MENU

6 de janeiro de 2013 - 17:52Rali Dakar

Navegação derruba Sainz e Peterhansel agradece

RIO DE JANEIRO (atualizado às 22h40) - Um problema de navegação enfrentado no início da 2ª etapa, antes dos primeiros 80 km da especial, custou caro a Carlos “El Matador” Sainz e seu navegador Timo Gottschalk. A dupla que abriu a trilha neste domingo acabou prejudicada por esse percalço e perdeu 22 minutos em relação aos principais adversários. Para recuperar todo esse tempo, foi bem difícil, quase impossível e Sainz ainda chegou 18 minutos atrás – fora dos dez primeiros tanto na etapa quanto na classificação geral.

799131-13636130-640-360Quem não teve absolutamente nada com isso – pelo contrário, só agradeceu a “gentileza” do problema de Sainz, foi o multicampeão francês Stéphane Peterhansel, que com seu fiel escudeiro Jean-Paul Cottret venceu a etapa de 242 km com o tempo de 2h35min38seg, assumindo também a liderança da competição no resultado agregado. Peter chegou pouco mais de dois minutos e meio à frente de Giniel “Gnomo” De Villiers, com seu Toyota.

A surpresa positiva do domingo foi a performance do Buggy Protótipo SMG guiado por Ronan Chabot, que chegou a figurar em segundo lugar na classificação dos carros num dos waypoints. O francês acabou com a 3ª melhor marca do dia, a 3min52seg de Peterhansel, seguido pelo irascível argentino Orlando “Orly” Terranova, desta vez a bordo de uma BMW e com Paulo Fiuza de navegador. Ano passado, só para vocês terem uma ideia do temperamento complicado deste piloto, o estadunidense Andy Grider deu-lhe as costas após uma etapa complicada e simplesmente foi embora da competição.

O russo Leonid Novitskiy, outro integrante da equipe oficial X-Raid Mini, chegou em 5º lugar na etapa, seguido por Nasser Al-Attiyah, companheiro de equipe de Carlos Sainz. Outro argentino, Lucio Álvarez, completou o trecho cronometrado com a sétima melhor marca, seguido pelo polonês Krzysztof Holowczyc em mais um Mini. Carlos Sousa e Bernard Errandonea, mais um piloto a bordo de um Buggy Protótipo SMG, terminaram no top 10 do dia.

A melhor performance do dia, sem nenhuma dúvida, foi de Robby Gordon/Kellon Walch, que acabaram enfrentando problemas na curta especial de ontem, ficaram longe dos 100 primeiros e tiveram que vir recuperando terreno. Acabaram os 242 km de especial com a 13ª melhor marca, a 19min18seg de Peterhansel. Na geral, já estão entre os 30 mais rápidos.

Guilherme Spinelli//Youssef Haddad tiveram bom desempenho. A dupla brasileira da equipe oficial Mitsubishi acabou a especial em 21º lugar, com o tempo de 3h10min06seg. Eles ocupam a mesma posição na classificação geral após a segunda etapa.

Reinaldo Varela, num UTV Can-Am, conseguiu o 48º tempo em 3h53min40seg. Marcos Baumgart/Kleber Cincea fizeram o trecho cronometrado em 4h00min24seg, 56º do dia. A dupla estreante no Dakar está em 51º na geral, uma posição à frente de Varela. O carro de Lourival Roldan, que navega para um equatoriano e um boliviano, ficou mais de 6h30min na trilha e fechou o dia em 109º lugar. Bruno Sperancini e Thiago Vargas, estreantes na competição, não figuram entre os classificados até a atualização desta postagem.

Classificação da etapa Pisco-Pisco, categoria carros:

1º Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (Mini) – 2h35min38seg
2º Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota) – 2h38min13seg
3º Ronan Chabot/Gilles Pillot (Buggy SMG) – 2h39min30seg
4º Orlando Terranova/Paulo Fiuza (BMW) – 2h41min04seg
5º Leonid Novitskiy/Konstantin Zhiltsov (Mini) – 2h45min11seg
6º Nasser Al-Attiyah/Lucas Cruz Senra (Buggy) – 2h47min15seg
7º Lucio Ezequiel Álvarez/Bernardo Graue (Toyota) – 2h49min23seg
8º Krzysztof Holowczyc/Filipe Palmeiro (Mini) – 2h49min38seg
9º Paulo Sousa/Miguel Ramalho (Great Wall) – 2h50min11seg
10º Bernard Errandonea/Arnaud Debron (Buggy SMG) – 2h50min14seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>