MENU

19 de junho de 2018 - 18:4424 Horas de Le Mans

Os 10 maiores Porsches de Le Mans, na opinião dos leitores – Resultado final

RIO DE JANEIRO - Os leitores do blog vieram aqui nos dias que antecederam as 24h de Le Mans e escolheram dentre os seus favoritos o top 10 dos modelos da Porsche que fizeram história em La Sarthe. Foi uma escolha equilibrada e vários modelos – inclusive alguns com a mesma sigla – foram escolhidos, mas como houve um critério bem específico de acordo com a preferência geral, então vou respeitar o que vocês quiseram.

E deu empate! Aliás, vários. Vamos do décimo aos primeiros, portanto:

10º lugar, com 5 votos
Porsche 956 New Man (1984/85)

389e8eff6a2cef338ed918b157158119

Esse carro foi escolhido por ter sido bicampeão das 24h de Le Mans entre os anos 1984/85, com cinco votos dos leitores. O modelo 956 já estava defasado e substituido pelo 962 na equipe oficial de fábrica. Mas mesmo assim o alemão Reinhold Joest conquistou duas vitórias como dono de equipe antes do TWR-Porsche e da associação histórica e não menos vitoriosa com a Audi. Klaus Ludwig esteve presente nos dois triunfos e a lenda Henri Pescarolo faturou a última de suas quatro vitórias na prova em 1984, com a Joest Racing.

9º lugar, com 5 votos
Porsche 917 K Martini International (1971)

1971_martini-racing_porsche917

Lenda do Endurance e das 24h de Le Mans, o nono colocado na eleição, também com cinco votos, é um carro campeoníssimo em La Sarthe. Foi o bólido do primeiro bicampeonato da casa de Stuttgart, inscrito pela equipe Martini International Racing Team para Helmut Marko e Gijs Van Lennep. Com ele, os dois pilotos quebraram o recorde absoluto da distância percorrida – superior a 5.335 km – bem como registraram uma média horária de 222,304 km/h que demoraria quase quatro décadas para ser batida.

8º lugar, com 6 votos
Porsche 919 Hybrid (2017)

no-2-porsche-919-hybrid-lmp1-at-the-2017-24-hours-of-le-mans_100610520_h

O carro da 19ª e até aqui última vitória da marca nas 24h de Le Mans não ficaria mesmo de fora. Com Timo Bernhard, Brendon Hartley e Earl Bamber recuperando do 57º lugar após uma falha mecânica, descontaram furiosamente a diferença em relação ao protótipo LMP2 da Jackie Chan DC Racing que assumira a ponta após a quebra do outro Porsche. Uma vitória épica, histórica e ainda celebrada pelos fãs.

7º lugar, com 6 votos
Porsche 917 Gulf John Wyer (1970/1971)

a2a38a1335c4a507ae87ba9bf810256f

Outra lenda de Le Mans é o protótipo 917 nas cores vivas e inesquecíveis da Gulf John Wyer Racing. Pena que teve vida curta, com o auge nos anos de 1970 e 1971, sendo uma das estrelas do filme “Le Mans”, de Steve McQueen. Ganhou seis votos.

6º lugar, com 7 votos
Porsche 917 Langheck (1970)

photo_biography_381_600x444

Esse foi uma vedete da prova de 1970: o Porsche 917 com a configuração “Langheck” (traseira longa, em alemão), que deu à marca a pole position, com a dupla formada por Vic Elford/Kurt Ahrens. Mas a dupla acabaria abandonando a disputa por volta da 18ª hora, com falha mecânica. Um carro idêntico da Martini International, com uma espetacular pintura psicodélica, chegaria em 2º com Gérard Larrousse e Willi Kauhsen.

5º lugar, com 7 votos
Porsche 917 Kurzheck (1970)

porsche-917-lemans-1971_1140_684_75_s@1x

A equipe Porsche Konstruktionen-Salzburg tinha dois carros na edição das 24h de Le Mans em 1970. Além do #25 que quebrou, havia o #23 de traseira curta (Kurzheck) inscrito para Dick Attwood/Hans Hermann, que nem de longe estava incluído entre os favoritos. Pois a dupla e o carro sobreviveram e conquistaram a vitória naquela oportunidade. O 917 Kurzheck recebeu sete votos dos leitores.

4º lugar, com 9 votos
Porsche 962 (1985/1991)

porsche-956

Esse foi sem dúvida o modelo de maior popularidade e sucesso da história da Porsche nas pistas. Podia tanto ser alinhado por clientes quanto pelo time oficial que corria primeiro com as cores da Rothmans e depois com as da Shell e Dunlop, no ano em que a Porsche AG se retirou com o time oficial. O bólido seguiu acelerando até 1991 e ganharia uma versão “de rua”, quando Jochen Dauer leu o regulamento nas entrelinhas e alinhou um GTP construído com o visual do 962C, com o qual venceria em 1994. Apesar do tamanho sucesso, o 962 só venceu em La Sarthe duas vezes.

