MENU

25 de junho de 2018 - 14:14Automobilismo Internacional

Demolidor elétrico

Dumas

Dumas em busca do recorde: aos 40 anos, o francês ganhou pela quarta vez em Pikes Peak e quebrou a marca histórica de Sébastien Loeb com um protótipo elétrico da Volkswagen

RIO DE JANEIRO - Tricampeão da lendária subida de montanha Pikes Peak International Hill Climb, disputada no Colorado (EUA), o versátil francês Romain Dumas colocou seu nome definitivamente na história do evento, hoje disputado em asfalto – totalmente diferente do que existia no passado, quando as vedetes eram carros de Rali super anabolizados, com enormes aerofólios traseiros – lembro bem, por exemplo, de quando a lenda Walter Röhrl (ídolo de um certo Michael Schumacher) quebrou o recorde fazendo a subida em menos de 11 minutos, com um Audi Sport Quattro E2 invocadíssimo.

Pois bem: Dumas estava neste fim de semana em Pikes Peak para mais uma missão. Não só chegar ao quarto triunfo como buscar o recorde de tempo na subida, que pertencia a Sébastien Loeb – 8’13″878. O piloto de 40 anos havia alcançado um tempo relativamente próximo em 2016, na casa de 8’51″, com um protótipo Norma. Mas dessa vez, a bordo do Volkswagen I.D. R., modelo de protótipo com propulsão elétrica desenvolvido especialmente para este evento, fez questão de trucidar a marca de Loeb.

Com 7’57″148, o francês melhorou o tempo do compatriota em mais de 15 segundos – o que é incrível, haja visto que o protótipo I.D. R tem peso superior a mil quilos e potência estimada em 680 cavalos, distribuída pelos dois eixos, cada um com um motor elétrico proporcionando a propulsão necessária. O torque do Volkswagen elétrico é de 66.221 kgf/m.

Foram 73 os competidores, dos quais 54 conseguiram terminar o percurso até o ponto culminante, quase 4 mil metros acima do nível do mar. E dentre os que terminaram, um brasileiro acostumado a desafios.

Raphael Paschoalin, que já disputou inclusive o Tourist Trophy da Ilha de Man, fez a subida de Pikes Peak com uma motocicleta Yamaha ano 2017. E conseguiu não só o segundo melhor tempo em sua categoria como também o 27º lugar geral, duas posições atrás de Travis Pastrana, que estava em quatro rodas. Com a marca de 10’38″380, Paschoalin superou pilotos de Fórmula Indy (J.R. Hildebrand), Nascar (Mike Skeen) e Endurance (Vanina Ickx). E também o ex-jogador de Beisebol C.J. Wilson, que a exemplo de Pastrana apresentou-se para a competição com um Porsche Cayman GT4 Clubsport.

9 comentários

  1. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Bota para correr em Le Mans, se puder.

  2. HAMZI MOHAMAD BARAKAT disse:

    A volkswagem precisando limpar o nome depois do diesel gate. bom para pikes peek

  3. OZZMAIR disse:

    Queria ver o Loeb nesse carro.

  4. Gustavo disse:

    Assustador, definitivamente assustador.

    Não sou exatamente um fã de carros elétricos, sejam os puros ou os híbridos, na medida em que considero os carros movidos a ar comprimido, e seus híbridos, mais “sensatos” para realidades como a brasileira. Mas é assustador ver o que um carro elétrico pode fazer, em termos de desempenho puro, como esse resultado obtido pelo Romain Dumas e seu Volkswagen.

    Sinal dos tempos.

  5. Luciano disse:

    Chocante!!!!!
    Como o carro elétrico não sofre dos males da altitude como um carro com motor a combustão, o danado não perde performance a medida que vai “escalando” o morro…
    A VW fez um belo carro, que até merece uma vaga para correr em Le Mans (via Garage 56). E não me assustarei se em futuro não muito distante tivermos mais competições com carros elétricos, sejam exclusivas destes ou eles se digladiando com os tradicionais movidos a combustão…

  6. ags disse:

    carro muito bonito..
    deve ter um puta som do motor..esguelando essas curvas e uma subida bruta

  7. Felipe Fugazi disse:

    …Pegando carona na conversa…

    Fico pensando em como seria ver esse bichinho em Le Mans na garagem 56.
    Mas daí eu penso que o rendimento seria totalmente diferente.
    Porque em Pikes Peak a prova por mais doida, insana e extrema que seja… é curta.
    O brinquedo pode ser ajustado no Modo Phoda-se.
    Já nas 24 Horas ele teria de percorrer alguns milhares de Kilometros.
    Mal comparando é só ver na F-E.
    São tristemente lentos.
    Porque tem uma cota de distância a percorrer.

    Mas que seria ver esse brinquedo em Le Mans… seria.

  8. ags disse:

    isso é um Fusca????????

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>