MENU

27 de abril de 2018 - 18:39Automobilismo Nacional, Endurance

Huracán “apavora” em Curitiba nos primeiros treinos livres do Endurance Brasil

31396349_1318988098133425_8402168216775819264_o

No clique do xará Rodrigo Ruiz (RR Media), a “nave” que roubou a cena em três dos quatro treinos livres da etapa inaugural do Endurance Brasil em Curitiba. A corrida é neste sábado e o blog terá o vídeo ao vivo

RIO DE JANEIRO - Pista aberta pra valer para os mais de 30 carros inscritos na etapa de abertura da temporada 2018 do Endurance Brasil. O Autódromo Internacional de Curitiba, com seus 3,695 km de extensão, viu o seu asfalto riscado pelos bólidos de cinco categorias de Protótipos e Grã-Turismo. E já de saída um dos novos carros importados do exterior apresentou armas, mostrando que poderá ser uma das estrelas da categoria.

O novo Lamborghini Huracán importado para a equipe Via Italia “apavorou”: foi o mais rápido em três das quatro sessões de treinos livres extra-oficiais realizadas nesta sexta-feira. Na quarta e última atividade de pista, o carro #19 da dupla Chico Longo/Daniel Serra obteve o ótimo tempo de 1’14″837, à média horária de 177,746 km/h.

No cômputo geral do dia, o tempo do carro inscrito na classe GT3 ficou pouco mais de um segundo à frente de uma das outras novidades do grid: o Protótipo AJR com motor V8 de Stock Car encomendado pelo gaúcho Carlos Kray – e que terá a bordo Vicente Orige – atual campeão do Brasileiro de Marcas e David Muffato, campeão da Stock Car em 2003. Sem ter percorrido nenhum quilômetro previamente em treinos, o novo carro conseguiu 1’15″898 no treino livre #3.

Não muito longe do novo AJR, ficou o Porsche dos atuais campeões brasileiros. Ricardo Maurício e Marcel Visconde, que foram os mais velozes da primeira sessão, melhoraram para 1’15″963, insuficiente porém para deixá-los na ponta com o 911 GT3-R agora inscrito com o dorsal #70, em alusão ao septuagésimo aniversário da marca de Stuttgart, comemorado em 2018. A quarta marca foi de outro Protótipo AJR V8, inscrito para quatro pilotos – Fernando Fortes/Henrique Assunção/Emílio Padron/Fernando Ohashi também deverão se revezar ao volante de outro carro, um MRX com motor Cosworth inscrito na subclasse P2.

Sem ter treinado mais cedo, o novo Mercedes-AMG GT3 de Xandy Negrão e seu filho Xandinho completou as primeiras voltas nos treinos à tarde e o potencial do bólido ainda não foi devidamente explorado. Tanto que pai e filho ficaram com o 5º lugar, marcando 1’16″967.

Nas demais subclasses, o MRX Cosworth #75 foi o mais rápido na P2, com 1’20″655 (tempo do terceiro treino). Os gaúchos Gustavo Tomazini/Gustavo Frey ficaram com o melhor tempo do dia na P3, marcando 1’24″940 também no terceiro treino. O Lamborghini Gallardo LP520-4 do trio Telmo Tecchio/Pierre Ventura/Amorim Jr. ficou com a melhor volta da GT4, que infelizmente trouxe apenas dois carros inscritos à etapa de abertura, com a ausência de outros potenciais participantes, com 1’27″278.

O treino classificatório para a 1ª etapa do Endurance Brasil está marcado para este sábado a partir de 11h30. A corrida tem largada para 500 km (135 voltas) ou 4 horas de prova a partir de duas da tarde, pelo horário de Brasília.

O blog A Mil Por Hora terá o streaming da primeira etapa ao vivo e em tempo real para os leitores acompanharem a corrida. Fiquem de olho!

3 comentários

  1. Luiz disse:

    Pelo visto aqui não temos o BOP para nivelar os GT’s. Então está dando a lógica com a Lambo mais potente que o Porsche.

  2. Rafael Placce disse:

    Além de não ter o BoP a Lambo tem o Daniel, né? Aí já viu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>