MENU

3 de maio de 2018 - 14:41Mundial de Endurance

6h de Spa: Conway comanda novo 1-2 da Toyota

7-Toyota-WEC-2018-Spa-Free-2

Mike Conway comandou a dobradinha da Toyota em Spa nesta quinta-feira

RIO DE JANEIRO - A Toyota confirmou o domínio nos treinos desta quinta-feira para as 6h de Spa-Francorchamps. Mike Conway acabou como o piloto mais rápido ao marcar, logo no início do segundo treino, o tempo de 1’56″172, que superaria assim por quase sete décimos o carro #8 guiado por Kazuki Nakajima na melhor volta. Fernando Alonso completou mais 14 voltas e baixou em um segundo e três décimos sua marca da primeira sessão, porém ficando a nove décimos de Conway.

A boa surpresa desse primeiro dia foi Pietro Fittipaldi, que mostrou rápida adaptação ao novo carro da DragonSpeed e, numa pista que já conhecia da Fórmula 3 europeia e da World Series, o jovem brasileiro guiou muito bem. Virou em 1’58″835 e colocou o carro #10 da DragonSpeed em terceiro, a 2″663 do melhor tempo – uma diferença até aceitável para os LMP1 híbridos do construtor japonês.

Em quarto veio Gustavo Menezes, a bordo do carro #3 da Rebellion Racing – que é o mesmo que treinou com a equipe no Prólogo em Paul Ricard, seguido por Neel Jani e Stéphane Sarrazin, este já virando tempos ligeiramente acima de 2 minutos. Vitaly Petrov foi o sétimo com o carro da SMP Racing, enquanto a ByKolles ficou em oitavo com Tom Dillmann. Bruno Senna não chegou a entrar na pista na parte da tarde.

A exemplo do primeiro treino, os dois Ginetta-Mecachrome da Manor só fizeram voltas de instalação e retornaram aos boxes. A ausência dos dois carros do time britânico com financiamento chinês já deu o que falar (ou não) na Bélgica. Questionado, o dirigente Graeme Lowdon não fez qualquer tipo de comentário.

Especula-se que a equipe esteja convivendo com sérios problemas acerca da parceria com o grupo CEFC, investigado pelo governo chinês. O presidente da China Energy, Ye Jianming, foi detido sob acusação de crime econômico relacionado ao acordo em que se compraria por US$ 9,1 bilhões a gigante russa Rosneft, informa o site Sportscar365.

Não está claro se a Manor tomará parte do terceiro treino livre e da classificação nesta sexta-feira e, se os dois protótipos LMP1 não estiverem na pista sábado para a bandeira verde, a equipe será automaticamente excluída das 24h de Le Mans de 2018, o que reduziria o total de carros da classe principal de 10 para oito. A lista de espera é encabeçada pela KCMG (LMP2) e Spirit of Race (LMGTE-AM).

31-Dragonspeed-WEC-2018-Spa-Free-2

Rápido de novo: Pastor Maldonado ditou a lei na LMP2

Voltemos ao que interessa, que são os carros na pista: a DragonSpeed, novamente com Pastor Maldonado, liderou a folha de tempos da LMP2 no segundo treino, com o bolivariano virando em 2’02″991, três décimos mais veloz que o malaio Nabil Jeffri, da equipe Jackie Chan DC Racing. Roman Rusinov, com a inscrição extra da G-Drive Racing, foi o terceiro colocado na sessão, seguido por Julien Canal no novo Ligier JS P217 da Larbre Competition – carro que seria de Fernando Rees, que acabou afastado.

André Negrão deu apenas sete voltas – a melhor em 2’05″989 – e não melhorou seu tempo da primeira sessão livre. O carro #28 da TDS Racing fez uma excursão fora da pista, com Matthieu Vaxivière a bordo, sendo assim responsável por uma das duas bandeiras vermelhas do treino. A outra aconteceu quando o BR01 #17 da SMP Racing ficou parado em Stavelot.

66_Ford_WEC_Spa_2018_Practice_2

O Ford EcoBoost liderou na LMGTE-PRO com Stefan Mücke

Na LMGTE-PRO, novo domínio da Ford e desta vez o piloto mais veloz foi Stefan Mücke, com 2’13″733, melhorando em mais de um segundo e dois décimos o tempo do primeiro treino, do outro carro da equipe de Chip Ganassi. Gianmaria Bruni ficou em 2º com o Porsche #91 a quase um segundo do alemão, enquanto Harry Tincknell foi o terceiro.

Tony Kanaan completou no total 26 voltas ao longo do dia e melhorou bastante seu tempo em relação ao primeiro treino. O baiano deu 17 voltas à tarde e baixou para 2’15″051.

86_Gulf_Porsche_WEC_Spa_2018_Practice_2

A melhor volta da LMGTE-AM foi do Porsche de Ben Barker

E na LMGTE-AM, deu Porsche novamente, só que com a Gulf Racing UK: cortesia de Ben Barker, o piloto mais rápido do FP2 em sua categoria, virando 2’16″113 com o carro #86, três décimos melhor que o #77 guiado pelo australiano Matt Campbell. Pedro Lamy fez o 3º tempo da sessão com o Aston Martin Vantage V8 da trinca campeã da categoria, com Giancarlo Fisichella em quarto e Matteo Cairoli em quinto.

A partir de 6h da manhã de Brasília, os carros terão mais uma hora de treinos livres, para os ajustes finais. A qualificação começa às 9h50 (14h50 locais) para 25 minutos de pista aberta para os LMGTE-PRO e LMGTE-AM. Depois de um intervalo de 10 minutos, entram na pista os Esporte-Protótipos LMP1 e LMP2. Os treinos têm transmissão ao vivo apenas no site oficial do campeonato – www.fiawec.com.

9 comentários

  1. Gabriel Medina, O outro disse:

    Uma pena essa dúvida pairando sobre a Manor, lembrando que o dono da SMP também é uma figura das mais suspeitas.

  2. Alex disse:

    A Fox irá transmitir a corrida?

  3. Emmanuel disse:

    Belo desempenho de Pietro Fittipaldi!
    Continuo firme e forte da torcida conta a Toyota e o Espanhol, por conta desse regulamento esdrúxulo e esse BOP pior ainda…

  4. Antonio Vidal disse:

    Boa noite!

    Tudo conforme eu esperava. Nenhuma surpresa no meu ponto de vista. Caso não ocorra imprevistos e as condições de “temperatura e pressão” durante a prova sejam mantidas, a Toyota leva. Claro que a minha torcida está toda depositada nas equipes privadas, pois gostaria de assistir uma corrida “pegada” e encardida para a Toyota. Na “PRO”, o “bicho” vai pegar do começo ao fim…FORÇA PORSCHEEEEE!
    Grande RODRIGO….bora lá….tem endurance na tela da FOX SPORTS….yessssss!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>