MENU

24 de julho de 2018 - 00:13European Le Mans Series

G-Drive emplaca mais uma no ELMS

elms-2018-rbr-finish-order-01

A G-Drive virou a página da desclassificação em Le Mans e venceu mais uma no ELMS (Foto: David Lord)

RIO DE JANEIRO - Nada como uma vitória para apagar as mágoas da desclassificação nas 24h de Le Mans: a G-Drive Racing voltou a fazer um bom papel e venceu no domingo a 3ª etapa do European Le Mans Series, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg. Mais uma vez, o trio Andrea Pizzitola/Roman Rusinov/Jean-Éric Vergne foi dominante e venceu a corrida que terminou no total de 160 voltas completadas.

Teria sido mais uma corrida de domínio dos chassis Oreca, que na pista terminaram nas três primeiras posições. Porém, o #29 da Duqueine Engineering tripulado por Nico Jamin/Pierre Ragues/Nelson Panciatici foi excluído do 2º lugar final por irregularidades no combustível do carro da equipe francesa. Isto fez a trinca Norman Nato/Olivier Pla/Paul Petit assumir a posição dos rivais e os pontos do terceiro posto foram transferidos para Phil Hanson/Filipe Albuquerque.

Pole position nos treinos classificatórios, a IDEC Sport conquistou a quarta posição com a desclassificação da Duqueine e só os quatro primeiros completaram 160 voltas. A DragonSpeed obteve um bom quinto posto, seguida pela APR-Rebellion Racing (na melhor prova do carro #31 em todo o ano) e pelo Dallara P217 da SMP Racing. A Cetilar Villorba Corse, do brasileiro Felipe Nasr e seus parceiros italianos Roberto Lacorte e Giorgio Sernagiotto faturou somente a 11ª colocação, com duas voltas de atraso.

Com as duas vitórias seguidas na temporada, Pizzitola e Rusinov assumem a liderança do campeonato com 62 pontos, nove à frente de Pla/Nato/Petit. A trinca da TDS Racing formada por Loïc Duval/Matthieu Vaxivière/François Perrodo coloca um ponto final em sua aventura no ELMS, já que após Silverstone o protótipo do time de Xavier Combet será despachado para as duas provas do WEC no Oriente (Fuji e Xangai), com o 3º lugar na tabela, somando 38 pontos.

elms-2018-rbr-finish-order-18

A RLR Msport ganhou mais uma na subclasse LMP3

Na LMP3, outra trinca chegou à segunda vitória em três provas: John Farano/Rob Garofall/Job Van Uitert levaram o carro #15 da RLR Msport ao 18º posto geral, completando 148 voltas com cinco segundos para o carro #7 da Ecurie Ecosse/Nielsen guiado por Christian Stubbe-Olsen/Alex Kapadia/Colin Noble. A dupla formada por Martin Hippe/Kuba Smiechowski levou o último lugar do pódio na corrida da Áustria.

A classificação do campeonato aponta para a liderança dos vencedores das 4h do Red Bull Ring: o trio soma 50,5 pontos contra 46 de Giorgio Mondini/Kay Van Berlo, que terminaram em 7º lugar após uma punição de 25 segundos – que basicamente pouco acrescentaria ao resultado de pista dos pilotos da Eurointernational. A terceira posição é de Hippe/Smiechowski, com 35.

Apesar do baixo quorum da classe LMGTE, há equilíbrio e a categoria é a única com vencedores diferentes em todas as provas. A Proton Competition foi a vitoriosa da vez com o Porsche #88 guiado pelos italianos Gianluca e Giorgio Roda Jr., além de Matteo Cairoli. Eles terminaram a disputa em 24º lugar na geral, uma volta à frente da Ferrari da Spirit of Race conduzida por Duncan Russell Cameron/Matt Griffin/Aaron Scott. A Ebimotors fez mais um pódio, com Bret Curtis dividindo o carro #80 com Riccardo Pera e Fabio Babini.

Os 25 pontos somados nesta etapa deram à trinca do #88 a liderança no campeonato: eles têm 54 pontos contra 46 de Babini e Pera. A trinca Scott/Griffin/Cameron está em 3º na pontuação com 43. Líder com 38 pontos até antes da corrida austríaca, a trinca da JMW Motorsport deixou a disputa com pouco mais de uma hora percorrida.

A próxima etapa será na preliminar do FIA WEC em Silverstone, no dia 18 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>