3º lugar, com 16 votos
Porsche 919 Hybrid (2014/16)

mark-webber-porsche-team-porsche-919-hybrid-24-hours-of-le-mans-2015-wallpaper-111630

O carro que marcou a volta da Porsche à elite do Endurance termina a votação com o terceiro lugar e um expressivo número de escolhas dos leitores – foram 16 votos. Com um compacto motor V4 turbo de 2 litros de cilindrada cúbica e sistemas híbridos, este 919 fez história ganhando em Le Mans na segunda tentativa e depois em 2016, quando no momento certo e na hora certa, roubou a vitória que se avizinhava líquida e certa para a Toyota.

2º lugar, com 17 votos
Porsche 956 (1982/1985)

porsche-956-le-mans-2

Sucessor do 936/81, o 956 foi o primeiro protótipo Porsche de construção fechada em La Sarthe desde o 917 nos anos 1970. Além de competitivo, foi vencedor de cinco provas em La Sarthe – duas delas com a Joest Racing (já citadas aqui) e outras três pelo time oficial. Foi com este carro que Jacky Ickx ultrapassou e superou o recorde de vitórias que pertencia ao compatriota Olivier Gendebien.

1º lugar, com 17 votos
Porsche 911 GT1-98 (1998)

M11_2531_fine

Evolução do Porsche 911 GT1 que disputou o FIA GT e as 24h de Le Mans em 1997, o modelo 911 GT1-98 conquistou as 24h de Le Mans há 20 anos, naquela que por muito tempo foi a última vitória dos germânicos em La Sarthe. O carro não foi bem no FIA GT por conta das restrições de regulamento e principalmente quanto a performance dos pneus, mas em La Sarthe a história foi diferente. As 24h de Le Mans não faziam parte de nenhuma categoria naquela época e por isso o carro foi dominante e rápido, chegando a 330 km/h no retão Les Hunaudières. Não é difícil então entender porque venceu a eleição junto ao 956.

13 comentários

  1. Luis Eduardo Petry disse:

    Difícil escolha. Um carro mais fantástico que outro. Parabéns Rodrigo pelo excelente gosto da postagem . Sem palavras.

  2. Marc Arnoldi disse:

    Bela seleção. Faltou o carro que mais deu vitórias à Porsche en Le Mans: o 911 (,em todas suas versões, incluindo o 4×4 e movido a etanol), que aumentou ainda em duas unidades neste fim de semana. Reflexo provavelmente da superioridade da vitória na geral em relação às categorias, as GT em particular (na LMP2, o RS Spyder também podia ter sido lembrado). Digo isto porque o vencedor, o GT 1 não era, como todo mundo sabe, um GT mas sim um protótipo com carroceria que “lembrava”. Exatamente a definição da categoria principal a partir de 2020.

  3. Rudolfo E. Rieth disse:

    Seeeeeeeeensacional Rodrigo. Meu escolhido, sem dúvidas, é o 911 GT 1 – 98, Este carro é o destaque no Museu da Porsche. Parabéns pela matéria. Jornalismo puro. Um grande abraço amigo.

  4. Lucas disse:

    Rodrigo, esse 911 GT1 98 devia alguma coisa em termos de performance para seus rivais da época, como o Toyota GT-one, Mercedes CLK-GTR e Nissan R390 GT1?

  5. OZZMAIR disse:

    Bem que a Porsche poderia ter segurado o 919 mais um aninho antes de sair do WEC , comemoraria os 70 anos tentando ganhar mais uma em Le Mans e depois sairia , massss , paciência.

  6. Pedro Ribeiro disse:

    Pra mim, até hoje a definição de protótipos de Endurance foi definida pelos carros do Grupo C, os Porsches 965 e 962 são os exemplos perfeitos dessa categoria.

  7. Bruno Serafim disse:

    No geral até concordo com a lista, com uma exceção ou outra. Uma pena que o 935/78 Moby Dick tenha ficado de fora.

  8. Luciano disse:

    Para mim, lista impecável!!! Se desse, caberia uma menção honrosa ao 935/77 que trio brazuca Paulão Gomes/Guaraná Menezes/Marinho Amaral que conseguiram chegar em 8º lugar na classificação geral nas 24 Horas de Le Mans de 1978.

  9. Gabriel Medina, O outro disse:

    Entendi nada. Uma penca de carros que, no final das contas, são o mesmo, e avitória com o que teve menos glórias em pista. Lembrando que o 919 teve a versão de 2014 e a de 2015 foi até o ano passado.

  10. Antonio Vidal disse:

    Todos….sem exceção: IMBATÍVEIS, INSUPERÁVEIS!

  11. Jose Carlos Pereira disse:

    Gostei da seleção, mas como todas sempre tem divergências. No meu entender faltou o Porsche 936 de 1977 que derrotou o poderoso esquadrão da Renault.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>