MENU

3 de outubro de 2018 - 16:01IMSA Weather Tech SportsCar Championship

IMSA: 37 carros na final em Road Atlanta; sete brasileiros na pista com duas estreias

a©MarshallPruett_IMSA_PLMSAT10717_-051

Largada da última edição da Petit Le Mans, corrida vencida pela Tequila Patrón ESM e que marcou o regresso da Penske às provas de Endurance (Foto: Marshall Pruett/Racer Magazine)

RIO DE JANEIRO - Saiu nesta quarta-feira a lista de entradas para a 21ª edição da Petit Le Mans, última etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship, marcada para o próximo dia 13 no circuito de Road Atlanta. A decisão do campeonato norte-americano de Endurance terá um total de 37 carros divididos em três categorias.

Lista de inscritos para a Petit Le Mans

Serão 14 carros na Prototype, nove na GTLM e mais catorze na GTD, disputando a prova que terá duração de 10 horas. E por conta da quarta etapa do FIA WEC marcada para o mesmo fim de semana, vários pilotos não puderam participar da Petit Le Mans, dando oportunidade a muitas estreias.

A Tequila Patrón ESM, por exemplo, chamou (com estardalhaço, inclusive) Antonio Giovinazzi e Timo Bernhard para dividir os Nissan Onroak DPi com os titulares. Mas Giovinazzi foi requisitado para compromissos com a Sauber, sua nova equipe na Fórmula 1. Como efeito, Norman Nato, que disputa o ELMS pela Racing Engineering, estará em seu lugar dividindo o #2 com Scott Sharp e Ryan Dalziel.

No #22, Bernhard é reforço no carro que terá duas despedidas: Pipo Derani vai para a AX Racing e Johannes Van Overbeek encerra a carreira após a corrida final do campeonato. Quem também dá adeus à competição é a Tequila Patrón, que foi vendida para o grupo Bacardi – a companhia não investirá em automobilismo na próxima temporada.

Por falar na AX Racing, Felipe Nasr e Eric Curran, líderes do campeonato, ganham a companhia de Gabby Chaves, já que Mike Conway está a serviço da Toyota no Mundial de Endurance. Em contrapartida, Romain Dumas vem para ser uma espécie de “arma secreta” para a CORE Autosport na batalha pelo título, já que Colin Braun e Jonathan Bennett vão para a decisão com quatro pontos de desvantagem para Nasr e Curran – outro que também faz sua despedida como piloto regular na IMSA.

A coincidência de datas entre IMSA e WEC provoca também a estreia de Lucas Di Grassi na série estadunidense. O piloto estará no carro #77 substituindo Harry Tincknell, que tem um contrato a cumprir com a Ford Chip Ganassi Racing. Sendo assim, serão cinco os brasileiros na pista pela classe Prototype: Nasr, Derani, Hélio Castroneves, Christian Fittipaldi e Di Grassi, claro.

Na GTLM, o plantel é de nove inscritos com o saudado retorno da Risi Competizione e sua Ferrari 488 GTE às pistas. O carro #62 será partilhado pelos campeões em título do Pirelli World Challenge da série SprintX – o espanhol Miguel Molina e o finlandês Toni Vilander, mais o italiano Andrea Bertolini.

A Corvette não poderá contar com Mike Rockenfeller, ocupado no mesmo fim de semana com a última etapa do DTM em Höckenheim, o que faz uma situação inusitada: Marcel Fässler está inscrito nos dois carros do time, que deve se despedir do modelo C7-R em Road Atlanta. Antonio Garcia e Jan Magnussen largarão líderes e esperam conquistar o título, na briga contra Ryan Briscoe e Richard Westbrook.

Outras novidades em relação às demais provas de Endurance da IMSA neste ano são a estreia do australiano Chaz Mostert, craque da Supercars Series, no carro #24 da BMW Team RLL junto a John Edwards e Jesse Krohn, além da participação de Mathieu Jaminet e Fred Makowiecki na equipe oficial de fábrica da Porsche, já que Gianmaria Bruni não poderá disputar a prova de Road Atlanta por motivos de WEC.

A GTD parte para a última etapa com algumas novidades entre os inscritos, também. O líder da Stock Car brasileira Daniel Serra foi confirmado no carro #63 da Scuderia Corsa junto a Cooper MacNeil e Gunnar Jeannette. E Felipe Fraga, que fez quatro corridas longas no exterior, vai para o quinto desafio: o piloto do Tocantins foi confirmado pela equipe P1 Motorsports com um Mercedes-AMG GT3 que será dividido junto ao alemão Maxi Bühk e a JC Perez.

Nas demais equipes, a 3GT Racing chamou Phillip Frommenwiler e Sean Rayhall para a última etapa, enquanto a Montaplast by Land Motorsport retorna para tentar vencer a Petit Le Mans em sua categoria, tendo Daniel Morad a dividir o #29 com os irmãos Sheldon e Kelvin Van der Linde.

Luca Stolz vai no Mercedes-AMG #33 da Riley Technologies, com Andrew Davis inscrito no Audi da Magnus e Corey Lewis no Lamborghini dos líderes do campeonato, Madison Snow e Bryan Sellers.

Robert Renauer foi confirmado na Wright Motorsports, enquanto a segunda Ferrari GT3 da Scuderia Corsa vai de Townsend Bell/Bill Sweedler/Frankie Montecalvo. Na Park Place, trio novo para a última etapa, formado por Spencer Pumpelly, o veterano Wolf Henzler e Tim Pappas.

Por fim, Trent Hindman juntar-se-á (gostaram?) a Álvaro Parente e Katherine Legge, para que a Dama de Ferro seja ajudada na tentativa de conquistar o título, já que a britânica chega à esta prova com apenas seis pontos de desvantagem para Sellers e Snow. No #93 estará Mario Farnbacher como terceiro piloto e no #96 da Turner, Dillon Machavern e Don Yount estarão junto a Markus Palttala no evento final do campeonato.

A corrida também vale como evento final da Tequila Patrón North American Endurance Cup, onde Curran e Nasr podem ganhar também a série paralela de provas longas. Os dois somam 31 pontos contra 25 de Fittipaldi e Albuquerque. Na GTLM, os líderes são Joey Hand e Dirk Müller com 33 pontos, quatro à frente de Nick Tandy e Patrick Pilet. Ben Keating/Jeroen Bleekemolen/Luca Stolz lideram na GTD com dois pontos de avanço (31 a 29) sobre Álvaro Parente e Katherine Legge.

O Fox Sports 2 deve transmitir grande parte da Petit Le Mans, por se tratar de data FIFA e não haver competições europeias de futebol. Ao longo da próxima semana, confirmo os horários.

6 comentários

  1. Rodrigo botana disse:

    Sacanagem o saavedra a temporada inteira da imsa fez dupla com.o.yacaman e na ultima etapa ele descarta o Gustavo yacanam da prova e ressucitaram o marino francitti irmao do dario,ha uns 2 anos ele nao corre,

  2. RODRIGO NUNES YOSHIHARA disse:

    Estou curioso em ver como o Lucas di Grassi pilotará, sabendo que há mais de um ano ele está afastado dos protótipos e neste ano ele esteve dividido entre Formula E e Stock Brasil.

  3. LUIZ ALBERTO LOMANDO disse:

    Bravos pela mesóclise!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>