MENU

3 de janeiro de 2019 - 14:03Super GT

Fim da linha

49348723_10158069491722892_6586951042749956096_n-696x696

RIO DE JANEIRO (Arigatô, Oribeira!) - Termina o ciclo de João Paulo de Oliveira no automobilismo japonês, ou pelo menos no nível em que se encontrava. A Nissan e o piloto comunicaram hoje, quinta-feira, o fim de um vínculo de 13 temporadas, em que o piloto de 37 anos esteve servindo à montadora, principalmente no Super GT.

Campeão japonês de Fórmula 3 em 2005, da Fórmula Nippon (hoje Super Fórmula) em 2010 e vice-campeão do Super GT em 2014, o versátil piloto que inclusive venceu a Corrida de Duplas da Stock Car ano passado com o bicampeão Daniel Serra, disputou a última temporada pela equipe de Masahiko Kondo, terminando o ano em 14º lugar com 23 pontos somados.

Ao longo de sua trajetória internacional, que começou em 1999 na Fórmula 3 Sul-Americana, ele conquistou 62 vitórias – nove destas no Super GT – em 329 corridas que disputou, com 118 pódios, 62 pole positions e 77 recordes de volta em prova.

Entre os pilotos do país, é o sexto com mais vitórias na carreira. À frente dele, estão Ingo Hoffmann (95), Ayrton Senna (90), Cacá Bueno (69), Emerson Fittipaldi (65) e Xandy Negrão (64).

Nas redes sociais, o piloto escreveu uma nota de despedida e agradecimento, esperando poder estar num cockpit em 2019.

Queridos amigos,

Após 13 anos correndo pela Nissan na maior categoria do Japão, o Super GT, chegou a hora de encerrar o capítulo. Tantas memórias boas e amizades que levarei comigo a vida toda. Fica as boas recordações e agora o foco é total no próximo capítulo.

2019 já começou e ainda não tenho notícias do que estarei fazendo. Não é uma posição ideal, pois já estamos em começo de ano, mas sigo otimista e motivado. Desafios sempre acendem um fogo dentro de mim e não me sentia assim há um tempo. Estou ansioso para iniciar um novo capítulo e confiante de que posso fazer a diferença onde quer que eu vá.

Para todos meus amigos e aqueles que apoiam, muito obrigado por estarem sempre ao meu lado. Como muitos de vocês sabem, trabalho de forma quieta e longe de ser centro das atenções. Vou seguir trabalhando firme e espero trazer boas notícias em breve.

Um abraço,
João Paulo de Oliveira

Não se esperava outra postura. É isso que faz o João Paulo um piloto fora de série dentro e fora das pistas.

E este blog torce – muito – que para onde quer que vá, seja de volta ao Brasil ou noutro desafio internacional, o “Oribeira” esteja presente firme e forte.

Arigatô!

7 comentários

  1. Ricardo Talarico disse:

    João Paulo de Oliveira é um verdadeiro campeão, como piloto e como pessoa.
    Sem fazer alarde, teve uma carreira de muito sucesso, principalmente no Japão.
    Simpatia e simplicidade que também é marca registrada do irmão José Ricardo, que igualmente pilota muito.
    Torço que ele encontre um bom cockpit para continuar brilhando.

  2. Jonny'O disse:

    Sinto muito mesmo não ter acompanhado decentemente a carreira do João Paulo, um piloto de sucesso, e provavelmente um grande cara, longas carreira em mesmo time dá essa dica.

    Espero que ele ainda tente algo como a IMSA, faça uma carreira em corridas de longa duração, acho que 39 anos já tá no limite pra corridas sprint.

  3. Robertom disse:

    Se eu tivesse uma equipe da Stock Car Br. contrataria o João imediatamente…

  4. Sergio Luis dos Santos disse:

    Quem sabe ele se acerta por lá mesmo e continua no Japão com outra marca.

  5. Marcos Ferreira disse:

    Lembro dele na F3 sudam light dando pau no povo da categoria principal

  6. Fernando Silva disse:

    Eu poderia muito bem torcer para algum time da Stock Car contratá-lo mas, com todo respeito à categoria maior nacional, é pouco para ele (assim como hoje é pouco para o Daniel Serra). JP Oliveira se encaixaria perfeitamente no DTM, cujo regulamento técnico é semelhante ao Nissam da GT500 que ele pilotava. Seria bacana também vê-lo no IMSA ou WEC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>