MENU

5 de janeiro de 2013 - 23:29Grand-Am

MSR e Starworks dominam as últimas sessões do sábado

13_Roar_Riley60RIO DE JANEIRO – Os protótipos Ford Riley, a princípio, são os mais competitivos nos treinos coletivos de pré-temporada, visando a disputa das 24 Horas de Daytona daqui a algumas semanas. Pelo menos é o que os resultados têm mostrado. A Mike Shank Racing foi a melhor em três das seis tomadas já efetuadas no circuito misto da Flórida. A Starworks liderou o treino noturno e o Team Sahlen foi o melhor de manhã, mas com um BMW Riley. Atual campeã da Grand-Am, a Ganassi só liderou um treino – o primeiro, ontem, com pista molhada.

Na terceira sessão deste sábado, à tarde, o carro #60 que será guiado pela mesma tripulação que venceu a corrida do ano passado – acrescida do “Canguru” Marcos Ambrose, ficou com a primazia do melhor tempo. AJ Allmendinger cravou 1’42″296, três décimos mais veloz que o bólido #01 da Chip Ganassi Racing. O #2 da Starworks Motorsport, que tem entre seus tripulantes Sébastien Bourdais e Allan McNish, grandes especialistas na matéria, ficou com a terceira posição.

O Corvette DP #5 dos brasileiros Christian Fittipaldi/Felipe Nasr/Nelsinho Piquet teve nesse treino seu melhor resultado: 4º colocado, com o tempo de 1’42″794, após 22 voltas. O Team Sahlen, onde correrá Bruno Junqueira, pôs um carro em quinto e o outro em décimo-quinto no terceiro treino de hoje.

Na divisão GT, Michael Christensen fez a melhor marca em 1’49″420, um décimo abaixo do único Camaro inscrito pela Stevenson Motorsports. O Porsche #23 da Alex Job Racing voltou a aparecer muito bem e foi o terceiro deste treino.

A Ferrari #64 do quarteto brasileiro ficou em 17º na sessão, com o tempo de 1’50″840 e a Dener Motorsport só teve tempo registrado com o Porsche #20, que foi o 25º no grupo, cravando 1’53″487. O carro #21 de Barrichello, Kanaan, Nonô Figueiredo e Ricardinho Maurício deu três voltas, antes de ser recolhido com problemas – que impediram a aparição do carro durante o treino noturno. Na classe GX, onde pelo visto só os Porsches Cayman treinam, a Napleton Racing bateu novamente a BGB Motorsport.

O último treino do dia acabou às 20h locais (23h de Brasília) e teve como o carro mais rápido o Ford Riley #2 da Starworks, do quarteto formado por Alex Popow/Sébastien Bourdais/Allan McNish/Ryan Dalziel, que fez sua melhor volta em 1’42″644, apenas 0″027 mais rápido que o BMW Riley #42 do Team Sahlen.

A equipe de Mike Shank continua mostrando que seus carros estão bem acertados e preparados, pois o #60 ficou em 3º lugar no treino noturno, seguidos do Corvette #3 da nova equipe 8Star Motorsports e do BMW Riley #02 da Ganassi. O carro de Piquet, Nasr e Fittipaldi ficou na 10ª posição.

A Konrad Motorsport/Orbit voltou a liderar também a folha de tempos no treino noturno, com o Porsche #32 marcando 1’49″090, quatro décimos melhor que o #44 da Magnus Racing e o #62 da Snow Racing/Wright Motorsports. Entre os carros com pilotos brasileiros, a Ferrari #64 voltou a ficar à frente, com a 14ª posição, no tempo de 1’50″704. O Porsche #20 da Dener foi o 29º no grupo, em 1’54″151.

Amanhã, o Roar Before The Rolex 24 termina com mais duas sessões de treinos. A primeira às 10h15 locais (13h15 de Brasília), com 1h45min de duração e a segunda e derradeira atividade dos carros e equipes da Rolex Sports Car Series acontece a partir de 14h (17h de Brasília), com 60 minutos de pista aberta.

 O resultado do quinto treino está aquiE do sexto treino, aqui.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *