MENU

2 de outubro de 2018 - 13:53BTCC

BTCC: terceira taça para Colin Turkington

Race1_BH_180930_013-t

Um ano de regularidade na pista e de perdas fora dela: não foi a grande temporada da vida de Colin Turkington, mas o piloto levou seu terceiro título no super disputado BTCC

RIO DE JANEIRO - Escrevi menos neste ano sobre o British Touring Car Championship (BTCC) como deveria e como gostaria. Mas não posso deixar batido que o campeonato de 2018 terminou no último fim de semana com grandes corridas em Brands Hatch e com boa dose de dramaticidade, marcando o terceiro título do experiente Colin Turkington, que voltou à equipe BMW e ao modelo 125i M Sport para se consagrar na super competitiva categoria.

Pelo lado emocional e fora da pista, foi um ano muito difícil para Colin, de 36 anos. O piloto nascido em Portadown, na Irlanda do Norte, perdeu a mãe durante a temporada e teve que buscar forças para não fraquejar e deixar as lembranças e os problemas decorrentes de uma perda tão significativa prejudicar sua performance na pista.

Na décima e decisiva rodada tripla, os resultados do piloto não foram o que se imaginava: a melhor performance foi um 12º posto na prova #1, somando apenas mais quatro pontos aos que já havia alcançado, fechando o ano com 304 pontos. Turkington pautou sua temporada pela discrição e regularidade. Marcou pontos em 25 de 30 provas disputadas nas dez rodadas triplas – e só precisou ganhar uma bateria ao longo do ano para superar por 12 pontos o vice-campeão Tom Ingram, que fez um belo início de campeonato, mas foi marcado pela desclassificação em Knockhill, que talvez tenha lhe custado o título.

Num campeonato com nada menos que dezessete vencedores diferentes (mais da metade dos que pontuaram pelo menos uma vez), Dan Cammish levou duas na última rodada em Brands Hatch e o até então campeão da categoria Ashley Sutton triunfou na trigésima e última corrida do ano, para terminar a temporada na quarta colocação, atrás do experiente Tom Chilton. Registre-se a diversidade de marcas representadas entre os melhores na pontuação: BMW com Turkington, Toyota com Ingram, Ford com Chilton e Subaru com Sutton. Se incluirmos o 6º colocado Josh Cook (Vauxhall), já que Andrew Jordan, quinto na tabela, também estava de BMW, são cinco marcas nas principais posições da tabela.

Para 2019, a categoria já tem um desfalque: a Eurotech, que disputou o campeonato com Jack Goff, oitavo colocado na tabela com duas vitórias, além de Brett Smith, que terminou o certame em 20º lugar entre 33 pilotos que pontuaram, não vai mais disputar o BTCC por falta de patrocínio. O time correu em 2018 com dois Honda Civic Type R preparados pela Neil Brown Engineering.

2 comentários

  1. Mattar na verdade a temporada 2018 do BTCC teve 17 vencedores diferentes e não 14 como vc mencionou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>