MENU

24 de maio de 2018 - 16:20Pirelli World Challenge

PWC: Morad e Parente ganham em Mosport

RIO DE JANEIRO - Quinto evento da temporada 2018 do Pirelli World Challenge, a etapa de Mosport, no Canadá, foi a terceira em formato Sprint, com provas de 50 minutos de duração e rodada dupla. E a categoria não vive um bom momento no que se refere à divisão principal, das classes GT/GTA/GT Cup.

Foram apenas dez os carros que se apresentaram para a corrida, sendo que nenhum deles foi da GT Cup e a GTA, para os pilotos de graduação inferior, tinha quatro participantes. Os treinos foram realizados com pista molhada e chuva. Pole position para Daniel Morad, com o tempo de 1’29″331, dois décimos mais rápido que Scott Hargrove, líder do campeonato.

E o piloto da CRP Racing venceu tranquilo a prova #1, apesar da intensa névoa na hora da largada, quatro segundos e meio à frente de Michael Christensen, com o Porsche GT3-R da Alegra Motorsports. Daniel Mancinelli fechou o pódio geral e na classe GTA, o vitorioso foi Parker Chase, com o Audi da TruSpeed, seguido por Martín Fuentes e Yuki Harata. O brasileiro Rodrigo Baptista, da K-PAX Racing, foi décimo (e último) na corrida, quarto na classe, uma volta atrás de Daniel Morad.

Mas na prova #2, com o grid determinado pela melhor volta cravada na primeira etapa da rodada, o panorama mudou e Rodrigo chegou não só ao melhor resultado do ano – foi 2º colocado – como também à primeira vitória na GTA, escudando o companheiro de equipe Álvaro Parente, que viveu inúmeros dissabores nesse início de campeonato e jamais baixou os braços. O português mostrou competência e venceu pela primeira vez em 2018 com três segundos de vantagem para Baptista.

Toni Vilander fechou o pódio com a Ferrari da R.Ferri Motorsport, com Michael Christensen emq quarto e Daniel Morad no top 5. Scott Hargrove completou a disputa com o 6º posto e segue líder da classificação geral com 188 pontos, seis à frente de Vilander e dezessete adiante de Morad. Rodrigo Baptista é o quinto, com 149.

Na pontuação das rodadas Sprint, Hargrove tem oito pontos de vantagem para Toni Vilander (104 a 96), enquanto Baptista é o vice-líder da GTA, com uma vitória e os mesmos 105 pontos de Yuki Harata, enquanto Martín Fuentes lidera com 119.

As provas das classes GTS/GTSA foram também disputadas no último fim de semana no Canadian Tire Motorsports Park, com a presença de 23 carros. Lawson Aschenbach triunfou duas vezes com o Camaro da Blackdog Speed Shop e somou mais 50 pontos na tabela. Mas não foi suficiente para destronar James Sofronas da ponta do campeonato. O piloto da GMG Racing foi quarto colocado em ambas as provas e a diferença entre eles é de 12 pontos – 169 a 157.

Na GTSA, ganharam Mark Klenin com o McLaren 570S GT4 na prova #1 e Drew Staveley, com o Ginetta da Ian Lacy Racing, na prova #2.

O campeonato vai para a terceira rodada SprintX agora no último fim de semana de maio, na pista de Lime Rock Park, em Connecticut. A lista de entradas aponta apenas 13 carros das classes GT/GTC, trinta e cinco da GTS/GTSA e quarenta das subclasses TC/TCR/TCA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>