MENU

27 de fevereiro de 2013 - 18:27Motovelocidade, Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (46)

733905_618195754860817_1685880113_n

Uma lenda do motociclismo brasileiro travestida de ‘cavaleiro negro’. Montado em sua Yamaha com o eterno número #4 e o inconfundível capacete com a Cruz de Lorena, o santista Adu Celso posou para fotos nos anos 70 quando se preparava para enfrentar as competições do Mundial de Motovelocidade. O “Índio Brasileiro”, que  correu primeiro como holandês porque a CBM estava desfliiada da FIM, competiu lá fora entre 1972 e 1975 no Mundial, nas classes 250cc, 350cc e 500cc, conquistando uma histórica vitória no GP da Espanha em 1973, no circuito de Jarama, e três pódios. Há 40 anos, direto do túnel do tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *