MENU

11 de outubro de 2018 - 13:14Jornalismo

Isso não se faz…

43570841_10205437846303611_5521353146758070272_n

RIO DE JANEIRO - Reproduzo aqui no blog a coluna de Celso Itiberê n’O Globo de hoje.

É a última do jornalista na referida publicação. Trinta e nove anos depois, sai de cena um dos derradeiros, talvez o único espaço inteligente que ainda falava de automobilismo nos grandes jornalões.

Sim, sei que as publicações têm diminuído consideravelmente o espaço de esportes. Que no caso do Celso, de quem não tenho procuração pra falar ou defender, foi por contenção de custos, segundo comentou o Renato Maurício Prado, que em sua página do Facebook publicou o fim da coluna do Itiberê. Sei também que não foi o único que perdeu espaço.

Mas para o automobilismo é um golpe forte. Cada vez mais me resta a desesperança de que o Brasil caminha para a monocultura esportiva. Quando já dizem que o esporte a motor é de “nicho”, a saída da coluna do Celso de um veículo do tamanho de O Globo é uma munição e tanto para aqueles que tiram esse tipo de conclusão a que me referi neste parágrafo.

Fico pensando aqui se realmente tomei a decisão certa quando entrei na faculdade e queria ser jornalista esportivo especializado em automobilismo. Fico agora pensando se eu e outros na minha faixa etária, que estão aí para ter seu espaço e por ventura substituir nomes como Reginaldo Leme e Lito Cavalcanti que, com todo o respeito que merecem, já estão há um bom tempo na estrada, terão a oportunidade de mostrar o que sabem e o que valem em outros espaços midiáticos.

Ladeira abaixo para o jornalismo esportivo. Isso não se faz com um sujeito como o Celso Itiberê.

6 comentários

  1. Reinaldo Rodrigues disse:

    Além de um fã de automobilismo, sou fã também de suas posições perante a vida, seu gosto musical… entre outras coisas. Fico muito triste com o que vem acontecendo com o automobilismo nesse país e fico ainda mais triste vendo o que está acontecendo com o país.
    Gostaria de compartilhar contigo um texto que, obviamente não justifica, mas explica um pouco da loucura pela qual estamos passando.
    Não sei se você já leu, mas eu achei chocante e muito assustador!

    https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Eleicoes/Sua-tia-nao-e-fascista-ela-esta-sendo-manipulada-/60/41968

  2. Celso Ciamponi disse:

    O grande problema é que a rede globo como grande detentoras do esporte nacional para a TV, por motivo de $$$$$$$$$$$$$$$, vai valorizar só o futebol e como segundo motivo as pessoas estão cada vez menos lendo , tudo é por audio, veja o site Grande Prêmio, quase tudo em audio, mais pratico e mais fácil de se produzir e AS PESSOAS NÃO se cansam em ler as notícias, , é só ouvir, a que ponto a preguiça intelectual chegou

  3. Alvaro Ferreira disse:

    O seu texto diz tudo, Rodrigo. Nuvens negras não só sobre nosso esporte, nuvens negras sobre a inteligência nesse país.

  4. Alessandro Neri disse:

    E prossegue a agonia terminal do automobilismo e do jornalismo rumo à extinção inevitável e irreversível. Reflexo dos tempos em que vivemos. Tristes tempos em que vivemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>