MENU

24 de outubro de 2018 - 16:17Automobilismo Internacional, Vídeos

Euro Nascar: Alon Day é bicampeão e na Elite 2, título é de francês

EA6A5734-3000-625x340

Festa de Alon Day após a sétima vitória em 10 provas: o piloto de Israel é bicampeão da Nascar Whelen Euro Series

RIO DE JANEIRO - Missão cumprida para o piloto israelense Alon Day. Aos 26 anos e em sua quarta temporada na Euro Nascar, o representante da CAAL Racing conquistou o bicampeonato da categoria no último fim de semana, na última etapa disputada no circuito belga de Zolder.

A sétima vitória dele na temporada veio de ponta a ponta, em grande estilo. Ele liderou o grupo de 29 carros que largaram do início ao fim das 16 voltas previstas, com vantagem de 5″596 para o holandês Loris Hezemans, com Stienes Longin completando o pódio. Aliás, a 2ª posição deu a Hezemans o título paralelo da categoria Júnior e o direito a disputar uma prova da Nascar nos EUA em 2019.

Alon Day fechou a temporada com 28 pontos de vantagem para o francês Fréderic Gabillon, enquanto Lucas Lasserre fechou o top 3.

Na classe Elite 2, o título da temporada foi do francês Ulysse Delsaux, derrotando o vice Florian Venturi por apenas seis pontos. O campeão da categoria chegou em 3º lugar na última prova, vencida pelo belga Guillaume Dumarey.

Felipe Rabello, da PK Carsport, fechou a temporada em 6º lugar com seu Chevrolet Camaro. O piloto de Minas Gerais também terminou o campeonato da Nascar Whelen Euro Series com a sexta posição na tabela, somando 416 pontos com saldo positivo – uma pole, uma vitória, quatro top 5 e oito top 10, num total de 10 provas realizadas. Ele só competiu no domingo porque a equipe fez um trabalho impressionante de recuperação do carro danificado numa batida na véspera, o que também o obrigou a competir com pneus usados.

“Saber que eles querem me manter na equipe para o ano que vem é um grande incentivo e certamente é uma opção das mais interessantes para o meu futuro, que começo a estudar com mais calma quando desembarcar em Belo Horizonte”, disse o piloto, que chegou ao Brasil ontem, terça-feira.

Acompanhe as disputas finais nos vídeos abaixo.

1 comentário

  1. luigi disse:

    Mas correr contra categorias europeias não querem . Gostaria de ver Nascar contra DTM ou IND nos mesmos circuitos de pelo menos Formula 2 ( pois na minha opinião devem ter tempos equivalentes) . Quando americanos deixarem de fugir da comparação Europa/America ,eu terei mais respeito com o automobilismo deles, que obviamente esta em outro degrau da escada e visa um outro público , que tem outro gosto ,tipo ;quantos carros bateram no muro,quantas bandeiras amarelas tiveram ,quem ganhou foi por sorte ou competência .. Nada contra os pilotos que tem carros com outro grau de dificuldades de condução e são muito bons . Só que a mim prefiro ver mais a técnica do piloto fazendo curvas a direita e a esquerda em raios diferentes e do desenvolvimento técnico do carro , Gosto de carros ,nem tanto de pilotos.,apesar de ter respeito e admiração por alguns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>