MENU

17 de dezembro de 2012 - 07:59Automobilismo Internacional

Muitos carros para as 12h de Bathurst

2012_Divers_Affiche_Bathurst12RIO DE JANEIRO – A corrida está ainda distante, é verdade. Mas o clima das 12 Horas de Bathurst começa a esquentar já em dezembro. O evento, válido pelo certame 24H Series, do qual fazem parte também as corridas disputadas em Dubai (esta é a primeira do ano, nos dias 11 e 12 de janeiro), Hungaroring e Barcelona, já tem uma ótima lista de inscritos para o próximo ano.

Se neste ano, o circuito Mount Panorama recebeu apenas 25 carros na largada na corrida ganha pelo Audi R8 LMS da Phoenix Racing, que volta no próximo ano para defender seu título, a previsão é de que nada menos que 54 autos participem das 12 Horas em 2013 – o que não deixa de ser um salto quantitativo e provavelmente qualitativo.

A classe A, com dezoito inscrições, é para todos os modelos GT3 (Aston Martin, Audi, BMW, Corvette, Dodge Viper, Ferrari, Ford GT, Jaguar, Lamborghini, McLaren, Mosler, Nissan e Porsche) homologados entre 2010 e 2012 e com restrições de acordo com o Balance of Performance do Blancpain Endurance Series para diversos modelos, sendo que outros são diferenciados no peso, no restritor de ar e na rotação máxima do motor, caso do Mosler MT900R – e inclusive há um na lista oficial de inscritos.

Na classe B das 12 Horas de Bathurst, também participam outros modelos GT3 de fabricação mais antiga e os carros enquadrados nas categorias monomarca – Porsche Cup e Ferrari Challenge, por exemplo. São 10 carros inscritos para a corrida do ano que vem – nove Porsches e um Lamborghini LP520.

Os GT4 são os carros que particpam da classe C, todos enquadrados dentro do regulamento do Royal Automobile Club de Belgique (RACB), que criou esta subclasse de Grã-Turismo, aliás. Mas só quatro bólidos fazem parte desta subdivisão na corrida australiana. A classe D, com veículos de produção de alta performance – BMW, Ford, Holden, Mitsubishi, Nissan e Subaru – tem um pouquinho mais de participantes, cinco no total. A divisão E, para modelos de produção em série com menor cilindrada, também estará presente, com três carros.

E, por fim, temos também as divisões I1 e I2, as Invitational Class, que aceitam qualquer modelo a gasolina que esteja enquadrado no regulamento técnico das 24 Horas de Dubai. Há ainda a divisão I3, para modelos com motores a diesel, mas as 12 Horas de Bathurst não têm por enquanto nenhum carro inscrito, quer seja da BMW, SEAT ou Volkswagen.

Confira aqui a lista das equipes e os carros inscritos para as 12h de Bathurst

4 comentários

  1. Alan Ruggero disse:

    Muito legal essa corrida. Acompanhei parte da edição passada. Os carros GT3 viram mais rápido neste pista que os V8 Supercars.

    Aqui tem a corrida de 2012:

    http://www.ustream.tv/channel/bathurst-12-hour

  2. Quico disse:

    Rodrigo, alguma chance do Brasil entrar no calendário desse campeonato?

  3. Gustavo Oliveira disse:

    Toda vez que vejo alguma coisa sobre essa corrida e sobre as 24 Horas de Dubai penso porque nossas Mil Milhas é que não ocupam esse mercado.

    Temos tudo: Um autódromo perfeito para esse tipo de competição, uma data perfeita no offseason (25/01), uma cidade com muitos compradores em potencial dos carros da GT3, várias equipes competindo ativamente com carros dessa categoria, protótipos pequenos para quebrar a monotonia e muitos pilotos que correm lá fora e poderiam muito bem acelerar nessa prova.

    Mas… Nem acontecer a corrida acontece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *