MENU

14 de abril de 2018 - 15:16International GT Open

Vitória dominante de Mac Jensen e Pier Guidi na abertura do GT Open

0918 41 441

Quase absolutos: Mikkel Mac Jensen e Ale Pier Guidi conquistaram para a Luzich Racing a vitória na estreia do time no GT Open (Foto: Fotospeedy)

RIO DE JANEIRO - A novata equipe Luzich Racing começou com o pé direito. De bandeira ianque mas, ao que tudo indica, em parceria com a AF Corse (pra variar), o time das Ferrari 488 GT3 foi absolutamente dominante na primeira prova do International GT Open, que vocês ainda poderão assistir no blog, se quiserem – o post está aqui mais abaixo.

A dupla do carro #51 formada por Mikkel Mac Jensen e Alessandro Pier Guidi foi absoluta na disputa com duração de 70 minutos. Largaram da pole position e só não estiveram no comando quando houve as trocas de pilotos e as paradas de box. Depois da janela se fechar no minuto 42′ e trocar com o dinamarquês, Pier Guidi fechou a disputa após 41 voltas, com quase 12 segundos de vantagem para o atual campeão Giovanni Venturini e o holandês Jeroen Mul.

Após uma bela batalha com a BMW da dupla Fran Rueda/Andrés Saravia, o experiente Andrea Montermini e seu compatriota Daniele Di Amato conquistaram o último lugar no pódio – resultado muito comemorado pela RS Racing, outra escuderia estreante na competição. A dupla Tom Onslow-Cole/Valentin Pierburg aproveitou a janela de paradas para inclusive liderar a prova, mas acabaram na 5ª posição geral – suficiente para lhes ofertar a vitória na subclasse Pro-Am.

0918 41 154

Em dupla com Kang Ling, Nicolas Costa chegou em 6º lugar e foi o melhor brasileiro neste sábado em Portugal (Foto: Fotospeedy)

Entre os sete brasileiros que estão no fim de semana inicial da temporada 2018, Nicolas Costa foi quem obteve o melhor resultado: o carioca da Vincenzo Sospiri Racing foi o 6º colocado, em dupla com Kang Ling. Ele suportou muito bem a pressão de Damiano Fioravanti, que dividiu a pilotagem do #12 da Ombra Racing com outro brasileiro, Fernando Rees.

O pódio da Pro-Am teve ainda Fabrizio Crestani/Miguel Ramos, que terminaram a disputa em oitavo na geral, seguidos por Alexander West/Michele Rugolo, dupla que completou em 11º lugar.

Na divisão dos gentlemen drivers, Antônio Coimbra/Luís Silva fizeram boa prova com a Mercedes-AMG da Sports & You, terminando em 12º e com a vitória na categoria, seguidos por Alexander Hrachowina/Martin Konrad e Konstantins Calko/Miro Konôpka.

Giulio Borlenghi somou os primeiros pontos na subclasse Am: o novato brasileiro foi 17º colocado geral e quarto da categoria, em dupla com Andrzej Lewandowski. Já Márcio Basso teve um contato com o Lamborghini de Giuseppe Cipriani e não voltou mais à disputa, deixando Thiago Marques a ver navios.

0918 44 67

Tom Onslow-Cole (de barba) e Valentin Pierburg foram os vencedores na categoria Pro-Am, com o 5º lugar geral (Foto: Fotospeedy)

Marcelo Hahn e Allam Khodair também não terminaram a corrida, com Hahn se envolvendo numa confusão na primeira volta. Ao evitar bater no Lamborghini Huracán de Riccardo Agostini/Rik Breukers, com o holandês a bordo, o piloto brasileiro acabou tocando o Audi R8 LMS da Optimum Motorsport, guiado por Oliver Wilkinson. Sem chances na disputa e com o carro danificado, Hahn foi chamado pra box e abandonou. Melhor não correr riscos a deixar o equipamento sem condições para amanhã.

Neste domingo, a largada para a prova #2 será às 9h15 pelo horário de Brasília. A corrida terá duração de 60 minutos, sem reabastecimento e janela de pit stop entre os minutos 24′ e 36′.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>