MENU

7 de janeiro de 2019 - 16:55Rali Dakar

Dakar 2019: Al-Attiyah abre competição com vitória nos carros

MCH60580_Al-Attiyah-960x639

A princípio, a estratégia de atribuir o favoritismo a terceiros foi eficaz: Nasser Al-Attiyah é o primeiro vencedor do Dakar 2019, totalmente em solo peruano, nos carros

RIO DE JANEIRO - Com relativo atraso (e cabe lembrar que Lima está 3h à frente em relação ao horário brasileiro de verão), teve início o Rali Dakar 2019 para os 100 carros admitidos à partida do maior evento off-road do planeta. E já temos o primeiro vencedor do evento: é Nasser Al-Attiyah, que liderou de forma destacada desde o início do primeiro waypoint até o fim dos 84 km de trecho cronometrado.

Ao lado do copiloto Matthieu Baumel, o representante do Catar marcou o tempo de 1h01min41seg em seu Toyota oficial de fábrica, perto de dois minutos abaixo do tempo de Carlos Sainz e Lucas Cruz a bordo de um dos Buggies da Mini. “El Matador” começou de forma prudente a competição, na busca de seu terceiro título absoluto na categoria.

Hoje foi um dia de brilho dos outsiders: quinto colocado em 2018, Kuba Przygonski estabeleceu o terceiro melhor tempo do estágio com seu Mini JCW, seguido pelo regressado Vladimir Vasilyiev, que dispõe de um Toyota assistido pela fábrica. Yazeed Al Rajhi completou o grupo dos cinco mais velozes, seguido por Giniel De Villiers.

Numa estratégia semelhante a de Sainz, Stéphane Peterhansel também teve um começo calmo, embora tenha tido um furo de pneu: o Monsieur Dakar foi o sétimo melhor do dia, perdendo 2min57seg em relação ao mais rápido, enquanto Cyril Despres foi o décimo, sem muitos sustos.

A lenda do WRC Sébastien Loeb voltou para seu quarto Rali Dakar num Peugeot 3008 DKR não-oficial e o francês enfrentou alguns pequenos sobressaltos, que não o permitiram figurar entre os dez primeiros. Com o 13º tempo, o “Pelé” do Rali ficou a 6min07seg de Al-Attiyah. E o impressionante – e igualmente polêmico Robby Gordon já faz barulho: mesmo com um modelo de UTV não homologado pela FIA e preparado por sua própria escuderia, ele e o navegador Kellon Walch tiveram ótimo desempenho, terminando o dia a apenas 8min28seg do melhor tempo.

Etapa #1 – Lima-Pisco
Ligação: 247 km
Trecho cronometrado: 84 km
Total: 331 km

Resultado – carros:

1. #301 Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota) – 1h01min41seg
2. #300 Carlos Sainz/Lucas Cruz (Mini) – a 1min59seg
3. #303 Kuba Przygonski/Tom Colsoul (Mini) – a 2min00seg
4. #311 Vladimir Vasilyev/Konstantin Zhiltsov (Toyota) – a 2min18seg
5. #314 Yazeed Al Rajhi/Timo Gottschalk (Mini) – a 2min28seg
6. #302 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota) – a 2min40seg
7. #304 Stéphane Peterhansel/David Castera (Mini) – a 2min57seg
8. #309 Bernhard Ten Brinke/Xavier Panseri (Toyota) – a 3min19seg
9. #312 Harry Hunt/Wouter Rosegaar (Peugeot) – a 3min25seg
10. #308 Cyril Despres/Jean-Paul Cottret (Mini) – a 4min25seg

2 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    O Flash Gordon ainda vai aprontar umas nesse Rali…assim como os irmãos fora da casinha Tom e Tim Coronel.

  2. Mika disse:

    Gordon é demais, certo que ele irá aprontar!
    Mas sou fã do Loeb, poxa queria ver ele ganhar o Dakar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>