MENU

7 de setembro de 2018 - 18:03IMSA Weather Tech SportsCar Championship

AX Racing anuncia Derani e dupla brasileira para 2019

derani

De casa nova em 2019: Pipo Derani assina com a Action Express em busca de títulos na IMSA, como o futuro novo companheiro do compatriota Felipe Nasr no carro #31 (Foto: José Mário Dias/Action Express/Divulgação)

RIO DE JANEIRO - Mais cedo, pintou a notícia de que haveria um “importante anúncio” em Laguna Seca durante a sexta-feira de treinos livres da corrida deste fim de semana da IMSA.

E o anúncio veio: Pipo Derani, piloto brasileiro de 24 anos, é o novo recruta da equipe Action Express Racing, após três anos de contrato com a Tequila Patrón Extreme Speed Motorsports, que renderam a ele duas vitórias nas 12h de Sebring e um triunfo nas 24h de Daytona.

Ele foi contratado para a vaga de Eric Curran, que deixa o posto de piloto titular do Cadillac DPi-V.R #31 para fazer parte da equipe apenas no certame de provas longas (Michelin Endurance Cup). Com isso, temos uma dupla 100% brasileira em 2019, já que Felipe Nasr permanece a bordo para mais um ano no time.

Tem mais: o lineup de pilotos titulares é todo de língua portuguesa, já que a equipe de Gary Nelson confirmou também que Filipe Albuquerque e João Barbosa permanecem como os titulares do carro #5, no qual Christian Fittipaldi fará a última prova da carreira em janeiro do ano que vem, por ocasião das 24h de Daytona.

“Eu sei o quão forte essa equipe é”, comentou Pipo. “É uma equipe de ponta, de alto calibre, que sempre tem resultados consistentes. Meu objetivo é ser campeão da IMSA e esta é uma oportunidade incrível”, comemora.

Sobre a oportunidade de dividir a pilotagem com Nasr, Pipo comentou.

“Nossas carreiras tomaram rumos diferentes e agora estamos juntos como companheiros de equipe. É uma história legal”, disse o piloto. “Ele é um ótimo cara e tenho certeza de que compartilharemos muitos sucessos no próximo ano.”

Derani cumpre seus últimos compromissos com a Tequila Patrón ESM neste fim de semana e em Road Atlanta, antes de se juntar à nova casa em 2019. A equipe de Scott Sharp, além da perda do patrocínio da Tequila Patrón, comprada pelo grupo Bacardi (que cortou o apoio para o ano que vem) terá que buscar um novo nome para o seu projeto Nissan Onroak DPi.

1 comentário

  1. Antonio Seabra disse:

    Queria ver o Pipo pilotando algo mais forte, por exemplo, os Toyota do WEC…contra parceiros reconhecidamente rápidos, como por exemplo Buemi ou Alonso.
    Não sei, pelo pouco que vi pela TV, gosto muito da pilotagem dele, e acho que ele tem mais ainda pra mostrar.
    É o tipo de piloto que eu gostaria de ver num teste de F1, pilotando uma Toro Rosso ou uma Haas.
    Como disse, meu horizonte é curto demais pra afirmar qualquer coisa, mas faço Fé !!!!!

    Antonio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>