MENU

8 de agosto de 2018 - 16:31European Le Mans Series

ELMS: 42 carros para as 4h de Silverstone

pm-elms-2017-silverstone-26-730x487

Ano passado, quando foi a prova de abertura da temporada, as 4h de Silverstone foram sensacionais. Espera-se o mesmo daqui a dois sábados, na quarta etapa do ELMS em 2018

RIO DE JANEIRO - Preliminar luxuosa das 6h de Silverstone do próximo dia 19, a quarta etapa do European Le Mans Series (ELMS) será a primeira – e também única – corrida em que as duas categoras estarão juntas numa mesma pista neste ano. O WEC parte depois para seu périplo no Oriente e as demais etapas do Europeu serão em Spa-Francorchamps e no Algarve, em Portimão.

Como tem sido visto em 2018, a lista de entradas da corrida do dia 18 deste mês é sensacional. São 42 carros, entre os protótipos LMP2 e LMP3, bem como os modelos GTE.

Lista de inscritos para as 4h de Silverstone AQUI

Em relação à etapa passada na Áustria, a LMP2 tem um carro a menos: a IDEC Sport Racing priorizou o Oreca LMP2 #28 e não leva seu chassis Ligier, deixando o plantel com dezesseis carros. Na lista de inscritos, algumas novidades: Olivier Pla não poderá guiar o #24 da Racing Engineering, porque a Ford lhe exige ‘máxima prioridade’ no fim de semana. Em seu lugar, corre Matthieu Vaxivière, que também correrá no WEC. A única cara nova é Ryan Cullen, confirmado no terceiro assento do #40 alinhado pela Graff Racing com as cores da G-Drive.

Outros pilotos como Henrik Hedman, Ben Hanley, Nico Lapierre e Gustavo Menezes não terão nenhum problema em fazer o chamado “double duty”, divididos que estarão entre ELMS e WEC.

Com duas vitórias em três etapas já realizadas, a trinca Jean-Éric Vergne/Andrea Pizzitola/Roman Rusinov lidera com 62 pontos, deixando a G-Drive Racing na primeira colocação entre as equipes com o carro #26. A Racing Engineering vem em segundo com 53, enquanto a TDS Racing – que não correrá mais com o carro #33 no ELMS – segue em terceiro com 38.

O brasileiro Felipe Nasr disputará sua terceira prova pela Cetilar Villorba Corse. E se na IMSA ele está na liderança, no Europeu as coisas não vêm dando certo. A equipe está apenas em décimo-quarto lugar com somente três pontos somados. No campeonato de pilotos, Nasr é o 20º colocado, somando apenas 2,5 pontos.

No grid da LMP3, pelo menos uma nova escuderia se apresenta para as 4h de Silverstone: a Virage Racing inscreveu um Ligier JS P3 para Henning Enqvist/Jake Rattenbury. Isso deixa o plantel com 15 carros construídos pela Onroak para esta categoria e quatro Norma M30, das equipes DKR Engineering, Oregon Team, Ultimate e M.Racing-YMR.

Entre os pilotos, novidades: Alexandre Coigny e Antonin Borga dão vez no #4 da Cool Racing by GPC para Lucas Borga e Christian Vaglio. A DKR Engineering não definiu ainda os tripulantes do carro #8, enquanto Yann Clairay volta no #9 da AT Racing, ocupando o posto de Mikkel Mac Jensen. No #12 da Eurointernational, está programada a estreia do italiano Mattia Drudi na vaga já ocupada por James Dayson e Mark Kvamme. Por fim, Romano Ricci dará duplo expediente no fim de semana: o piloto da Larbre Competition no WEC terá a oportunidade de colaborar com a M.Racing-YMR junto a David Droux e Lucas Légeret.

No campeonato, a liderança é da trinca Job Van Uitert/John Farano/Rob Garofall, somando 50,5 pontos, três pontos e meio à frente de Giorgio Mondini/Kay Van Berlo, enquanto Kuba Smiechowski/Martin Hippe completam o top 3 com 35 pontos. A RLR MSport comanda entre as escuderias.

Por fim, na GTE há uma adição de inscritos à lista em relação aos eventos anteriores: a Gulf Racing UK disputa seu segundo evento do ano no ELMS com o mesmo trio do WEC formado por Ben Barker/Michael Wainwright/Alex Davison. De resto, Bret Curtis segue no #80 da Ebimotors e quatro pilotos da Proton Competition – sem contar os da Gulf, óbvio – vão correr no ELMS e no WEC: Christian Ried no #77 e a trinca italiana Giorgio Roda Jr./Gianluca Roda/Matteo Cairoli no #88.

A família Roda (Gianluca e Giorgio Jr.) comanda a classificação após metade da temporada finalizada, somando 54 pontos, oito a mais que os também italianos Riccardo Pera e Fabio Babini. Matteo Cairoli é o terceiro, com 44.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>