MENU

8 de maio de 2018 - 22:35IMSA Weather Tech SportsCar Championship

IMSA: Penske vence no regresso ao Endurance com Castroneves e Taylor

Acura-DPi-2018-IMSA-Mid-Ohio

Uma grande vitória para Hélio Castroneves, Ricky Taylor e o Acura Team Penske, no GP de Mid-Ohio, na pista da primeira vitória da equipe no extinto ALMS, nos anos 2000

RIO DE JANEIRO - Uma vitória emblemática: Hélio Castroneves e Ricky Taylor triunfaram na 4ª etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship, o GP de Mid-Ohio disputado no último domingo, em dobradinha do Acura Team Penske, já que Juan Pablo Montoya/Dane Cameron terminaram em segundo lugar no circuito de Lexington.

Triunfo merecido e justíssimo, que vinha sendo perseguido desde janeiro e começou a tomar forma em Sebring e também em Long Beach. Em provas díspares, o time do “Capitão” Roger Penske mostrou a força de sempre. E celebra seu primeiro sucesso na nova fase no Endurance 12 anos depois da primeira vitória da equipe com o Porsche RS Spyder, que durante algum tempo chegou a incomodar até os Audi R8 e R10 TDi.

Sem tomar conhecimento dos adversários, Castroneves e Taylor largaram da pole position, impuseram seu próprio ritmo e só foram parados pela quadriculada, fechando as 125 voltas percorridas com quase oito segundos e meio à frente dos colegas de equipe.

Este foi o primeiro triunfo de Castroneves nas provas longas após uma década – ele ganhou a Petit Le Mans em 2008 na LMP2, na época em que respondia a um processo por fraude fiscal nos EUA, do qual saiu absolvido – e também a primeira vez em que Ricky Taylor vence sem ser na equipe do pai Wayne. O “Metralha” também não ganhava nenhuma corrida desde a etapa de Detroit, no ano passado. A vitória fez os dois subirem para a 4ª colocação na tabela, com 98 pontos.

Com os Cadillac DPi-V.R fazendo papel de coadjuvantes por conta de mais uma limitação do BoP, principalmente numa pista mais técnica e sem muitas curvas ou retas velozes, os construtores japoneses fizeram a festa, pois além dos Acura, a Mazda conquistou seu primeiro pódio na temporada – um ótimo 3º posto de Oliver Jarvis/Tristan Nunez.

Aos então líderes João Barbosa e Filipe Albuquerque restou terminar em quarto, à frente de Jordan Taylor/Renger Van der Zande. O resultado foi suficiente para que os portugueses da AX Racing sigam no comando da classificação, com 119 pontos. Destaque também para o excelente sexto lugar dos sul-americanos Gustavo Yacamán/Sebastián Saavedra, a bordo do melhor LMP2 ao fim da disputa.

Felipe Nasr e Eric Curran não foram páreo desta vez e se conformaram em terminar a prova na 8ª posição, importante para o campeonato, pois a dupla está a 10 pontos dos líderes e com cinco de vantagem sobre Van der Zande/Taylor. A situação de Pipo Derani/Johannes Van Overbeek não foi muito melhor numa pista onde o Nissan Onroak DPi simplesmente não andou. O jeito foi salvar o nono lugar, mesma posição que o brasileiro ocupa no campeonato, com 89 pontos.

Na GTLM, a Porsche conquistou seu segundo triunfo no ano, numa pista em que o 911 RSR GTE ficou totalmente à vontade. Porém, não foi fácil. A diferença entre os vencedores Laurens Vanthoor/Earl Bamber e a BMW de Connor De Philippi/Alexander Sims foi de apenas 1″673, com ambos completando 118 voltas. Jan Magnussen/Antonio Garcia fecharam o pódio com três marcas diferentes nas três primeiras posições.

A Ford desta vez ficou com quarta e quinta colocações, o que ainda permitiu à dupla Ryan Briscoe/Richard Westbrook permanecer líder na classificação com 121 pontos, sete à frente de Vanthoor/Bamber e nove de avanço para Joey Hand/Dirk Müller.

E entre os GTD, o modelo Lexus RC-F conheceu também seu primeiro triunfo nos EUA, com o carro #14 de Dominik Baumann/Kyle Marcelli superando em luta titânica o Acura NSX-GT3 da Meyer Shank Racing guiado por Álvaro Parente/Katherine Legge. A diferença entre os dois bólidos de origem nipônica foi de apenas 0″191 ao cabo de 116 voltas.

Destaque para o “Angry Birds” vencedor das 12h de Sebring, que voltou ao pódio com Madison Snow e Bryan Sellers, na 3ª colocação da classe. O único Lamborghini Huracán da temporada regular está na liderança da classificação com 95 pontos em três corridas (a GTD não disputou a etapa de Long Beach), oito a mais que Legge/Parente e quinze adiante de Jeroen Bleekemolen e Ben Keating.

A 5ª etapa da temporada é o GP de Detroit, prova de tiro curtíssimo – apenas 1h40min no circuito Belle Isle Park. Nessa prova, apenas as classes Prototype e GTD estarão presentes, porque os times oficiais de Ford, Porsche e Corvette já estarão com todos os seus equipamentos em Le Mans, para o Journée Test das 24 Horas, marcado para 3 de junho próximo.

Acompanhe tudo do GP de Mid-Ohio nos vídeos abaixo.

4 comentários

  1. Carlos Eduardo Nogueira disse:

    Me lembro de temporada ainda da AMLS em que a Porsche RS Spyder foi campeã na P2 e a Audi na P1. Ao longo das 12 provas o porsche venceu 10 provas na geral e o audi apenas duas! Não havia título de campeão geral que teria sido da Penske. O porsche ganhava um segundo no box por precisar de menos combustível, era um pouco mais leve e menos potente!

  2. Luciano disse:

    Penske é Penske, amigo!!! A armada do Capitão Roger ganha a primeira e com direito a dobradinha… Tirando um BoP ou outro que avacalha, o Endurance da IMSA é muito mais disputado que o WEC e ao contrário do segundo, não há aquele favorito absoluto. Agora ganhou a Penske, mas a AX Racing já ganhou (Daytona e Long Beach), bem como a ESM do Pipo Derani em Sebring, isso sem falar da Mazda (que sob os cuidados da Joest está subindo), o time do Metralha-pai Wayne Taylor e a turma que corre com LMP-2 do regulamento do WEC… Todo mundo da Prototype tem chance de ganhar corrida, a depender da pista, estratégia, sorte, inspiração dos pilotos,etc… Enfim, tudo aquilo que pode fazer ganhar (ou perder) uma corrida… E as GTLM e GTD também estão disputadas. E quem gosta de corridas quer ver isso…

  3. Luiz disse:

    Beleza ver a felicidade do Helinho comemorando a vitoria como se fosse um principiante no automobilismo,

  4. Antonio Vidal disse:

    Grande Helinho….excelente Helinho….torço por ele pra ca…..fera….feríssima.!!!!
    E o MITO volta a vencer…maravilha PORSCHE…sensacional. Estamos competitivos para “o mais longo dos dias”….força PORSCHE….força PORSCHEEEEEE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>