MENU

27 de julho de 2018 - 16:22Automobilismo Internacional

SRO revela calendários e mudanças para 2019

unnamed-213

RIO DE JANEIRO - Em sua tradicional coletiva de imprensa realizada às vésperas das 24h de Spa-Francorchamps, a Stéphane Ratel Organisation (SRO) revelou mudanças e os calendários de (quase) todas as categorias que são organizadas pela empresa francesa para a próxima temporada.

Entre os muitos gráficos apresentados durante o evento, a SRO preparou um, semelhante a uma pirâmide, medindo o grau de importância de cada competição. O Intercontinental GT Challenge está no topo, junto ao FIA GT World Series e às series Blancpain. Surpresa é ver o Pirelli World Challenge alguns degraus acima do ultracompetitivo British GT, que a SRO já organiza há anos.

É que, na avaliação dos organizadores, em primeiro lugar estão as marcas e por isso o IGTC e a Copa do Mundo de Grã-Turismo têm mais destaque. Depois, as equipes – e o foco está nas séries europeias Blancpain e também no PWC. Aí vêm os campeonatos em que os pilotos têm maior importância e é por isso que o British GT está num patamar, digamos, inferior.

A se lamentar, num dos gráficos, a ausência total da SRO no continente sul-americano – e é melhor neste momento que o blog não se alongue nesta questão.

Vida que segue, os calendários para 2019 foram anunciados.

Intercontinental GT Challenge

A série global de provas longas de Grã-Turismo terá uma data a mais no próximo ano. O circuito sul-africano de Kyalami, há décadas ausente do automobilismo internacional, receberá a última de um total de cinco etapas, com uma corrida de nove horas de duração. As 8h da Califórnia, que fecham o IGTC neste ano serão “movidas” para março ou abril, em data a se confirmar. As 24h de Spa seguem no fim de julho e as 10h de Suzuka, que têm tudo para ter um excelente grid neste ano, serão em agosto.

O IGTC oferecerá títulos de marcas e pilotos nas classes Pro e Am.

2/3 de fevereiro – 12h de Bathurst (Austrália)
Março ou abril – 8h da Califórnia (EUA)
27/28 de julho – 24h de Spa-Francorchamps (Bélgica)
24/25 de agosto – 10h de Suzuka (Japão)
2/3 de novembro – 9h de Kyalami (África do Sul)

Blancpain GT Series

A joia da coroa da Stéphane Ratel Organisation vai para mais um campeonato de 10 datas dividido irmãmente em competições Sprint – com duração de 60 minutos – e Endurance, com provas de três horas, 1000 km e 24 horas. Zolder fica fora na próxima temporada, entrando o Red Bull Ring. As provas Sprint serão limitadas a um grid de 26 carros por prova.

As classes continuam as mesmas: Pro, Pro-Am, Silver e Am.

13/14 de março – Testes coletivos em Paul Ricard (França)
13/14 de abril – 3h de Monza (Endurance)
4/5 de maio – Brands Hatch (Sprint)
11/12 de maio – 3h de Silverstone (Endurance)
25/26 de maio – Red Bull Ring (Sprint)
1º/2 de junho – 1000 km de Paul Ricard (Endurance)
29/30 de junho – Misano (Sprint)
2 de julho – Testes coletivos em Spa-Francorchamps (Bélgica)
27/28 de julho – 24h de Spa (Endurance)
31 de agosto/1º de setembro – Nürburgring (Sprint)
7/8 de setembro – Budapeste (Sprint)
28/29 de setembro – 3h de Barcelona (Endurance)

Blancpain GT Sports Club

O calendário de provas da categoria reservada a pilotos diletantes estará reduzido a apenas cinco eventos em 2019. As corridas deste ano tiveram pouca presença de participantes.

13/14 de abril – Monza (Itália)
1º/2 de junho – Paul Ricard (França)
20/21 de julho – Spa-Francorchamps (Bélgica)
31 de agosto/1º de setembro – Nürburgring (Alemanha)
28/29 de setembro – Barcelona (Espanha)

British GT Championship

O campeonato britânico terá sete datas e o formato das corridas ainda não foi definido. Há datas com duas provas por fim de semana, eventos de 2h de duração e 500 km.

20/21 de abril – Oulton Park
18/19 de maio – Snetterton
8/9 de junho – Silverstone
22/23 de junho – a definir
20/21 de julho – Spa-Francorchamps (Bélgica)
3/4 de agosto – Brands Hatch
21/22 de setembro – Donington Park

Blancpain GT Series Asia

A competição seguirá em 2019 com seis datas, mas com cinco países no calendário. Entra a Coreia do Sul com a pista de Yeongnam, aquela que um dia recebeu provas de Fórmula 1, no lugar do circuito de Ningbo, na China. A organização avisa que será obrigatória a presença de pelo menos um piloto com passaporte asiático por carro inscrito.

6/7 de abril – Sepang (Malásia)
11/12 de maio – Buriram International (Tailândia)
22/23 de junho – Suzuka (Japão)
6/7 de julho – Fuji Speedway (Japão)
3/4 de agosto – Yeongnam (Coreia do Sul)
Novembro – Xangai (China)

Pirelli World Challenge

A competição dos EUA agora faz parte do portfólio de atrações da SRO, com novidades para 2019. Alain Adam passa a ser o diretor oficial de provas também no PWC e a categoria passa a ter menos provas – sete no total – mas com duração de 90 minutos, troca de pilotos e reabastecimento.

Março – COTA (Austin)
27/28 de abril – VIR (Alton)
18/19 de maio – CTMP (Canadá)
8/9 de junho – Sonoma
31 de agosto/1º de setembro – Watkins Glen
21/22 de setembro – Road America (Elkhart Lake)
5/6 de outubro – Final (Pista a definir)

GT4 European Series

A competição de Grã-Turismo europeia dos carros GT4 foi estendida para a próxima temporada. Serão sete datas no ano que vem, todas em conjunto com provas do Blancpain GT ou do British GT. Duas serão no formato Endurance, em Paul Ricard e Spa-Francorchamps.

13/14 de abril – Monza (Itália)
4/5 de maio – Brands Hatch (Inglaterra)
1º/2 de junho – Paul Ricard (França)
29/30 de junho – Misano (Itália)
20/21 de julho – Spa-Francorchamps (Bélgica)
31 de agosto/1º de setembro – Nürburgring (Alemanha)
28/29 de setembro – Barcelona (Espanha)

GT4 French Series

O campeonato francês terá seis datas, com a inclusão de Spa-Francorchamps – a exemplo do que já aconteceu neste ano. O circuito de rua de Pau é novamente uma das atrações.

20/21 de abril – Nogaro
18/19 de maio – Pau
13/14 de julho – Lédenon
27/28 de julho – Spa-Francorchamps (Bélgica)
7/8 de setembro – Magny-Cours
12/13 de outubro – Paul Ricard

GTS Pirelli World Challenge

A subclasse GTS do Pirelli World Challenge terá calendário próprio na próxima temporada e provas com 50 minutos de duração. Alguns eventos serão compartilhados com as provas da classe GT.

9/10 de março – St. Pete
27/28 de abril – VIR (Alton)
18/19 de maio – CTMP (Canadá)
8/9 de junho – Sonoma
13/14 de julho – Portland
30 agosto/1º setembro – Watkins Glen
21/22 de setembro – Road America (Elkhart Lake)
5/6 de outubro – Final (Pista a definir)

GT4 America

Nova competição regional de Grã-Turismo sob a égide da SRO nos EUA, a GT4 America será dividida em duas séries – Oeste e Leste – com uma finalíssima em outubro.

9/10 de março – St. Pete (Leste)
6/7 de abril – Palm Springs (Oeste)
27/28 de abril – VIR (Leste)
Maio – Califórnia (Oeste)
18/19 de maio – CTMP (Leste)
13/14 de julho – Portland (Oeste)
30 de agosto/1º de setembro – Watkins Glen (Leste)
21/22 de setembro – Road America (Leste)
5/6 de outubro – Final (Pista a definir)

GT2

A surpresa da coletiva de imprensa foi a apresentação de uma nova categoria de conceito ainda confuso – é a GT2, criada com o objetivo de preencher a lacuna de preço e desempenho entre os atuais GT3 e GT4. Eu não entendi nada: a GT2, pra mim, sempre foi superior a todas essas divisões de Grã-Turismo. Será reservada aos “verdadeiros supercarros” – alguém se habilita a elencar quais?

De acordo com a premissa do regulamento, os carros terão menos aderência e desenvolvimento aerodinâmico. Tampouco serão mexidos na potência e no câmbio. Ou seja: vão para a pista sem restrições, do jeito que seriam oferecidos ao público consumidor – se foi exatamente isso que eu entendi…

No próximo ano, a GT2 terá um evento específico de lançamento, em data e local ainda não definidos e fará parte do Blancpain GT Sports Club e do British GT Championship, direcionada apenas a pilotos da classe Am, de graduação inferior.

Em 2020, a nova categoria poderá ser estendida para as séries Blancpain Sprint e Endurance, bem como o Blancpain GT Series Asia e o PWC. “Tenho certeza de que até três modelos serão apresentados para corridas até o ano que vem”, crê o esperançoso Ratel.

Outras categorias

Será criado em 2019 o GT4 Germany Championship, numa parceria entre a SRO e o ADAC, que possui já um excelente campeonato de GT3, um dos melhores da Europa. Também está nos planos a GT4 Asia Series, com a categoria desmembrada do Blancpain GT Series Asia nos moldes atuais, somente para pilotos de graduação Am, nascidos e residentes no continente asiático.

As datas do FIA GT World Cup e do FIA GT Nations Cup, que neste ano acontecerão nos circuitos da Guia (Macau) e de Sakhir (Bahrein) serão sancionadas pela FIA e posteriormente divulgadas após uma reunião do Conselho Mundial da entidade, que deve ratificar os calendários dos eventos automobilísticos internacionais de 2019.

1 comentário

  1. ags disse:

    Putis… aqui no pais da alegria;;;;só istoki bolha e caminhão…tem algo errado só pode;;
    Para que fazem reformas milhonas em circuitos se em breve irão virar condominios…
    Onde anda o interese das montadoras em fazer de corridas um laboratório…
    Onde ta errado?..
    Um sujeito é pego com 52 milhoes em um apto destinado para guardar as malas..
    O outro compra joias de 800 mil reais na grana e compra um par de brincos para a gostosa de uma adv vagaba..e nada acontece..
    Melhor era arrendar o pais para o Chinas..em 20 anos iriamos ser uma potencia e eu com 50 anos e aposentado..
    Aqui náo há nada que vá mudar as coisas.. tamo na lama..mesmo……………………..
    Desculpe Sr Mattar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>