MENU

23 de janeiro de 2019 - 08:32Automobilismo Nacional, Endurance

Endurance Brasil define calendário para 2019

350771-843974-bt1x2545_1_orig

RIO DE JANEIRO - O Campeonato Brasileiro de Endurance (Endurance Brasil) já tem calendário definido para 2019. A série de provas de resistência, cujo regulamento técnico deve sofrer algumas mudanças – creio eu – apresenta novidades e oito datas para uma das competições que sem dúvida mais cresceram no automobilismo local.

O campeonato começa em março, em Curitiba. E uma das novidades é a disputa de uma prova em Goiânia, junto com a mudança de formato de algumas etapas. Todas as etapas no Rio Grande do Sul devem valer pelo Campeonato Gaúcho e terão duração de três horas. Já as demais, terão de quatro até seis horas – caso da última etapa, marcada para 21 de dezembro em Interlagos. Apenas a sétima data, em 2 de novembro, aparece como “a confirmar”.

O escriba aqui gostaria de poder estar presente a todas (sonhar não custa nada e nem paga imposto, ainda). Já tem uma aí que é inviável – Tarumã bate exatamente com as 24h de Le Mans. Mas pelo menos as etapas em território paulista, no Velo Città e a final de Interlagos, dá pra planejar.

“Estamos com um campeonato consolidado, grid cheios, belos carros e pilotos de destaque nacional. As provas acontecerão sempre aos sábados e estaremos presentes nos principais autódromos do país, fortalecendo ainda mais nosso campeonato”, destacou Henrique Assunção, presidente da APE – Associação de Pilotos de Endurance.

Calendário divulgado:

1ª etapa
30 de março – Curitiba (4 horas)

2ª etapa
25 de maio – Goiânia (4 horas)

3ª etapa
15 de junho – Tarumã (3 horas)

4ª etapa
27 de julho – Velopark (3 horas)

5ª etapa
7 de setembro – Velo Città (4 horas)

6ª etapa
12 de outubro – Santa Cruz do Sul (3 horas)

7ª etapa
2 de novembro – local a confirmar

8ª etapa
21 de dezembro – Interlagos (6 horas)

5 comentários

  1. Caio Bruno disse:

    Eu pesquisei um pouco e essa data a confirmar no dia 2/11 bate com a etapa da Endurance RS em Guaporé acho que eles vão combinar

  2. ags disse:

    Gyn,,,,… uauuuuuuu…… uma novidade.. o nome do circuito vai mudar em breve..
    Circuito Jayme Rincon… esse é o cara……………………………..

  3. Fernando Silva disse:

    Este campeonato esta crescendo muito mesmo e, aparentemente, sem esbarrar em outras como ocorreu com o finado GT Brasil, que tinha varios pilotos da Stock Car na epoca em que cresceu tanto a ponto de se tornar o melhor evento nacional para os fãs por pelo menos 2 temporadas (2010 e 2011).
    Quem sabe seja viavel assiatir as etapas aqui no estado de SP…

  4. Jonny'O disse:

    Eu adoro a categoria, acompanhei pela net ( youtube) todas as corridas.

    Este deve ter mais dois protótipos mais bem preparados, pra tentar rivalizar os AJR.

    Alias este é o grande risco da categoria, estes AJR são os carros mais rápidos, mas ainda não tem resistência como os GT3 . Mas no momento que parar de quebrar podem tirar o brilho da competição, a grande graça esta na diversidade de carros e no resultados também.

    Torço francamente que isto não ocorra, to esperando também um Tubarão “novo”, n]ão sai mais nada lá da gailoa?

  5. Egidio Manoel Domingos disse:

    Estarei em Curitiba na abertura. Se não puder vir copia a vontade as fotos que eu postar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>