Ficou para Interlagos

F

RIO DE JANEIRO –  Para felicidade geral de muita gente, a decisão do Mundial de Fórmula 1 ficou mesmo para a semana que vem, em Interlagos. Vitória de Lewis Hamilton, com Sebastian Vettel em segundo e Fernando Alonso na 3ª posição.

Por sinal, pódio absolutamente inédito, com três dos últimos campeões mundiais juntos, o que nunca havia acontecido nas 99 corridas anteriormente disputadas, desde que o Vettel estreou na categoria máxima.

Sebastian Vettel vem para o Brasil com 13 pontos de vantagem para Alonso. Mesmo com a decisão adiada, o alemão tem muito mais chances de ser campeão do que o piloto da Ferrari. Embora a escuderia italiana tenha um histórico de vitórias em Interlagos, a Red Bull venceu nada menos que as três últimas edições do GP do Brasil – duas com Mark Webber e uma com Vettel. Preciso dizer mais alguma coisa?

Felipe Massa fez uma boa corrida, mesmo com a quebra do lacre do câmbio de seu carro, que lhe custou cinco posições no grid (Ah! As artimanhas da Ferrari para beneficiar Alonso…), e chegou em quarto no circuito de Austin, que recebeu público excelente, 125 mil torcedores nas arquibancadas texanas. Bruno Senna ficou com a 10ª posição.

Bem… não vi a corrida. Quem quiser que comente, quem quiser que fique feliz. Com certeza há pessoas felizes por aí. É da vida.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

12 Comentários

  • De que valhe o treino classificatório, então? De que valhe fazer uma sessão inteira, assistir uma sessão inteira se, a qualquer momento, qualquer equipe pode alterar o resultado do negocio?
    É muita falcatrua, muita manipulação de resultados (o que, em qualquer modalidade é um crime, só nessa palhaçada de F1 que não) para um esporte só. Parei. Chega de ser feito de bobo.

  • Muita sacanagem… o Felipe andou pra kct na corrida e se não tivesse aceitado essa merda, teria chego na frente do alonso…. olha, eu acho que tudo isso acontece por obra do alonso… vide o acidente proposital em cingapura/2008, o “fernando is faster than you”, entre outras e essa agora… eu acho que esse espanhol que tem um samurai “carcando” ele pelas costas é quem pede tudo isso…. vejam o que aconteceu quando ele foi pra mclaren… ele quis a coisa pra ele, ron dennis não deu e ele saiu chorando…

  • Grande corrida do Hamilton, pressionou o Vettel por mais da metade da corrida até conseguir a ultrapassagem. Uma pena que os problemas mecânicos do carro e dos mecânicos da equipe o impediram de disputar o mundial até o final. Red Bull TRIcampeã de construtores, parabéns ao genial Adrian Newey, contra quem, realmente, Alonso não tem a menor chance. Aliás, depois da falcatrua da largada de hoje, espero que Vettel consiga o título. A Ferrari se torna cada vez mais antônimo de esportividade.

  • A Ferrari jogou com o regulamento embaixo do braço, e Galvão insinuou que, já que deu certo, tinham que ter feito isso mesmo. Já eu lembro uma atletas asiáticas de badminton que foram ELIMINADAS da Olimpíada por que entregaram o jogo para pegar uma chave mais fácil (ou “jogaram com o regulamento embaixo do braço”)…
    http://www.valor.com.br/internacional/2772356/atletas-sao-eliminadas-apos-entregar-o-jogo-na-olimpiada-de-londres

  • Eu não concordo muito com essa jogada da ferrari não , e ainda mais aonde ele foi feita , na volta da competição para os eua , em todas as modalidades esportivas cmpetidas nos estados unidos existe um grande respeito quanto ao publico , ou seja a busca pela manutenção da esportividade

  • E aí Rodrgo, que vc seja muito feliz no teu novo Blog.
    Como sempre Alonso e Ferrari dando exemplo de como é a F1. Uma pena, pois este esporte não merece.
    Saudade do Piquet na Willians, contra todos e mandando ver.
    Espero que em Interlagos a justiça seja feita e o Tri do Vettel aconteça, para calar aquela turma que só torce pela Rossa.
    Abs, Caio

  • O podcastf1brasil focou um exemplo importante, o das atletas de badmington nos jogos olímpicos que foram eliminadas porque jogaram para o alinhamento nas eliminatórias e não para vencerem os jogos nos últimos Jogos Olímpicos.
    Convém lembrar que a FIA é membro provisório do Comité Olímpico Internacional, logo deveria reger-se pelos mesmos cânones.
    Quanto à corrida, as equipas e a Pirelli insistem que os pneus chiclete que se desfazem ao fim de 5 voltas são bons para o espectáculo, eu adorei os pneus super duros na pista de Austin, demoravam a chegar a temperatura ideal, mas aí os pilotos andavam completamente ao ataque. Vejam o Grosjean quando rodou, andou umas voltas que não conseguia segurar ninguém, mas os pneus retornaram a ele, seguiu voando. Além que os pneus duros não largam borracha para fora da trajectória, permitem várias trajectórias.
    Uma boa pista também a de Austin, gostei e acho que os americanos que foram assistir à corrida também.

  • A corrida valeu pelo pega do Hamilton e Vettel e os rolos das willians e force india.A pistazinha mequetrefe não chegou a estragar.Alguem precisa mandar prender quem contrata o Tilke pra desenhar.

  • Rodrigo… os melhores posts de F-1 são os seus, pois são coerentes e sem pitacos de favoritismo para esse ou aquele piloto, espero que você continue com os seus comentários sobre a F-!, fiquei decepcionado com aquele bando de bostas da rede globo, o que é bom é o que eles põem para fora, no entanto as velhas merdas continuam lá… Fora Galvão seu zé ruela. Parabéns pelo novo blog e conte sempre com a audiência de quem realmente gosta de espotes a motor.

    do amigo

    Wolverine

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames