MENU

21 de abril de 2019 - 20:51Endurance, Motovelocidade

Kawasaki conquista 24h de Le Mans em final dramático

5cbc97439d1de

Festa no pódio com o troféu da vitória: o Team SRC Kawasaki France conquistou também a liderança do campeonato mundial de Endurance da FIM ao faturar a 42ª edição das 24h de Le Mans para Motocicletas

RIO DE JANEIRO - Ai de quem qualifica como “monótona” qualquer prova de Endurance. Seja em duas ou quatro rodas, não sabem o que dizem.

A edição deste ano das 24h de Le Mans foi uma das mais sensacionais da história. Acompanhadas por quase 80 mil torcedores nas dependências do circuito Bugatti, de menor extensão, com pouco mais de 4 km, foram definidas nos últimos instantes. E a equipe Kawasaki conquistou uma vitória redentora após os problemas no ano passado, quando lideravam.

Foram 839 voltas percorridas, apenas quatro a menos que na última edição. E a prova se decidiu com poucos minutos para o cronômetro zerar: a moto #11 da trinca Jéremy Guarnoni/David Checa/Erwan Nigon superou os rivais da Honda Endurance Racing, em motocicleta conduzida por Sébastien Gimbert/Yonny Hernandez/Randy de Puniet, que no final chegaram a pouco mais de um minuto dos adversários. Foi a décima-quarta vitória da marca da característica decoração verde na clássica prova longa francesa.

Logicamente, com os pontos somados em Le Mans, o Team SRC Kawasaki France assumiu a liderança do Mundial de Endurance da FIM, seguidos pela Suzuki, que registrou o 3º lugar no pódio com Etienne Masson/Gregg Black/Vincent Philippe, a apenas uma volta dos campeões.

O Team ERC-BMW conquistou a pole position nos treinos classificatórios e liderou a largada que contou com 59 motos na partida, de um total de 60 inscritos. Mas a moto germânica dos pilotos Kenny Foray/Julien Da Costa/Matthieu Gines/Jan Bühn sofreu um acidente após o motor travar. Também a YART-Yamaha, outra das equipes favoritas à vitória, teve falhas mecânicas e desistiu da contenda.

Mas nada pior que a atual campeã, a F.C.C TSR Honda France, que teve dois acidentes e perdeu longo tempo consertando a Honda CBR 1000 do trio Mike Di Meglio/Josh Hook/Freddy Foray: a trinca ficou num esquálido 35º lugar, com 100 voltas perdidas – pontos preciosos foram desperdiçados numa corrida das mais importantes (e com maior peso) do calendário.

Daí que os times independentes – que não tinham nada a ver com a história – levaram a prova com regularidade e conquistaram bons resultados: a Wepol fechou em 4º lugar com Sheridan Morais/Matthieu Lagrive/Michael Laverty/Daniel Webb, antecedendo o Bolliger Team Switzerland, que a exemplo do Bol d’Or de Paul Ricard, fez mais um top 5 com a Kawasaki guiada por Roman Stamm/Sébastien Suchet/Nigel Walraven.

Com 821 voltas percorridas, a Motors Events levou a vitória na classe Superstock com uma Suzuki GSX1000-R conduzida por James Westmoreland/Johan Nigon/Adrien Ganfornina. Eles terminaram em sétimo na classificação geral. A Moto Ain, com uma Yamaha, foi segunda colocada na divisão e nona na geral, seguida pelo Team 33 Coyote Louit Moto, que fechou o pódio da SST.

Duas máquinas alinharam e terminaram na divisão Experimental, sem direito a pontos no campeonato. A Kawasaki ZX-10R da ITeM 17 fechou a prova em vigésimo-primeiro na geral, completando 783 voltas. A Metiss inscrita com o numeral #45 também viu a quadriculada, sendo a última oficialmente classificada, com 666 giros percorridos. Outros sete competidores cruzaram a linha final ou não foram classificados por não completar os 75% mínimos exigidos pelo regulamento.

Outro destaque das 24h de Le Mans foi uma equipe só de mulheres: o quarteto formado por Amandine Creusot/Melissa Paris/Mélodie Coignard/Jolanda Van Westrenen terminou num honroso 30º posto geral e em 15º na Superstock, com 783 voltas percorridas.

A próxima etapa do FIM EWC será as 8h do Slovakia Ring, em Orechova Poton, no dia 11 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>