MENU

24 de julho de 2018 - 00:3624 Horas de Le Mans, Automobilismo Internacional

Dave Maraj, 65

header47

RIO DE JANEIRO - O automobilismo dos EUA sofreu uma perda enorme neste fim de semana: morreu no último sábado, em decorrência de um acidente de barco na Flórida, o antigo chefe e dono de equipe da extinta American Le Mans Series e também nas 24h de Le Mans Dave Maraj. Ele tinha 65 anos.

Nascido em Trinidad e Tobago, estabeleceu-se como um dos mais bem sucedidos donos de equipe da história das competições de Endurance na América do Norte. Primeiro, começou como concessionário Porsche e depois passou a revender modelos Aud, ainda com o nome de Champion Motors. Nas pistas, o início foi no Pirelli World Challenge, alinhando os modelos Audi S4 e S6. Ali, já era conhecido o novo nome da organização: Champion Racing.

Não obstante, alcançaram muito sucesso no ALMS, alinhando primeiro o Porsche 911 GT1-98 e o protótipo Lola B2K/10, antes deste ser trocado pelo Audi R8 LMS, um dos mais vitoriosos modelos do Endurance mundial.

A Champion Racing não só conquistou todos os títulos da classe LMP1 entre 2004 e 2008, primeiro com o status de time cliente e depois fazendo o running do icônico Audi R10 TDi, como também – suprema glória – as 24h de Le Mans de 2005 com a trinca JJ Lehto/Marco Werner/Tom Kristensen, que não tinham o melhor equipamento naquela oportunidade, mas o carro tinha pedigree e história de campeão.

Assim como Dave Maraj, cuja organização venceu 51 vezes na geral em 170 corridas (foram 53 vitórias em classes), conquistando 82 pódios, quase 50% do total. Dessa somatória, é claro, fazem parte o triunfo em La Sarthe e nas 12h de Sebring e Petit Le Mans (seis vezes).

“Todos nós da IMSA estamos tristes e chocados com a notícia do falecimento de Dave Maraj”, comentou em nota o CEO da IMSA, Scott Atherton.

“Como proprietário de uma equipe na American Le Mans Series, Dave e a sua organização Champion Racing foram um exemplo de profissionalismo e excelência, como atestam os cinco títulos na série e a vitória nas 24 Horas de Le Mans.”

“Dave foi um tremendo competidor e um grande amigo de todos no paddock durante o tempo em que esteve no esporte. Nossos pensamentos e orações vão para a família e para os amigos de Dave e todos os seus parceiros na Champion Motors”, assentiu Atherton no comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>