Black Falcon bicampeã em Dubai

B

1 Abu Dhabi Black FalconRIO DE JANEIRO – Valeu a pena o esforço da equipe alemã Black Falcon para disputar as 24 Horas de Dubai, que terminaram neste sábado, há poucas horas. A equipe perdeu seu carro titular na véspera, num acidente, conseguiu alugar um chassi da Preci-Spark, alinhou, fez a pole… e venceu! O quarteto formado por Jeroen Bleekemolen, Sean Edwards, Bernd Schneider e Khaled Al Qubaisi completou 600 voltas pelos 5,390 km do circuito dos Emirados Árabes e conquistou o bicampeonato da prova para o time.

Numa corrida que foi pontuada por várias entradas do Safety Car em razão de acidentes – em Dubai, a neutralização da disputa era chamada de “Code 60” – a Mercedes #1 foi um dos poucos carros que chegou inteiro ao fim da disputa. No duelo entre as montadoras alemãs, a BMW levou a pior: os dois carros do time Saudi Falcons Team Schubert quebraram no meio da disputa. O #12 saiu da pista após 144 voltas, com Dominik Schwager a bordo. O #24, que liderou em alguns momentos, resistiu muito mais na pista, mas uma quebra na bomba de óleo liquidou com as chances de Abdulaziz Al Faisal/Faisal Bin Laden/Jörg Müller/Claudia Hürtgen/Dirk Müller.

Outro modelo alemão que liderou por um bom tempo foi o Porsche #20 da Stadler Motorsport, da Suíça, guiado por Rolf Ineichen/Marcel Matter/Adrian Amstutz/Marco Seefried. O quarteto acabou ficando para trás no decorrer da disputa e eles terminaram em nono lugar, quarto na classe A6-Am.

Dubai_AF_LapidusVoltando à classificação geral, destaque também para a Ferrari F458 GT3 da AF Corse. O carro que teve o brasileiro Lorenzo Carvalho a bordo, junto a Lorenzo Casè, Marco Cioci e Mika Salo também chegou a liderar, apesar  da recomendação de correrem com prudência. Foram plenamente recompensados: chegaram em 2º lugar, duas voltas atrás da Mercedes da Black Falcon.

Dubai_CraftEm 3º terminou o Aston Martin Vantage V12 GT3 da Craft Racing, em boa performance do quinteto Frank Yu/Tomonobu Fujii/Darryl O’Young/Darren Turner/Stefan Mücke. Ao fim da disputa, tiveram uma renhida luta com o Porsche da Fach Auto Tech, guiado por Carlo Lusser/Jens Richter/Martin Ragginger/Otto Klohs, que venceu na divisão A6-Am.

A Fach Auto Tech ainda teve um de seus carros em 6º na geral e terceiro em sua divisão, atrás da Mercedes #25 do Team Preci-Spark. A Black Falcon ainda salvou uma 7ª posição com o carro #2, seguido do surpreendente Lamborghini da JLOC, do Japão. A Lapidus Racing completou os 10 primeiros numa corrida bastante atribulada do McLaren MP4-12C.

Apesar do tráfego intenso e da variedade – e diferença de potência – entre os carros inscritos, o número de abandonos não pode ser considerado tão alto. Largaram 80 veículos e somente 25 deles não viram a quadriculada ao fim das 24 horas de disputa.

O resultado final das 24 Horas de Dubai:

1º #1 BLACK FALCON RACING
Jeroen Bleekemolen/Sean Edwards/Bernd Schneider/Khaled Al Qubaisi
Mercedes SLS AMG GT3 – A6-Pro
600 voltas

2º #16 AF CORSE
Lorenzo Carvalho/Lorenzo Casè/Marco Cioci/Mika Salo
Ferrari F458 GT3 – A6-Pro
598 voltas

3º #15 CRAFT RACING AMR
Frank Yu/Darryl O’Young/Darren Turner/Tomonobu Fujii/Stefan Mücke
Aston Martin Vantage V12 GT3 – A6-Pro
594 voltas

4º #8 FACH AUTO TECH
Otto Klohs/Martin Ragginger/Carlo Lusser/Jens Richter
Porsche 997 GT3 R – A6-Am
594 voltas

5º #25 TEAM PRECI-SPARK
David Jones/Godfrey Jones/Morgan Jones/Gareth Jones/Philip Jones
Mercedes SLS AMG GT3 – A6-Am
587 voltas

6º #7 FACH AUTO TECH
Marcel Wagner/Thomas Fleischer/Heinz Bruder/Marco Zolin/Heinz Arnold
Porsche 997 GT3 R – A6-Am
582 voltas

7º #2 BLACK FALCON RACING
Steve Jans/Simon Knap/Andreas Simonsen/Sergei Afanasiev/Khaled Al Qubaisi
Mercedes SLS AMG GT3 – A6-Pro
580 voltas

8º #19 JLOC
Manabu Orido/Takayuki Aoki/Hideki Yamauchi/Yuya Sakamoto/Igor Susshko
Lamborghini Gallardo LP600+ – A6-Pro
579 voltas

9º #20 STADLER RACING
Marcel Matter/Marco Seefried/Rolf Ineichen/Adrian Amstutz
Porsche 997 GT3 R – A6-Am
568 voltas

10º #17 LAPIDUS RACING
Tim Mullen/Adam Christodoulou/Klaas Hummel/Phil Quaife
McLaren MP4-12C GT3 – A6-Pro
565 voltas

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames