MENU

22 de fevereiro de 2019 - 10:15Blancpain GT Series Endurance

Primeiro brasileiro confirmado nas 24h de Spa

BentleySpaKP

RIO DE JANEIRO - As 24h de Spa-Francorchamps são a prova mais importante do calendário do Blancpain GT. Sei que normalmente o evento se disputa em julho, mas sua grandiosidade se mede pelo investimento que alguns fabricantes direcionam para buscar a vitória.

E quem prova que não está para brincadeiras é a Bentley: a marca do Reino Unido que pertence ao Volkswagen Auto Group (VAG) confirmou quatro carros via M-Sport Racing, para a corrida da Bélgica.

Além das duas inscrições que disputarão a temporada toda do Blancpain GT Endurance Series, o fabricante e a escuderia fecharam hoje a tripulação das duas inscrições suplementares prometidas com o objetivo claro de triunfar numa das competições mais importantes de longa duração somente para modelos Grã-Turismo.

E do lineup de carros adicionais, faz parte um brasileiro: Rodrigo Baptista, que defende a marca no Blancpain GT World Challenge America (o antigo Pirelli World Challenge), através da K-PAX Racing, estará na corrida de Spa (da qual já participou com Audi, ao lado de Sérgio Jimenez) junto a Callum McLeod e Seb Morris, pilotos britânicos que correram com a geração anterior do modelo Continental – assim como Rodrigo – em diversas provas não só no British GT como também no Blancpain GT e até no International GT Open.

“Callum, Seb e Rodrigo fizeram trabalhos ótimos em equipes clientes da marca”, explicou o diretor de motorsport Brian Gush. “E pareceram escolhas óbvias quando selecionamos novos pilotos para uma corrida tão importante. Temos que olhar para quem está na nossa família”, ressalta.

O outro carro terá dois refugiados do antigo programa Nissan Driver Academy, que pelo visto foi para o vinagre: afastados em dezembro último, o espanhol Lucas Ordoñez e o britânico Alex Buncombe dividirão a pilotagem com o finlandês Markus Palttala, campeão das 24h de Spa em 2015 com uma BMW, defendendo a Marc VDS Racing.

“Eles trarão uma nova dimensão à equipe e provaram suas habilidades em outros carros GT3. Vamos dar tempo de pilotagem a todos eles nos próximos dias e meses de preparo para as 24h de Spa. Agora vamos buscar um piloto para preencher o último assento disponível”, revelou Gush.

É que Vincent Abril, que formava trinca com Andy Soucek e Maxime Soulet, deixou a equipe alegando “outros compromissos” no automobilismo. É uma bela vaga que se abre e vários pilotos serão avaliados para ocupá-la.

2 comentários

  1. Igor disse:

    Que fim levou esse Nissan Driver Academy?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>