o escocês Alex MacDowall, antigo integrante da Aston Martin Racing. O terceiro piloto, por indicação da Ferrari – o que pode ser um bom indício – é o espanhol Miguel Molina, único que estará ausente em Sarthe da tripulação, uma vez que servirá à AF Corse num dos carros extras da LMGTE-PRO.

PROTON COMPETITION
Sede: Ummendorf, Alemanha
Carro: Porsche 911 RSR GTE
Motor: Porsche 4 litros Flat 6
Fundador: Gerold Ried
Team Manager: Christian Ried
Diretor Técnico: Michael Ried

elms-2018-paul-ricard-test-finish-order-44

Os treinos em Paul Ricard foram no mínimo atribulados para os alemães da Proton Competition

Tradicional equipe cliente da Porsche há mais de duas décadas, a Proton Competition tem sob sua responsabilidade o preparo de metade dos oito chassis cedidos à clientes da marca para as competições de Grã-Turismo. No ELMS, o time de Ummendorf dará assistência também à Ebimotors, que é uma das novidades positivas da temporada 2018. O teste realizado em Paul Ricard foi de altos e baixos para os germânicos.

5acb9096e1745

Mesmo assim, o #88 dos italianos Giorgio e Gianluca Roda, mais Matteo Cairoli, foi o mais veloz após os dois dias de treinos em Le Castellet

Se o #88 dos italianos Matteo Cairoli, Giorgio e Gianluca Roda foi o mais rápido do Prólogo, o #77 que será entregue a Christian Ried, ao novato norueguês Dennis Olsen e a Marvin Dienst (recrutado de última hora, já que Joël Camathias e a equipe romperam o compromisso para a temporada 2018), sofreu um acidente na última segunda-feira. Felizmente, o carro não teve danos muito extensos, foi reconstruído e conseguiu cumprir algumas voltas mesmo na pista úmida pela chuva. A grande preocupação da escuderia é com a falta de peças de reposição para a grande quantidade de carros que terão de cuidar neste ano.

EBIMOTORS
Sede: Cermenate, Itália
Carro: Porsche 911 RSR GTE
Motor: Porsche 4 litros Flat 6
Fundador e Team Manager: Enrico Borghi

5accec16dbfb8

Representante da Porsche na região italiana de Como, a Ebimotors busca um papel digno em sua estreia na LMGTE com um dos chassis do 911 RSR GTE cedidos a times clientes da marca alemã

Campeã da Michelin Le Mans Cup no ano passado, a Ebimotors ganhou o acesso direto às 24h de Le Mans na divisão LMGTE-AM e para honrar o convite, se obrigou a inscrever em pelo menos um campeonato sancionado pelo ACO. Optaram pelo ELMS com um Porsche 911 GTE RSR que terá o know-how da Proton Competition. No primeiro contato com o novo equipamento, tiveram grandes percalços e um forte acidente sofrido com Fabio Babini no primeiro dia do Prólogo, lá mesmo em Paul Ricard – o que atrapalhou sobremaneira os planos. A tripulação para a primeira prova do campeonato terá os italianos Fabio Babini e Riccardo Pera (estreando na categoria) e o veterano francês Raymond Narac – a princípio apenas para a corrida inaugural de 2018.

KROHN RACING
Sede: Houston, EUA
Carro: Ferrari 488 GTE
Motor: Ferrari F154CB 3,9 litros V8
Krohn Racing CEO: Tracy W. Krohn
Team Manager: Gary Holland
Engenheiro: Hayden Burvill

5acc9a228f6f7

A Krohn Racing viabilizou seu retorno ao ELMS em parceria com a Spirit of Race, via AF Corse, usando as instalações dos helvéticos em Balerna e a expertise do time representante da Ferrari em Grã-Tuismo

Em parceria com a Spirit of Race – via AF Corse – a Krohn Racing retorna às pistas com a Ferrari 488 GTE neste ano. A equipe fundada pelo bilionário do petróleo e da aviação Tracy W. Krohn ficou fora de qualquer competição na última temporada, após uma experiência com protótipos LMP2 – que será repetida em Le Mans numa associação com a Eurasia, o que significa que a vaga de reserva em Sarthe foi descartada. O carro com o dorsal #83 terá o fiel Nic Jönsson ao lado de Tracy Krohn e o valioso reforço do experiente italiano Andrea Bertolini.

GULF RACING UK
Sede: Milton Keynes, Inglaterra
Carro: Porsche 911 RSR GTE
Motor: Porsche 4 litros Flat 6
Fundador: Roald Goethe
Proprietário: Mike Wainwright
Team Manager: Matt Beers
Engenheiro de Pista: James Gritt

fia-wec-2018-paul-ricard-finish-order-22

A Gulf Racing UK não descarta participar de mais rodadas do ELMS em 2018, já que recebeu um segundo Porsche em sua oficina em Milton Keynes, na Inglaterra

Assim como faz a Spirit of Race, a Gulf Racing UK aproveita a ocasião da presença em Paul Ricard para dar mais quilometragem ao seu novo ‘brinquedinho’. A equipe mostrou a força do Porsche 911 RSR GTE no Prólogo do WEC e espera fazer um bom papel nessa apresentação ‘one-off’ em Le Castellet. Os britânicos farão uso de um segundo chassis, que lhes será entregue em Milton Keynes, na sede do time – e uma participação noutras rodadas do ELMS não está descartada, assim como a participação não só nas 1000 Milhas de Sebring ano que vem, como também nas 12 Horas da IMSA. O trio do #86 será o mesmo que disputará a Super Season do Mundial: Michael Wainwright/Ben Barker/Alex Davison.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>