MENU

21 de agosto de 2018 - 23:39Super Formula, Vídeos

Para quem não viu: Super Formula, etapa de Twin Ring Motegi

RIO DE JANEIRO - O Japão, como a maioria dos países do hemisfério norte nessa época do ano, vem passando por uma onda absurda de calor. E nem a temperatura quente tirou a emoção da quinta etapa da temporada 2018 da Super Formula – na verdade, a quarta prova disputada neste ano, por conta do cancelamento da rodada de Autopolis em razão – vejam vocês – do mau tempo.

Logo, nesta corrida do último fim de semana, a escolha e a durabilidade dos pneus era de suma importância, especialmente pela deterioração em excesso dos compostos mais macios – nas provas da categoria nipônica de monoposto é obrigatória a troca pelo menos uma vez, além do reabastecimento de combustível.

Até antes de Twin Ring Motegi, a temporada tinha visto apenas dois pilotos vencendo: Naoki Yamamoto, que faturara as duas primeiras rodadas, além do neozelandês Nick Cassidy. E desta vez, deu Hiroaki Ishiura na cabeça, por 2″724 sobre Ryo Hirakawa após 52 voltas pelo traçado de pouco mais de 4,8 km de percurso.

Com a terceira posição nesta prova, Cassidy continua líder do campeonato, chegando a 27 pontos contra 24 dos dois rivais orientais, Yamamoto e Ishiura.

E quem voltou à categoria neste fim de semana foi João Paulo de Oliveira. Ele foi o substituto de Kazuki Nakajima (ocupado nas 6h de Silverstone do WEC) a bordo do carro da Tom’s, mas não foi além de uma distante 18ª colocação.

11 comentários

  1. Geraldo Netto disse:

    Helmut Marko assistindo a corrida da Super Fórmula in loco! Está parecendo que teremos piloto japonês na Toro Rosso em 2019.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Nenhum deles têm Super Licença.

      • Geraldo netto disse:

        Tens razão, o título da Super Fórmula vale apenas 20 pontos, frente aos 40 necessários para a super licença. Obrigado pela informação.

      • Geraldo Netto disse:

        Caso o Hiroaki Ishiura seja campeão em 2018 de novo (ele foi campeão em 2017), ele alcançaria os 40 pontos necessários, mas a equipe dele corre de motor Toyota, talvez isso seja um impedimento.

      • Rodrigo Mattar disse:

        Um completo impedimento. Ishiura é piloto Toyota há décadas. A menos que a Red Bull e a Honda queiram cacifar um piloto oriental.

        Honestamente, Geraldo, acho difícil.

      • Rodrigo Keke disse:

        Geraldo Netto, e tem outra questão também sobre o Ishiura. O cara já tá indo pra 38 anos… mesmo que este fosse piloto Honda, qual o sentido de levar um piloto veterano para estrear na F1?

      • Rodrigo Mattar disse:

        Tudo bem que o Nakajima tinha 34 quando foi para a Fórmula 1 em 1987, mas… não é o que a categoria e a Honda precisam.

      • Rodrigo Keke disse:

        Herr Marko falou recentemente que considera a Super Fórmula um bom ambiente para amadurecimento de pilotos. Falou com todas as palavras que acha uma categoria mais exigente que a F2. Adorei ele ter dito isso, dar essa moral pra uma categoria tão bacana quanto a SF

      • Rodrigo Mattar disse:

        Gasly passou por lá ano passado e quase foi campeão nela. Há alguns anos atrás, a F1 buscou vários pilotos na antiga Fórmula Nippon: Salo, Ralf Schumacher, Irvine, Frentzen, Pedro de la Rosa, todos estavam lá. E não falei dos japoneses…

  2. ags disse:

    Mattar..vce deveria parar de mostrar essa coisas..
    Só faz mal..kkk,
    O que temos aqui é istoki bolhão..caminhão..ai vem porsche e merças;;mas..
    para meu.. são pertubadoras essas imagens..kkkkkkkk..
    Pais como nosso… não tem uma prova ou nem é lembrado por org de provas… Dakkar deveria estar aqui desde do anos 90….
    Wec.. ou algo assim.. só agua na boca..
    Teve anos de Indy..mas os caras descobriram que aqui só tem Malaquias..e correm milhas de fazer provas no bresil…dó viu………………….

  3. Gabriel Medina, O outro disse:

    Sensacional o pace car ser um Civic da geração passada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>