MENU

12 de outubro de 2018 - 16:58Rali

Bienvenido, Chile!

thierry-neuville-wales-rally-gb-2018

RIO DE JANEIRO - Confirmado o calendário do Campeonato Mundial de Rali (WRC) para a temporada 2019, na reunião do Conselho Mundial da FIA realizada nesta sexta-feira. E há novidades: depois de muitos anos, a América do Sul volta a figurar com duas datas.

Além da Argentina, o Chile integra o pacote de 14 etapas da competição, que começará em janeiro com o tradicional Rali de Monte-Carlo, atravessando quase o ano inteiro para desaguar na Austrália, local da última etapa.

Por questões de logística, a comitiva do WRC vai de Córdoba a Concepción, cidade-sede do futuro Rali do Mundial, num espaço de menos de duas semanas. Isso fez com que o Rali de Portugal fosse deslocado mais para a frente no calendário – exatamente fim de maio e início de junho.

A entrada do Chile no Mundial é mais um duro golpe para o Brasil, que não consegue ter uma etapa – apesar de todas as tentativas – e também para Japão ou China, que pleiteavam um lugar no calendário e não conseguiram. O Tour de Corse e o Rali da Sardenha, considerados “difíceis” pelas questões de acesso e também por problemas de público (ausência dele) foram mantidos. São provas tradicionais da competição…

Além da ratificação das datas, a FIA confirmou outras novidades para 2019: a primeira delas será a livre escolha de numeração – tal como já acontece na Fórmula 1 – do #2 ao #99, já que o número #1 será sempre do campeão em título. Outra será a redução dos dias de testes para os times oficiais de fábrica, de 55 para 42 dias.

Também as especiais de todas as etapas do WRC estarão com uma quilometragem máxima inferior em relação ao estimado pelo atual regulamento, que prevê até 500 km. No ano que vem, o limite será de 350 km.

Os demais campeonatos serão reestruturados para aumentar o número de participantes nos eventos do Mundial de Rali. Tanto que o WRC2 ganha uma subdivisão Pro, com títulos mundiais oferecidos a pilotos, navegadores e fabricantes. Na outra série da competição, estarão os pilotos sem vínculo com equipes oficiais de fábrica, para atrair mais competidores dos Regionais e Nacionais.

Por fim, o JWRC permanece com sua plataforma inalterada, enquanto o WRC3 está extinto a partir do próximo ano.

Segue o calendário:

25/27 de janeiro
MONTE-CARLO

15/17 de fevereiro
SUÉCIA

8/10 de março
MÉXICO

29/31 de março
FRANÇA (TOUR DE CORSE)

26/28 de abril
ARGENTINA

10/12 de maio
CHILE

31 de maio/2 de junho
PORTUGAL

14/16 de junho
ITÁLIA (SARDENHA)

2/4 de agosto
FINLÂNDIA (1000 LAGOS)

23/25 de agosto
ALEMANHA

13/15 de setembro
TURQUIA

4/6 de outubro
GRÃ-BRETANHA (GALES)

25/27 de outubro
ESPANHA (CATALUNHA)

15/17 de novembro
AUSTRÁLIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>