MENU

17 de agosto de 2018 - 13:03Mundial de Endurance

1º de fevereiro de 2020: Brasil volta ao calendário do WEC

DkyqDkiXgAEXwD8

RIO DE JANEIRO - Notícia quente: o Brasil foi enfim confirmado no calendário bienal do Mundial de Endurance (FIA WEC) da temporada 2019/20 da competição. As 6h de São Paulo estão marcadas para 1º de fevereiro de 2020, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. Será a quinta etapa do campeonato bienal.

O retorno do país após mais de cinco anos ausente – a última prova foi a etapa que encerrou a temporada de 2014 – não é a única novidade no calendário que terá oito etapas. O Bahrein também regressa, e com uma corrida de oito horas de duração.

Por falar nisso, a novidade é que o WEC traz duas corridas com duração de quatro horas – formato já adotado no Asian Le Mans Series e no European Le Mans Series. O evento de abertura em Silverstone e a corrida de Xangai terão esse formato.

Assim, o Mundial de Endurance 2019/20 tem quatro propostas diferentes de disputa – duas etapas com quatro horas de percurso, três com seis, uma com oito, outra com 1000 Milhas (tempo máximo de 8h) e as 24 Horas de Le Mans, fechando o calendário em 13 e 14 de junho, conforme a imagem acima.

O calendário será submetido à apreciação e aprovação do Conselho Mundial da FIA.

“A confirmação da data da nossa corrida em Interlagos é uma notícia à ser comemorada por todos. Agora, temos uma linha de chegada definida para entregarmos um grande evento. A nossa equipe já vem trabalhando, desde o ano passado, para fazer a melhor festa não apenas para o fã de automobilismo, como para toda a família. Estamos todos muito animados e felizes por ver o nome do Brasil de volta ao calendário do FIA WEC”, comentou o CEO da N/Duduch Motorsports, Nicholas Duduch, organizador da corrida.

“Tem sido uma longa e celebrada história entre o Brasil e o motorsport, e o WEC está lisonjeado em retornar ao Autódromo José Carlos Pace entre os dias 31 de janeiro e 1 de fevereiro de 2020. O paddock e todos os competidores estão felizes que o WEC estará de volta ao Brasil e estamos ansiosos para encontrar os fãs brasileiros apaixonados pelas 6 Horas de São Paulo”, ressalta o CEO do WEC, Gérard Neveu.

“O retorno para a América do Sul é uma boa notícia particularmente para os pilotos Bruno Senna, Augusto Farfus, André Negrão e José Maria Lopez que estarão defendendo as cores de suas bandeiras e a honra da América do Sul. Nós estamos muito felizes em estar de volta e agradecemos a Cidade de São Paulo, São Paulo Turismo, o Autódromo de Interlagos e Nicholas Duduch e sua equipe por fazerem acontecer este evento”, complementou.

4 comentários

  1. Gabriel Medina, O outro disse:

    Nessa corrida aqui em sp o regulamento atual dos P1 ainda estará em vigor, certo?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Correto, Gabriel. O regulamento técnico da LMP1 seguirá igual em 2019/20. E a proposta dos Hypercars, embora tenha sido apresentada, ainda não foi aprovada.

  2. Jarno Saratt disse:

    Agora quero ver as equipes se prepararem para correr no calor escaldante de fevereiro, vai ser uma das principais dificuldades que os pilotos terão que enfrentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>