MENU

1 de maio de 2018 - 23:57International GT Open

GT Open: 24 carros na rodada de Paul Ricard

18-04-GT-Open-2018-696x464

RIO DE JANEIRO - O próximo fim de semana é dos mais movimentados do automobilismo mundial. A Nascar terá de novo as três categorias principais na pista, afora que teremos a abertura – aguardadíssima – da Super Season do WEC, o Super GT numa madrugada veloz de sexta-feira (isso mesmo!) em Fuji, o início do campeonato do DTM, o Blancpain Sprint Series e por aí vai.

Ah! E, claro está, o International GT Open, como não… a competição internacional de Grã-Turismo vai ao Circuito de Paul Ricard, em Le Castellet, nas proximidades de Bandol, para a 2ª rodada dupla de um campeonato que começou em Portugal com boas disputas e o duplo triunfo da Luzich Racing, que faturou ambas as etapas portuguesas com Ale Pier Guidi e Mikkel Mac Jensen.

Em relação à corrida inaugural, a etapa da França tem bastante novidades. Quatro novos carros de três equipes se apresentam para a etapa, enquanto dois não comparecem, ambos Mercedes-AMG: a Krypton Motorsport não levará o carro #24 de Mario Cordoni/Marco Zanuttini e tampouco será apresentado o carro #62 da Drivex School, que esteve no Estoril com Jamie Campbell-Walter/Ferdinand Habsburg.

Lista de inscritos para Paul Ricard AQUI

Aguardada para a 1ª etapa, a Rinaldi Racing faz sua estreia na série em 2018 com duas Ferrari 488 GT3. Cristian Hook/Steve Parrow estão inscritos no carro #33 da subclasse Am e o #333 estará a serviço de David Perel/Vadim Kogay, na Pro-Am. Quem também chega para a festa é a Lechner Racing, com sua Mercedes-AMG GT3 inscrita para Mario Plachutta/Thomas Jäger – classe Pro-Am, a mesma da dupla italiana Alberto Di Folco/Stefano Costantini, que alinha o Lamborghini Huracán #90 da Target Racing.

Entre os pilotos, algumas alterações por conta de compromissos já assumidos: Alan Hellmeister será o oitavo brasileiro a competir no International GT Open 2018, substituindo mais uma vez o compatriota e quase xará Allam Khodair, que não viaja para a França por conta da etapa de Londrina da Stock Car. Ale Pier Guidi estará em Spa-Francorchamps para a prova inaugural do WEC e será substituído no carro #51 vencedor em Portugal por Marco Cioci.

O total por classes está assim dividido: oito duplas da Pro (Nicolas Costa/Kang Ling e Fernando Rees/Damiano Fioravanti estão entre os inscritos), 10 da Pro-Am (com a participação de Hahn e Hellmeister, que venceram a prova na classe ano passado e foram ao pódio na geral com um 3º lugar) e as demais da Am, entre elas Márcio Basso/Thiago Marques e Giulio Borlenghi/Andrzej Lewandowski.

Entre as marcas, a Lamborghini lidera absoluta no pelotão, com uma dezena de Huracans, contra cinco Ferrari 488 GT3 e mais cinco Mercedes-AMG GT3, as três BMW M6 GT3 da Teo Martín e o solitário Audi R8 LMS da Optimum Motorsport.

No campeonato, a situação é a seguinte: Pier Guidi/Mac Jensen lideram com 30 pontos, seguidos de Jeroen Mul/Giovanni Venturini, que somam 24 pontos e Daniele Di Amato/Andrea Montermini, com 16. Na Pro-Am, o comando é de Miguel Ramos/Fabrizio Crestani com 16 pontos, enquanto as duplas Borlenghi/Lewandowski e Luis Silva/Antonio Coimbra dividem a dianteira na Am com sete pontos.

O blog terá o vídeo com o streaming de ambas as corridas do fim de semana. A prova #1 será às 16h30 locais – 11h30 de Brasília, com duração de 70 minutos e janela de box entre o minuto 28 e o minuto 42. Na prova #2, a largada acontece 14h15 locais, 9h15 de Brasília, para uma disputa de 60 minutos e janela de box aberta entre os minutos 24 e 36.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>